Ações que levaram ao bom desempenho escolar: o caso de uma escola pública paulista periférica

Autores

  • Célia Maria Lopes Mendes Doutoranda em Serviço Social. UNESP - Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Ciências Humanas e Sociais - Programa de Pós-Graduação em Serviço Social. Supervisora de Ensino da Rede Estadual de Ensino do Estado de São Paulo e Diretora de Ensino na Região de Franca. Franca - SP - Brasil.
  • Célia Maria David UNESP – Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Ciências Humanas e Sociais - Programa de Pós-Graduação em Serviço Social. Franca - SP - Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v9i2.7036

Resumo

O objetivo deste trabalho é analisar os fatores e ações realizadas por uma escola pública paulista que interferiram positivamente nos indicadores de desempenho e de qualidade da educação oferecida na escola e que têm sido determinantes na construção emancipatória da escola, caracterizando os elementos que levam a escola em tela a obter sucesso em seus resultados. A partir desses indicadores é possível produzir um diagnóstico, identificando os problemas, mas também apontar experiências que deram certo, estabelecendo correlações, corrigindo as falhas, mudando as estratégias. Como Supervisora de Ensino dessa unidade escolar, há três anos, percebo que o gestor (Diretor) toma as decisões com base em informações técnicas e pedagógicas a partir dos indicadores educacionais apresentados pela escola. Percebe-se que há uma preocupação constante do gestor (Diretor) e sua equipe em trabalhar a formação em serviço. Por meio de práticas pedagógicas integradoras e coletivas, tem alcançado bons resultados educacionais nas avaliações internas e externas. A gestão participativa tem sido uma constante na construção das práticas emancipadoras da unidade escolar, possibilitando o envolvimento dos diversos segmentos existentes na escola. Percebemos isso claramente em nossas visitas, aos alunos é dada a vez e voz e possibilidades de se desenvolverem em suas potencialidades. A unidade escolar já possui um histórico de se autoavaliar. Fizemos os questionários dentro das cinco dimensões da gestão com a ajuda o gestor da escola (Diretor).

Downloads

Publicado

13/06/2014

Como Citar

MENDES, C. M. L.; DAVID, C. M. Ações que levaram ao bom desempenho escolar: o caso de uma escola pública paulista periférica. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 9, n. 2, p. 306–316, 2014. DOI: 10.21723/riaee.v9i2.7036. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/7036. Acesso em: 27 fev. 2021.

Edição

Seção

Artigos