A organização da pré-escola brasileira

Uma análise dos dirigentes dos estabelecimentos privados de ensino em 1989 no XXII CONEPE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v17i1.15392

Palavras-chave:

Ensino privado, Organização da pré-escola brasileira, Conepe, Intelectuais, Constituição Federal de 1988

Resumo

Este artigo tem como objetivo debater e fazer um histórico do ensino pré-escolar brasileiro partindo de uma discussão feita pelos dirigentes do ensino privado no XXII Congresso Nacional dos Estabelecimentos Particulares de Ensino (CONEPE). Para isso focalizamos a conferência “Política, Estrutura e Organização da Pré-escola”, proferida por Fernando Caramuru Bastos Fraga, sendo essa uma das temáticas de destaque desse evento. Esses congressos dos dirigentes de estabelecimento particulares aconteciam desde o ano de 1944, e foram utilizados como forma de articular estratégias para o setor privado na educação a fim de criar consenso em torno de reformas educacionais e da própria conduta dessas instituições frente aos problemas da sociedade brasileira. A composição dos sujeitos desses eventos era heterogênea, desde empresários até membros de grupos religiosos, que com a nova Constituição Brasileira de 1988 buscavam outros espaços de atuação. Nos pautando em Gramsci, Bobbio e Thompson, entendemos os sujeitos presentes nesse processo como intelectuais que atuavam em busca de sua hegemonia na sociedade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Norcia Scarfoni, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Vitória – ES – Brasil

Pesquisador Bolsista de Pós-doutorado no Programa de Pós-Graduação em Educação - (PPGE). Financiamento: Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (FAPES/CAPES). Doutor em Educação: História, Politica, Sociedade (PUC-SP).

Referências

BRUNELLO, Yuri. Hegemonia. In: ALMEIDA, Maria Candida Ferreira de. (org.). Mais definições em trânsito. Salvador: UFBA, 2007.

CONGRESSO NACIONAL DOS ESTABELECIMENTOS PARTICULARES DE ENSINO, 22., 1989, Salvador. Anais [...] Salvador, 1989.

GRAMSCI, Antônio. Cadernos do cárcere. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2011. v. 2.

SAVIANI, Dermeval. Política e educação no Brasil. São Paulo: Ed. Cortez, 1987.

SCARFONI, Eduardo Norcia. Os Congressos Nacionais dos Estabelecimentos Particulares de Ensino – CONEPE (1944 – 1964): a construção do consenso pela continuidade dos subsídios do Estado ao ensino privado. 2012. Dissertação (Mestrado na área de Educação) – Universidade Católica de Santos, Santos, 2012.

SEMERARO, Giovanni. O marxismo de Gramsci. In: A obra teórica de Marx: atualidade, problemas e interpretações. São Paulo: Xamã, 2000.

Publicado

02/01/2022

Como Citar

SCARFONI, E. N. A organização da pré-escola brasileira: Uma análise dos dirigentes dos estabelecimentos privados de ensino em 1989 no XXII CONEPE. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 17, n. 1, p. 0136–0146, 2022. DOI: 10.21723/riaee.v17i1.15392. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/15392. Acesso em: 13 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos