A observação do habitus primário: um estudo de caso

Autores

  • William Alexandre Manzan Mestrando em Educação Escolar. UNESP – Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Ciências e Letras – Pós-Graduação em Educação Escolar. Araraquara – SP – Brasil. 14800-000
  • Luci Regina Muzzeti UNESP – Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Ciências e Letras - Departamento de Didática. Araraquara – SP – Brasil. 14800-000
  • Darbi Masson Suficier Doutorando em Educação Escolar. UNESP – Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Ciências e Letras – Pós-Graduação em Educação Escolar. Araraquara – SP – Brasil. 14800-000

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v7i4.6294

Resumo

Este artigo analisa a predominância de elementos do habitus primário e os contextos de sua reestruturação na história de vida de uma agente que integra a amostra de indivíduos de uma pesquisa mais ampla, que avalia questões de gênero na trajetória de egressos dos Cursos Técnicos de Economia Rural Doméstica e Técnico Agrícola. O estudo está baseado em entrevista semi estruturada e utiliza das categorias de método e de análise de Pierre Bourdieu. Observou-se que o habitus primário reestruturado na trajetória da agente, permeou todo o seu percurso social, fato constatado na trajetória escolar de sua prole.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

MANZAN, W. A.; MUZZETI, L. R.; SUFICIER, D. M. A observação do habitus primário: um estudo de caso. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 7, n. 4, p. 141–151, 2013. DOI: 10.21723/riaee.v7i4.6294. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/6294. Acesso em: 26 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>