O assistente social na escola caminhos para efetivação de políticas sociais

Autores

  • Maria José Ferreira UNESP - Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Ciências Humanas e Sociais - Pós-Graduação em Serviço Social. Membro do grupo de pesquisa: políticas públicas e democratização do ensino no Brasil: a implementação das propostas educacionais: mudanças e permanências. Franca – SP – Brasil.
  • Célia Maria David UNESP - Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Ciências Humanas e Sociais - Departamento de Educação, Ciências Sociais e Política Internacional. Líder do Grupo de Pesquisa - Políticas Públicas e Democratização do Ensino no Brasil: a implementação das propostas educacionais: mudanças e permanências. Editora chefe da Revista Eletrônica Camine: caminhos da educação. Franca – SP – Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v8i4.4876

Resumo

A escola sendo uma porta de entrada á comunidade, ela está sujeita aos conflitos e limites gerados pelas expressões da questão social que reflete no âmbito escolar. Nessas condições, o assistente social tem muito a contribuir com a política pública de Educação e com os desafios apresentados para a superação do rendimento escolar e a formação cidadã dos alunos. Os avanços evidenciam as razões que acreditamos serem importantes para a aprendizagem dos alunos e maior adesão da família aos projetos da EMABEM, pois, somente com desenvolvimento de estratégias de participação das famílias na escola, teremos o tão sonhado sucesso escolar nas diferentes camadas sociais”. Assim, o objetivo deste trabalho é elencar práticas desenvolvidas pelas assistentes sociais junto à gestão escolar que centra suas atividades no sucesso do educando. A estruturação do trabalho do Serviço Social ocorreu através do estudo socioeconômico das famílias, em visita domiciliar, atendimento individual e grupal e acompanhamento de freqüência. A contribuição do serviço social na EMABEM é evidenciada nas ações articuladas á gestão escolar. As intervenções realizadas pelo serviço social subsidiam para soluções qualitativas no processo Ensino aprendizado e na integração do educando. O assistente social contribui com a normalização de práticas articuladas ás redes de serviços em Uberaba, que confirmam o impacto positivo no acesso e a participação das famílias na construção de uma Escola Cidadã.

Downloads

Publicado

20/02/2014

Como Citar

Ferreira, M. J., & David, C. M. (2014). O assistente social na escola caminhos para efetivação de políticas sociais. Revista Ibero-Americana De Estudos Em Educação, 8(4), 1030–1037. https://doi.org/10.21723/riaee.v8i4.4876

Edição

Seção

Artigos