Paulo Freire: Uma vida como obra que permanece

Autores

  • Dulcinéia de Fátima Ferreira Pereira UFSCAR – Universidade Federal de São Carlos - Campus Sorocaba - Departamento de Ciências Humanas e Educação. Líder do Grupo de pesquisa CNPq- Educação Comunidade e Movimentos Sociais (GECOMS). Sorocaba – SP – Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v9i2.6994

Resumo

Este trabalho tem como objetivo revisitar Paulo Freire e apresentá-lo como uma obra que permanece. É fruto de uma metodologia que denominamos de “escavação da memória e escovação das palavras”, inspirados em Boaventura de Souza Santos e no poeta Manoel de Barros. Procuramos compartilhar a sua caminhada pelo mundo e dialogar com a gênese do seu pensamento. Procuramos registrar elementos que pudessem nos auxiliar na compreensão do cenário vivido e na criação de novos modos de estar na educação e no mundo. Reafirmamos a atualidade da sua concepção político pedagógica no debate educacional contemporâneo, pois o seu pensamento traz germes da indignação, da rebeldia, da autonomia e da esperança. Suas palavras, quando escovadas, podem mobilizar, em nós educadores, o desejo de um mundo mais justo e uma educação mais humana. Revisitar Paulo Freire é um exercício encarnado em busca da liberdade.


Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dulcinéia de Fátima Ferreira Pereira, UFSCAR – Universidade Federal de São Carlos - Campus Sorocaba - Departamento de Ciências Humanas e Educação. Líder do Grupo de pesquisa CNPq- Educação Comunidade e Movimentos Sociais (GECOMS). Sorocaba – SP – Brasil.

Profa Adjunto II da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos - campus Sorocaba)

DCHE - Departamento de Ciências Humanas e Educação

PPGEd - Programa de Pós-Graduação em Educação UFSCar Sorocaba

Lider do Grupo de pesquisa CNPq- Educação Comunidade e Movimentos Sociais (GECOMS)

 

área:

Educação política e processos de Subjetivação

Educação Popular

Educação de Jovens e Adultos

 

Downloads

Publicado

13/06/2014

Como Citar

PEREIRA, D. de F. F. Paulo Freire: Uma vida como obra que permanece. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 9, n. 2, p. 247–262, 2014. DOI: 10.21723/riaee.v9i2.6994. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/6994. Acesso em: 15 abr. 2021.

Edição

Seção

Artigos