Formação de professores de espanhol no brasil e as novas(?) Formas de ensino-aprendizagem à distância

Ucy Soto

Resumo


Tomando como ponto de partida o imaginário social (Hurtato Herrera, 2004) sobre língua espanhola, apresentamos uma discussão sobre a formação de professores de espanhol no Brasil e, especificamente, nos perguntamos o que muda e o que permanece no ato de ensinar-aprender espanhol com a incorporação de TICs. Com base nos trabalhos de Dabène (1984) e de Carmagnani (2006), apresentamos uma análise em fase inicial de três diferentes formas/suportes para se trabalhar o ensino-aprendizagem de espanhol à distância, a saber: um cd-rom interativo, um curso on-line e uma plataforma de aprendizagem sem conteúdo pré-definido.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21723/riaee.v1i1.432



Direitos autorais 2007 Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação

 

Rev. Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1982-5587, ISSN: 2446-8606.

DOI Prefix: 10.21723/riaee

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.