Percepções e perspectivas docentes sobre o ensino jurídico em um instituto federal de educação, ciência e tecnologia

Autores

  • Kelly Gianezini Professora. Líder do Grupo de Estudo sobre Universidade. Membro do Núcleo de Estudos em Estado, Política e Direito. UNESC - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socioeconômico. Criciúma – SC – Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v9i3.6696

Resumo

O foco do trabalho é a expansão dos IFETs no Rio Grande do Sul e as perspectivas dos docentes que ministram as disciplinas de cunho jurídico em cursos superiores de graduação tecnológica. Analisou-se: o processo de expansão do ensino profissional e tecnológico no RS e as motivações que direcionaram os profissionais liberais da área jurídica para a docência e suas percepções profissionais neste campo. Foi necessário a utilização de dados quantitativos secundários disponibilizados por órgãos oficiais até o ano de 2010 e, também, adotou-se a metodologia qualitativa cuja coleta de dados foi efetuada mediante a realização de entrevistas semiestruturadas com questões abertas. Constatou-se a existência de alguns fatores que levaram os professores entrevistados a optar pela carreira docente na graduação tecnológica. Tais fatores incluem os anseios por estabilidade trabalhista comum a outras áreas; alternativas à saturação do mercado de trabalho jurídico; e a própria vocação para a docência.

Biografia do Autor

Kelly Gianezini, Professora. Líder do Grupo de Estudo sobre Universidade. Membro do Núcleo de Estudos em Estado, Política e Direito. UNESC - Universidade do Extremo Sul Catarinense. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socioeconômico. Criciúma – SC – Brasil.

outora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), com estágio de doutoramento sanduíche pela University of California Los Angeles (UCLA). Possui Licenciatura em Sociologia pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUI), Bacharelado em Ciências Sociais e Mestrado em Sociologia, ambos pela UFRGS. Também é graduada em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). 

Downloads

Publicado

11/03/2015

Como Citar

GIANEZINI, K. Percepções e perspectivas docentes sobre o ensino jurídico em um instituto federal de educação, ciência e tecnologia. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 9, n. 3, p. 729–737, 2015. DOI: 10.21723/riaee.v9i3.6696. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/6696. Acesso em: 28 fev. 2021.

Edição

Seção

Artigos