Educação infantil inclusiva: estudo comparativo das propostas pedagógicas dos centros de educação infantil na cidade Maringá/Brasil e em Guadalajara/Espanha

Autores

  • Maria de Jesus Cano Miranda Docente do Departamento de Teoria e Prática da Educação. UEM - Universidade Estadual de Maringá. Maringá – PR - Brasil. 87015-210
  • Maria Júlia Canazza Dall'Ácqua Docente do Departamento de Psicologia Escolar e do Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar. UNESP - Universidade Estadual Paulista Júlio Mesquita Filho. Araraquara – SP - Brasil. 14800-901
  • Eladio Sebastián Heredero Docente do Departamento de Didática. UAH - Universidade de Alcalá. Guadalajara - Espanha. 19001

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v7i4.6284

Resumo

Este trabalho resulta de estudos decorrentes da execução de um projeto de pesquisa de campo para estudar sobre as condições que envolvem o processo de inclusão e identificar/analisar como se dá a aprendizagem e o desenvolvimento de 15 crianças com deficiência que freqüentam a Educação Infantil do sistema regular de ensino, segundo a percepção de profissionais e familiares, na cidade de Maringá/Brasil e em Guadalajara5/Espanha. Objetiva conhecer as propostas pedagógicas dos centros de educação infantil das duas cidades e analisar os fundamentos norteadores que embasam a prática docente no que se refere à educação das crianças em geral e da criança que apresenta deficiência. Trata-se de um estudo comparativo, realizado por meio de análise documental das Propostas Pedagógicas dos centros de Educação Infantil. Os resultados mostraram semelhanças e diferenças nos documentos dos centros dos dois contextos quanto à forma de elaboração das propostas, no que diz respeito à maneira de discutir e estabelecer os princípios norteadores para a organização da escola e da prática docente, bem como com relação aos princípios de uma escola inclusiva, à disponibilidade de recursos humanos, metodológicos e materiais. Conclui-se que os documentos dos contextos analisados cumprem a importante função de ajudar na sistematização das ações docentes e organização dos centros. Embora defendam os pressupostos de uma escola inclusiva, nos documentos dos centros em Maringá não consta a provisão dos recursos necessários para o atendimento da criança com deficiência.

Downloads

Como Citar

MIRANDA, M. de J. C.; DALL’ÁCQUA, M. J. C.; HEREDERO, E. S. Educação infantil inclusiva: estudo comparativo das propostas pedagógicas dos centros de educação infantil na cidade Maringá/Brasil e em Guadalajara/Espanha. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 7, n. 4, p. 15–32, 2013. DOI: 10.21723/riaee.v7i4.6284. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/6284. Acesso em: 6 mar. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>