Desenho universal para aprendizagem e tecnologia assistiva: complementares ou excludentes?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v16iesp.4.16066

Palavras-chave:

Desenho universal para aprendizagem, Tecnologia assistiva, Inclusão escolar

Resumo

Com os avanços de pesquisas e legislações sobre a inclusão educacional surgiram inúmeras teorias e ações com o objetivo de favorecer a inclusão dos alunos com deficiência no contexto escolar, entre elas destacamos o Desenho Universal para Aprendizagem (DUA) e o uso da Tecnologia Assistiva (TA). Esse artigo apresenta uma discussão teórica pautada nos princípios que compõem o DUA e a TA, para tanto dissertamos como a literatura tem apontado que essas perspectivas, apesar de a priori parecerem incompatíveis, podem favorecer e ser complementares no processo de inclusão educacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Amália Rebouças de Paiva e Oliveira, Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR), São Carlos – SP

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Educação Especial (PPGEES).

Adriana Garcia Gonçalves, Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR), São Carlos – SP

Docente do Departamento de Psicologia (DPsi) e do Programa de Pós-Graduação em Educação Especial (PPGEES).

Lígia Maria Presumido Bracciali, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Marília – SP

Doutora em Educação Física.

Referências

ALMEIDA, R. C. G. O. Desenho Universal para Aprendizagem e Tecnologia Assistiva: implementação de atividades pedagógicas para aluna com paralisia cerebral em classe comum. 2018. 208 f. Dissertação (Mestrado em Educação Especial) – Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2018. Disponível em: https://repositorio.ufscar.br/bitstream/handle/ufscar/10449/ALMEIDA_Rita_2018.pdf?sequence=4. Acesso em: 02 abr. 2021.

ALNAHDI, G. Assistive technology in special education and the universal design for learning. The Turkish Online Journal Of Educational Technology 18, Arabia Saudita, v. 13, p. 18-23, abr. 2014. Disponível em: https://files.eric.ed.gov/fulltext/EJ1022880.pdf. Acesso em: 11 jul. 2019.

ALVES, A. C. J.; MATSUKURA, T. S. Percepção de alunos com paralisia cerebral sobre o uso de recursos de tecnologia assistiva na escola regular. Rev. Bras. Ed. Esp., Marília, v. 17, n. 2, p. 287-304, 2011.

ALVES, M. M.; RIBEIRO, J.; SIMÕES, F. Universal Design for Learning: contributos de uma escola para todos. Indagatio Didactica, Aveiro, v. 5, n. 4, p. 121-146, 2013. Disponível em: https://proa.ua.pt/index.php/id/article/view/4290/3224. Acesso em: 02 abr. 2021.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal, 1988.

BRASIL, Declaração de Salamanca, sobre princípios e práticas na área das necessidades educativas especiais. Brasília, DF, 1994. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/salamanca.pdf. Acesso em: 10 maio 2021.

BRASIL. Lei n. 9.394/96, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 10 maio 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Brasília, DF: MEC, 2008. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/arquivos/pdf/politicaeducespecial.pdf. Acesso em: 10 maio 2021.

CALHEIROS, D.S.; MENDES, E. G.; LOURENÇO, G. F. Considerações acerca da tecnologia assistiva no cenário educacional brasileiro. Revista de Educação Especial, Santa Maria, v. 31, n. 60, p. 229-244, mar. 2018. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial. Acesso em: 08 jul. 2019.

CAST, Center for Applied Special Technology. 2013. Disponível em: http://www.cast.org/udl/. Acesso em: 15 abr. 2018.

CIZOTO, S.; FRANCISCO, J. Tecnologia Assistiva e Desenho Universal para a Aprendizagem: onde se interseccionam? Revista Acadêmica: Ensino de Ciências e Tecnologias IFSP, Cubatão, v. 1, n. 1, p. 1-19, dez. 2017. Disponível em: https://intranet.cbt.ifsp.edu.br/qualif/volume01/ARTIGO01_15_ABNT.pdf. Acesso em: 02 abr. 2021.

FIORINI, M. L. S. Concepção do professor de Educação Física sobre a inclusão do aluno com deficiência. 2011. 143 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2011.

GALVÃO FILHO, T. A. Tecnologia Assistiva para uma Escola Inclusiva: Apropriação, Demandas e Perspectivas. 2009. 346 f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2009.

HOHMANN, P.; CASSAPIAN, M. R. Adaptações de baixo custo: uma revisão de literatura da utilização por terapeutas ocupacionais brasileiros. Rev. Ter. Ocup. Univ., São Paulo, v. 22, n. 1, p. 10-18, jan./abr. 2011.

LOURENÇO, G. F. Avaliação de um programa de formação sobre recursos de alta tecnologia assistiva e escolarização. 2012. 258 f. Tese (Doutorado em Educação Especial) – Centro de Ciências Humanas, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2012.

MANZINI, E. J; DELIBERATO, D. Portal de ajudas técnicas para a educação, equipamento e material pedagógico para educação, capacitação e recreação da pessoa com deficiência recursos pedagógicos adaptados II. 1. ed. Brasilia, DF: MEC/ABPEE, 2007.

MASSARO, M.; DELIBERATO, D. Uso de sistemas de comunicação suplementar e alternativa na Educação Infantil: percepção do professor. Revista de Educação Especial, Santa Maria, v. 26, n. 46, p. 331-350, maio 2013. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/index.php/educacaoespecial/article/viewFile/4821/pdf. Acesso em: 23 abr. 2021.

MESSINGER-WILLMAN, J.; MARINO, M. T. Universal Design for Learning and Assistive Technology: Leadership Considerations for Promoting Inclusive Education in Today’s Secondary Schools. Nassp Bulletin, v. 94, n. 1, p. 5-16, 2010.

MUNSTER, M. A.V.; LIEBERMAN, L. J.; GRENIER, M. A. (Universal Design for Learning and Differentiated Instruction in Physical Education. Adapted Physical Activity Quarterly, p. 1-21. jun. 2019.

NELSON, L. L. Design and deliver: planning and teaching using universal design for learning. Paul. H. Brookes Publishing Co., 2014. 115 p.

ROCHA, A. N. D. C.; DELIBERATO, D.; LAMÔNICA, D. A. C. Tecnologia assistiva para a criança com paralisia cerebral na escola: identificação das necessidades. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v. 18, n. 1, p.71-92, mar. 2012. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/117885/S1413-65382012000100006.pdf?sequence=1. Acesso em: 08 jul. 2019.

ROSE, D. H.; MEYER, A. Teaching every student in the digital age: Universal design for learning. Alexandria: ASCD, 2014.

ROSE, D.; ZABALA, J.; HASSELBRING, T.S. Assistive Technology and Universal Design for Learning: Two Sides of the Same Coin. Handbook Of Special Education Technology Research and Practice, p. 507-518, 2005. Disponível em: https://www.semanticscholar.org/paper/Assistive-Technology-and-Universal-Design-for-%3A-Two-Rose-Hasselbring/4506ed4fc568cc1640fa48b777a296f730f1c1a1. Acesso em: 08 jul. 2019.

SEABRA JUNIOR, M. O. Estratégias de ensino e de recursos pedagógicos para o ensino do aluno com deficiência visual na atividade física adaptada. 2008. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2008.

TOYODA, C. Y.; LOURENÇO, G. F. Educação Inclusiva: o contexto da terapia ocupacional. In: ALMEIDA, M. A.; MENDES, E. G.; HAYASHI, M. C. P. I. (Org.). Temas em educação especial: múltiplos olhares. Araraquara: Junqueira e Marin, 2008. p. 44-52.

UNESCO. Accountability in education: meeting our commitments. Paris: 2018. Disponível em: https://en.unesco.org/gem-report/report/2017/accountability-education. Acesso em: 19 abr. 2020.

VALENTINE, C. B; GOMES, R. B; BISOL, C. A. Inclusão de estudantes com deficiência intelectual: uma revisão sistemática da literatura. Revista Teias, v. 17, n. 46, jul./set. 2016. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/revistateias/article/viewFile/25502/18552. Acesso em: 28 maio 2019.

ZERBATO, A. P. Desenho universal para aprendizagem na perspectiva da inclusão escolar: potencialidades e limites de uma formação colaborativa. 2018. 298 f. Tese (Doutorado em educação especial) – Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2018.

Publicado

30/12/2021

Como Citar

OLIVEIRA, A. R. de P. e; GONÇALVES, A. G.; BRACCIALI, L. M. P. Desenho universal para aprendizagem e tecnologia assistiva: complementares ou excludentes?. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 16, n. esp.4, p. 3034–3048, 2021. DOI: 10.21723/riaee.v16iesp.4.16066. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/16066. Acesso em: 28 jan. 2023.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.