Ações e estratégias pedagógicas descritas a partir da prática docente voltada a alunos com deficiência que caracterizam os critérios de mediação de Reuven Feuerstein

Autores

  • Patricia Moralis Caramori Doutoranda em Educação Escolar. UNESP – Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Ciências e Letras. Araraquara – SP – Brasil. 14800-901
  • Maria Júlia Canazza Dall'Acqua UNESP – Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Ciências e Letras - Departamento de Psicologia da Educação. Araraquara – SP – Brasil. 14800-901

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v7i2.5395

Resumo

O estudo aborda a temática da educação de pessoas com deficiência intelectual severa. Tem por objetivo descrever e analisar a implementação do processo educacional desses alunos, enfocando as estratégias pedagógicas utilizadas por professoras de Educação Especial na cidade de Araraquara. Abarca uma população pouco investigada, e une dois eixos de discussão de forma inovadora: a Teoria da Modificabilidade Cognitiva Estrutural (MCE) de Reuven Feuerstein e a educação de alunos com deficiência intelectual severa. De acordo com a MCE e a idéia de Experiência de Aprendizagem Mediada, o professor atua como mediador, interpondo-se entre os estímulos do ambiente e o aluno, selecionando-os, filtrandoos e modelando-os. O método deu-se pelo estabelecimento do perfil do professor, seu mapeamento e localização. A coleta de dados ocorreu por meio de três instrumentos: entrevista com as professoras participantes, protocolo de observação e diário de campo para registro. Os dados foram analisados qualitativamente, extraindo-se o máximo de detalhes possível do cotidiano investigado. Os resultados descrevem o trabalho das quatro professoras e arrola as suas estratégias pedagógicas que permitem a relação com os três principais critérios de medicação: Intencionalidade e Reciprocidade, Significado e Transcendência. Como conclusão o estudo mostra ser possível a associação entre a Experiência de Aprendizagem Mediada de Feuerstein e as práticas pedagógicas voltadas a alunos com deficiência intelectual severa, já que determinados procedimentos empregados trazem em seu cerne preceitos essenciais à mediação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

CARAMORI, P. M.; DALL’ACQUA, M. J. C. Ações e estratégias pedagógicas descritas a partir da prática docente voltada a alunos com deficiência que caracterizam os critérios de mediação de Reuven Feuerstein. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 7, n. 2, p. 91–113, 2012. DOI: 10.21723/riaee.v7i2.5395. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/5395. Acesso em: 5 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)