Retextualização da escrita por alunos com surdez usuários de libras: em foco a mediação do professor

Claudia Regina Mosca Giroto, Sandra Eli Sartoreto de Oliveira Martins, Rosimar Bortolini Poker

Resumo


Assume especial importância o modo como o professor mediará o processo de apropriação da escrita, ao compartilhar seus conhecimentos com o aluno com surdez, ao atribuir importância e sentidos ao que esse aluno foi capaz de produzir, ainda que sua produção não tenha se assemelhado ao padrão idealizado de escrita do adulto. Sob tais aspectos, este estudo se propôs investigar a mediação em atividades de retextualização, junto a alunos com surdez, realizada por oito alunos estagiários de um curso de Pedagogia, com idade entre 20 e 28 anos. Para tal, essas atividades foram registradas em vídeo, para posterior transcrição e análise descritiva, subsidiada por um modelo diagramático proposto pela literatura. Os resultados indicaram: a importância da retextualização na compreensão dos conteúdos escritos produzidos por alunos com surdez, a mudança atitudinal dos participantes acerca de seu papel como mediador e interlocutor em atividades dessa natureza e a maior compreensão, por parte do professor, acerca de aspectos notacionais e discursivos envolvidos na produção escrita de alunos com surdez. Tais resultados permitiram concluir a necessidade de os futuros professores, que trabalharão em classes inclusivas ou em classes multifuncionais, compreenderem e utilizarem as atividades de retextualização em sua prática pedagógica cotidiana para a promoção da apropriação do português escrito pelo aluno com surdez, usuário da LIBRAS. Cabe ressaltar a necessidade de esses professores conhecerem a gramática da LIBRAS, bem como terem acesso a conhecimentos lingüísticos que lhes permitam compreender a natureza das ocorrências presentes nos textos produzidos por alunos com surdez.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21723/riaee.v5i1.3490



Direitos autorais 2011 Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação

 

Rev. Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1982-5587, ISSN: 2446-8606.

DOI Prefix: 10.21723/riaee

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.