Saberes sobre brincar: o que as pesquisas publicadas na ANPED revelam?

Autores

  • Tatiana Aparecida de Mattos Professora de Educação Infantil da rede municipal de ensino. São Carlos – SP –Brasil.
  • Aline Sommerhalder Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação. UFSCar – Universidade Federal de São Carlos. Departamento de Teorias e Práticas Pedagógicas. São Carlos – SP – Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v9i2.7047

Resumo

Esse texto é decorrente de uma pesquisa de conclusão de Pós Graduação Lato Sensu em Educação Infantil, de uma universidade pública brasileira que investigou como o brincar se apresenta nas pesquisas produzidas no campo da Educação Infantil, publicadas nas Reuniões Anuais da ANPEd - Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação, em específico no Grupo de Trabalho 07: Educação das Crianças de 0 a 6 anos. Foram analisados artigos publicados no GT 07 das Reuniões Anuais de 2005 a 2011 dessa Associação, que abordaram o Brincar no cotidiano da Educação Infantil. Os resultados evidenciaram, dentre outros aspectos, que nas recentes publicações o brincar deve se apresentar como eixo central das práticas pedagógicas na Educação Infantil. Destaca ainda na análise destas produções as relações estabelecidas do brincar com outros fenômenos diretamente relacionados aos processos educativos das crianças na Educação Infantil, como: formação de grupo de crianças, consumo e cultura midiática.

Downloads

Publicado

16/06/2014

Como Citar

MATTOS, T. A. de; SOMMERHALDER, A. Saberes sobre brincar: o que as pesquisas publicadas na ANPED revelam?. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 9, n. 2, p. 435–446, 2014. DOI: 10.21723/riaee.v9i2.7047. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/7047. Acesso em: 25 fev. 2021.

Edição

Seção

Artigos