Experiência estética

Autonomia e submissão tramada de medo e ousadia na tecedura da “Colcha de Retalhos”

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v17i4.17455

Palavras-chave:

Experiência estética, Autonomia e submissão, Colcha de retalhos

Resumo

Busca-se compreender o lugar da experiência estética no contexto do trabalho docente e na formação inicial de pedagogos/as, por meio do sentido da autonomia e submissão, nas narrativas (Auto) Biográficas de 45 alunas, produzidas no Curso de Pedagogia por meio do dispositivo investigativo e formativo Colcha de Retalhos, em 2018. O referencial teórico adotado assenta-se no conceito de Experiência Estética, em Adorno (2008), da estética, em Schiller (2017), e a estética como pilar da autonomia, em Freire (1996). As narrativas mostram que a autonomia aparece limitada em seu silêncio, e se revela submissa, podendo atuar dentro de um limite imposto pela hierarquização da razão sobre a sensibilidade, por meio do medo. Considerando toda a violência e medo, a experiência estética denuncia a feiura do sistema e revela maneiras para que, com ousadia, encontremos caminhos de desenvolvimento da autonomia como processo de humanização dos sujeitos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Margaréte May Berkenbrock-Rosito, Universidade Cidade de São Paulo (UNICID), São Paulo – SP – Brasil

Docente no programa de pós-graduação em Educação. Doutorado em Educação (UNICAMP).

Kiara Maia de Oliveira, Universidade Cidade de São Paulo (UNICID), São Paulo – SP – Brasil

Mestrado em Educação.

Referências

ADORNO, T. W. Indústria cultural. São Paulo: UNESP, 1982.

ADORNO, T. W. Teoria estética. São Paulo: Martins Fontes, 2008.

BERKENBROCK-ROSITO, M. M.; SOUZA, J. P. P. Documento Autobiográfico: Costuras estéticas nos processos narrativos da prática docente. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 20, n. 66, p. 1255-1279, jul./set. 2020. Disponível em: https://periodicos.pucpr.br/dialogoeducacional/article/view/26983/24485. Acesso em: 11 set. 2021.

FREIRE, P. A importância do ato de ler: Em três artigos que se completam. São Paulo: Autores Associados, 1989.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

FREIRE, P. Política e Educação. 7. ed. São Paulo: Cortez Editora, 2003.

FREIRE, P. À sombra desta mangueira. 9. ed. São Paulo: Olho D´Água, 2010.

GADAMER, H. G. Sobre o Círculo da Compreensão. In: ALMEIDA, C. L. S.; FLICKINGER, H. G.; ROHDEN, L. Hermenêutica Filosófica: Nas trilhas de Hans- Georg Gadamer. 1. ed. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2000.

GADAMER, H. G. Verdade e Método II: Complemento e índice. 6. ed. Tradução: Enio Paulo Giachini. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011.

GALEFFI, D. A. Educação estética como atitude sensível transdisciplinar: O aprender a ser o que se é propriamente. Em Aberto, Brasília, v. 21, n. 77, p. 97-111, jun. 2007. Disponível em: http://emaberto.inep.gov.br/ojs3/index.php/emaberto/article/view/2603. Acesso em: 08 set. 2021.

JOSSO, M.-C. A transformação de si a partir da narração de histórias de vida. Educação. Porto Alegre, v. 30, n. 3, p. 413-438, set./dez. 2007. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/848/84806302.pdf. Acesso em: 08 set. 2021.

JOVCHELOVITCH, S.; BAUER, M. Entrevista Narrativa. In: BAUER, M.; GASKELL. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som. Petrópolis, RJ: Vozes, 2002.

SCHILLER, F. A educação estética do homem. São Paulo: Iluminuras, 2017.

SHOR, I.; FREIRE, P. Medo e Ousadia: O cotidiano do professor. Tradução: Adriana Lopez. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1986.

YAEGASHI, S. F. R.; OLIVEIRA, L. V.; OLIVEIRA JÚNIOR, I. B. Indústria cultural e formação docente: Análise de teses e dissertações presentes na capes (2014-2018). Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 14, n. esp. 4, p. 1913-1928, dez. 2019. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/12918/8687. Acesso em: 14 out. 2021.

Publicado

30/12/2022

Como Citar

BERKENBROCK-ROSITO, M. M.; OLIVEIRA, K. M. de. Experiência estética: Autonomia e submissão tramada de medo e ousadia na tecedura da “Colcha de Retalhos”. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 17, n. 4, p. 2918–2936, 2022. DOI: 10.21723/riaee.v17i4.17455. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/17455. Acesso em: 9 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos