A contribuição da metodologia qualitativa para a área hospitalar

Iris Fenner Bertani

Resumo


Os pesquisadores das ciências sociais aplicadas, tanto de iniciação científica como mestrandos e doutorandos, têm utilizado a metodologia da pesquisa qualitativa como instrumento preferencial para o desvendamento da realidade do usuário do hospital público. Esta atitude entra em desacordo com a cultura institucional hospitalar tradicional, de percepção e elucidação da realidade por meio do levantamento numérico quantitativo entendido como pensamento racional e científico e única forma de afastar-se do empirismo e da improvisação na área do tratamento e cuidados. Ao desenvolver a postura baseada no raciocínio heurístico-dialético como alternativa incluída no entendimento e explicação do mundo, o pesquisador revela as condições conjunturais e estruturais da sociedade e o seu rebatimento na vida e modo de ver o mundo dos doentes internados. Apresenta uma contribuição importante ao possibilitar maior visibilidade ao fator humano socialmente compreendido, ás relações hospitalares entre o doente e a equipe, e durante o tratamento em si.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21723/riaee.v1i1.435



Direitos autorais 2007 Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação

 

Rev. Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1982-5587

DOI Prefix: 10.21723/riaee

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.