“Na casa do seu Zé” – música e sexualidade no cotidiano escolar

Autores

  • José Carlos Teixeira Junior Doutor em Educação. UERJ - Universidade Estadual do Rio de Janeiro - Pós-Graduação em Educação. Rio de Janeiro – RJ – Brasil. 20550-900. Professor de Música na Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e da FAETEC – Fundação de Apoio à escola Técnica

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.2016.v11.n1.p165

Palavras-chave:

Narrativa, Funk, Sexualidade,

Resumo

Este artigo propõe discutir algumas questões que atravessam a relação entre música e sexualidade no cotidiano de uma escola estadual carioca. Para tanto, pretendo realizar esta discussão seguindo uma trilha sugerida por Benjamin: a narrativa como uma faculdade (aparentemente inalienável, porém muitas vezes retirada de nós) de trocar experiências. Assumir este posicionamento justifica-se pelo fato de que a narrativa consiste em uma parte expressiva das complexas relações entre ética e estética. Narrar não significa transmitir o puro em si da coisa, como uma informação ou relatório, mas sim mergulhar a coisa na vida de quem relata, a fim de extraí-la outra vez dela. Em outras palavras, a música e a sexualidade discutidas nas próximas páginas não estão de forma alguma absolutizadas (nem relativizadas), mas sim mergulhadas nos encontros cotidianos que tecem a posição de professor-pesquisador em música. Assim, da ambivalência de uma prática de tocar (e ouvir) música na escola (mais especificamente os cantos sampleados em Beatbox do chamado funk-putaria) emerge tanto a normatividade de um estereótipo de pornografia como também as tensões de seus mais diferentes processos de subjetificação. Trata-se de processos que complexificam este mesmo estereótipo ao enunciar possibilidades de dialogar com a sexualidade para além de seus binarismos.

Biografia do Autor

José Carlos Teixeira Junior, Doutor em Educação. UERJ - Universidade Estadual do Rio de Janeiro - Pós-Graduação em Educação. Rio de Janeiro – RJ – Brasil. 20550-900. Professor de Música na Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e da FAETEC – Fundação de Apoio à escola Técnica

Licenciatura em Música pelo Conservatório Brasileiro de Música, bacharelado e mestrado em Música pela UFRJ e doutorando em Educação pelo PROPED/UERJ.

Downloads

Publicado

11/04/2016

Como Citar

TEIXEIRA JUNIOR, J. C. “Na casa do seu Zé” – música e sexualidade no cotidiano escolar. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 11, n. 1, p. 165–173, 2016. DOI: 10.21723/riaee.2016.v11.n1.p165. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/7323. Acesso em: 5 mar. 2021.

Edição

Seção

Artigos