Implantação da proposta curricular do estado de São Paulo/2008; o caderno do professor

Autores

  • Célia Maria David UNESP – Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Ciências Humanas e Sociais - Departamento de Educação, Ciências Sociais e Políticas Públicas - Pós-Graduação em Serviço Social. Franca – SP – Brasil. 14409-160 -

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v7i3.5731

Resumo

O presente artigo é um relato de pesquisa que realizei sobre a implantação da Proposta Curricular do Estado de São Paulo/2008, na Rede Oficial de Ensino do município de Franca, nos anos de 2008-2010. O objetivo foi conhecer e analisar o processo de elaboração e os mecanismos de implementação desta proposta. A pesquisa orientou-se por procedimento de natureza exploratória realizada de forma qualitativa com base na análise de conteúdo. Foram analisados: o kit de documentos que a compõem, a legislação pertinente e bibliografia especializada. Para este relato privilegiei a análise do Caderno do Professor, que compõe o kit de documentos da referida proposta, por considerá-lo, de maneira especial,como ponto - chave do currículo e por configurar-se como guia do trabalho do professor, portanto veículo singular da implantação.O que se pode afirmar é que este material foi elaborado de maneira autoritária, encaminhado de cima para baixo e colocou em xeque a autonomia do professor em sala de aula.

Downloads

Como Citar

David, C. M. (2012). Implantação da proposta curricular do estado de São Paulo/2008; o caderno do professor. Revista Ibero-Americana De Estudos Em Educação, 7(3), 184–195. https://doi.org/10.21723/riaee.v7i3.5731

Edição

Seção

Artigos