A importância da educação escolar em Florestan Fernandes: desafios e perspectivas da democratização

Autores

  • Ana Maria Alves de Almeida Graduanda do curso de Serviço Social. UECE - Universidade Estadual do Ceará. Fortaleza – CE - Brasil. 60740-000
  • Lucíola Andrade Maia Doutora em Educação Brasileira. UFC - Universidade Federal do Ceará; Professora do Curso de Pedagogia. UECE - Universidade Estadual do Ceará. Fortaleza – CE - Brasil. 60740-000

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v8i2.5846

Resumo

Entendendo a educação como um direito de todos e que foi conquistado desde a Constituição Federal (1988). Neste sentido, este estudo tem como objetivo central desvelar o percurso histórico da educação brasileira para em seguida, analisar a efetivação do direito à educação compreendendo a dinâmica política em prol de sua garantia. Além de destacar a atuação intelectual e prática de Florestan Fernandes na investida em favor da democratização da educação brasileira. O trabalho foi elaborado a partir da pesquisa bibliográfica e documental, tendo como principais balizadores Candido (2001) Saviani (1996), Ianni (2004). Ademais, tomamos por referência artigos científicos e revistas que terçam sobre o assunto. Nesse ínterim, percebemos que a prática educativa, a produção científica e a militância incansável da ação de Florestan Fernandes permanecem como uma contribuição significativa, servindo de exemplo impulsionador as lutas que somos convocados a travar em prol da democratização e da qualidade da educação.

Downloads

Publicado

20/01/2014

Como Citar

ALMEIDA, A. M. A. de; MAIA, L. A. A importância da educação escolar em Florestan Fernandes: desafios e perspectivas da democratização. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 8, n. 2, p. 354–366, 2014. DOI: 10.21723/riaee.v8i2.5846. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/5846. Acesso em: 6 mar. 2021.

Edição

Seção

Artigos