Saúde sexual e envelhecimento: revisão da literatura e apontamentos para a Educação Sexual

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v15iesp4.14516

Palavras-chave:

Envelhecimento, Saúde Sexual, Educação Sexual

Resumo

A expectativa de vida aumentou no Brasil e o envelhecimento, como um fenômeno biológico e psicossocial, é uma fase de atenção de profissionais e pesquisadores. Embora haja preconceitos sobre a sexualidade no envelhecimento, muitos idosos têm vida sexual ativa e são vulneráveis às infecções sexualmente transmissíveis. Esta pesquisa documental realizou uma revisão da literatura sobre saúde sexual e envelhecimento, selecionando 68 artigos para análise de conteúdo. Os artigos foram encontrados entre 2001 e 2018, sendo a maior parte em 2015 e nas áreas da Enfermagem, Saúde Coletiva e Gerontologia. Os resultados foram descritos nas categorias: (A) Violência contra idosos (as); (B) Doenças e problemas físicos no envelhecimento; (C) Saúde sexual e sexualidade; (D) Vivências de idosos com HIV/Aids. (E) HIV/Aids e idosos: vulnerabilidade e prevenção. Conclui-se a necessidade da educação sexual para diminuir o nível de vulnerabilidade de pessoas idosas sobre a saúde sexual.

Biografia do Autor

Ana Cláudia Bortolozzi, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Bauru – SP

Docente no Departamento de Psicologia. Pós-doutorado em Educação (UMINHO) – Portugal. Associada em Inclusão, Educação Sexual e Desenvolvimento Humano.

Tatiana de Cássia Ramos Netto, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Bauru – SP

Doutoranda no programa de Pós-graduação em Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem.

Referências

ALENCAR, D.; MARQUES, A. P. O.; LEAL, M. C. C.; VIEIRA, J. C. M. Exercício da sexualidade em pessoas idosas e os fatores relacionados. Rev. bras. geriatr. Gerontol, Rio de Janeiro, v. 19, n. 5, p. 861-869, 2016.

AZEVEDO, A. L. A velhice e seus processos sócio-históricos. Lisboa: Argumento, 2001.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. 5. ed. Trad. Luis Antero Reto e Augusto Pinheiro. Lisboa: Edições 70, 2011.

BEZERRA, V. P.; SERRA, M. A. P.; CABRAL, I. P. P.; MOREIRA, M. A. S. P.; ALMEIDA, S. A.; PATRÍCIO, A. C. F. A. Preventive practices in the elderly and vulnerability to HIV. Rev Gaúcha Enferm, Porto Alegre, v. 36, n. 4, p. 70-76, 2015.

BRASIL. Ministério da Saúde. Boletim Epidemiológico HIV Aids 2017. Brasília, DF: Ministério da Saúde, 2017. Disponível em: https://central3.to.gov.br/arquivo/387532/. Acesso em: 20 jan. 2019.

BRASIL. Ministério da Saúde. Estatuto do idoso. 3. ed. Brasília, DF: Ministério da Saúde, 2013. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/estatuto_idoso_3edicao.pdf. Acesso em: 20 jan. 2019.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria n. 2. 528 de 19 de outubro de 2006. Aprova a Política Nacional da saúde da pessoa idosa. Brasília, DF, 2006. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2006/prt2528_19_10_2006.html. Acesso em: 20 jan. 2019.

CAMARANO, A. A.; PASINATO, M. T. O Envelhecimento Populacional na Agenda das Políticas Públicas. In: CAMARANO, A. A. (Org.) Os novos idosos brasileiros: muito além dos 60? Rio de Janeiro: Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea), 2004. p. 253-292. Disponível em: http://www.ipea.gov.br/portal/images/stories/PDFs/livros/Arq_29_Livro_Completo.pdf. Acesso em: 20 jan. 2019.

CARVALHO, S. R.; RODRIGUES, C. O.; COSTA, F. D.; ANDRADE, M. S. Medicalização: uma crítica (im) pertinente? Physis Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 25, n. 4, p. 1251-1269, 2015.

FERNANDES, M. T. O.; SOARES, S. M. O desenvolvimento de políticas públicas de atenção ao idoso no Brasil. Rev. esc. enferm. USP, São Paulo, v. 46, n. 6, p. 1494-1502, 2012.

GRADIM, C. V. C.; SOUSA, A. M.; LOBO, J. M. A prática sexual e o envelhecimento. Cogitare Enfermagem, Curitiba, v. 12, n. 2, nov. 2007. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/cogitare/article/view/9826/6737. Acesso em: 20 jan. 2019.

LAROQUE, M. F.; AFFELDT, A. B.; CARDOSO, D. H.; SOUZA, G. L.; SANTANA, M. G.; LANGE, C. Sexualidade do idoso: comportamento para a prevenção de DST/AIDS. Rev. Gaúcha de Enfermagem, Porto Alegre, v. 32, n. 4, p. 774-780, 2011.

LAZZAROTTO, A. R. et al. Oficinas educativas sobre HIV/Aids: uma proposta de intervenção para idosos. Rev. bras. de geriatr e gerontol, Rio de Janeiro, v. 14, n. 4, p. 833-843, 2013.

LINHARES, F. M. P. et al. Percepção de idosos sobre o exercício da sexualidade atendidos no Núcleo de Atenção ao idoso em Recife. Rev. enferm. Herediana, Recife, v. 1, n. 2, p. 93-103, 2008.

MAIA, A. C. B. A Educação Sexual Repressiva: padrões definidores de normalidade. In: SOUZA, C. B. G.; RIBEIRO, P. R. M. (Org.). Sexualidade, Diversidade e Culturas Escolares: contribuições ibero-americanas para estudos de educação, gênero e valores. Araraquara: Laboratório Editorial da FCLar-UNESP; Alcalá de Henares: Universidad de Alcalá, 2008. p. 67-83. (Série Temas em Educação Escolar, n. 9)

MAIA, A. C. B.; RIBEIRO, P. R. M. Educação Sexual: princípios para a ação. Doxa Revista Paulista de Psicologia e Educação, Araraquara, v. 15, n. 1, p. 41-51, 2011.

NETTO-MARTINS, T. C. R. Sexualidade e Envelhecimento na Percepção de Pessoas Idosas. Orientadora: Ana Cláudia Bortolozzi Maia. 2012. 140 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) – Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Bauru, 2012.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE (OMS). Envelhecimento ativo: uma política de saúde. Brasília: Organização Pan-Americana de Saúde, 2005. 61 p. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/envelhecimento_ativo.pdf. Acesso em: 20 jan. 2019.

PASCUAL, C. P. A sexualidade do idoso vista com novo olhar. São Paulo: Loyola, 2002.

RODRIGUES, D. A. L.; PRACA, N. S. Mulheres com idade igual ou superior a 50 anos: ações preventivas da infecção pelo HIV. Rev. Gaúcha Enferm, Porto Alegre, v. 31, n. 2, p. 321-327, 2010.

SANTOS, A. F. M.; ASSIS, M. Vulnerabilidade das idosas ao HIV/AIDS: despertar das políticas públicas e profissionais de saúde no contexto da atenção integral: revisão de literatura. Rev. bras. geriatr. gerontol., Rio de Janeiro, v. 14, n. 1, p. 147-157, 2011.

SILVA, L. C.; FELICIO, E. E. A. A.; CASSÉTE, J. B.; SOARES, L. A.; MORAIS, R. A.; PRADO, T. S.; GUIMARÃES, D. A. Psychosocial impact of HIV/aids diagnosis on elderly persons receiving care from a public healthcare service. Rev. bras. geriatr. gerontol., Rio de Janeiro, v. 18, n. 4, p. 821-833, 2015.

SPATA, A. Métodos de pesquisa: ciências do comportamento e diversidade humana. Rio de Janeiro: LTC, 2005.

VERAS, R. P. Envelhecimento Populacional Contemporâneo: demandas, desafios e inovações. Rev. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 43, p. 548-554, 2009.

Downloads

Publicado

01/12/2020

Como Citar

BORTOLOZZI, A. C. .; NETTO, T. de C. R. Saúde sexual e envelhecimento: revisão da literatura e apontamentos para a Educação Sexual. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 15, n. esp4, p. 2699–2712, 2020. DOI: 10.21723/riaee.v15iesp4.14516. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/14516. Acesso em: 28 fev. 2021.