O formato da gestão democrática em escolas brasileiras e portuguesas

Autores

  • Rosilania Macedo-Silva Doutoranda em Educação. UA - Universidade de Aveiro, Portugal. Inspetora educacional no sistema educacional de Alagoas. Maceió – AL – Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v10i2.7012

Resumo

O artigo compõe o estado da arte da dissertação Globalização e Gestão Escolar no Brasil e em Portugal, desenvolvida no âmbito do mestrado em Ciências da Educação na área de Administração e Políticas Educativas, na Universidade de Aveiro/Portugal. Objetivou-se em analisar e comparar textos legais vigentes homologados no Brasil e em Portugal, que tratem da gestão escolar. As referências bibliográficas consultadas apresentam uma gestão democrática regulada e regulamentada pelo governo central, bem como, os países apresentam a descentralização, participação e autonomia como características comuns para o desenvolvimento da gestão democrática nas escolas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosilania Macedo-Silva, Doutoranda em Educação. UA - Universidade de Aveiro, Portugal. Inspetora educacional no sistema educacional de Alagoas. Maceió – AL – Brasil.

Mestra em Educação,  área em Administração e Políticas Educativas, pela Universidade de Aveiro. Pedagoga Pela Universidade Federal de alagoas. Inspetora Educacional nos Sistemas Educacionais em Alagoas.

Downloads

Publicado

07/07/2015

Como Citar

MACEDO-SILVA, R. O formato da gestão democrática em escolas brasileiras e portuguesas. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 10, n. 2, p. 417–429, 2015. DOI: 10.21723/riaee.v10i2.7012. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/7012. Acesso em: 9 mar. 2021.

Edição

Seção

Artigos