A tecnologia como aliada no ensino de história e a sua adesão nas escolas de educação básica

Autores

  • Hilda Maria Gonçalves da Silva Professora Doutora do Departamento de Educação, Ciências Sociais e Políticas Públicas e dos cursos de Pós-Graduação em Planejamento e Análise de Políticas Públicas e de Serviço Social. UNESP – Universidade Estadual Paulista, campus Franca. Franca – SP – Brasil.
  • Célia Maria David Professora Adjunta do Departamento de Educação, Ciências Sociais e Políticas Públicas e dos cursos de Pós-Graduação em Planejamento e Análise de Políticas Públicas e de Serviço Social. UNESP – Universidade Estadual Paulista, campus Franca. Franca – SP – Brasil.
  • Almir Mantovani Professor Doutor do Departamento de Educação, Ciências Sociais e Políticas Públicas. UNESP – Universidade Estadual Paulista, campus Franca. Franca – SP – Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v10i2.7707

Resumo

A pesquisa em tela teve como objetivo apreender a inserção das TICs - tecnologias de informação e comunicação - na ação docente da rede pública de ensino básico do estado de São Paulo, mais especificamente em relação ao ensino de História. Elaborou-se uma contextualização histórica do amparo ao uso dessas tecnologias nas instituições de ensino. A amostragem, dos dados levantados sobre a utilização desses recursos, teve como recorte a cidade de Franca e contou com a colaboração dos graduandos do quarto ano do curso de História da Unesp-Franca. Apreende-se da análise que apesar da extensa bibliografia que versa sobre os benefícios da utilização dos recursos tecnológicos para o ensino de História nas aulas de educação básica e, ainda da forte defesa em relação ao uso desses recursos pela Secretaria de Educação do Estado de São Paulo; a realidade prática das instituições de ensino ainda encontra-se enraizada em um processo educativo que se restringe, essencialmente, a figura do professor e ao livro didático, ou aos cadernos de aprendizagem fornecidos pelo Estado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hilda Maria Gonçalves da Silva, Professora Doutora do Departamento de Educação, Ciências Sociais e Políticas Públicas e dos cursos de Pós-Graduação em Planejamento e Análise de Políticas Públicas e de Serviço Social. UNESP – Universidade Estadual Paulista, campus Franca. Franca – SP – Brasil.

Professora Doutora do Departamento de Educação, Ciências Sociais e Políticas Públicas e dos cursos de Pós-Graduação em Planejamento e Análise de Políticas Públicas e de Serviço Social da Unesp-Franca.

Célia Maria David, Professora Adjunta do Departamento de Educação, Ciências Sociais e Políticas Públicas e dos cursos de Pós-Graduação em Planejamento e Análise de Políticas Públicas e de Serviço Social. UNESP – Universidade Estadual Paulista, campus Franca. Franca – SP – Brasil.

Professora Adjunta do Departamento de Educação, Ciências Sociais e Políticas Públicas e dos cursos de Pós-Graduação em Planejamento e Análise de Políticas Públicas e de Serviço Social da Unesp-Franca.

Almir Mantovani, Professor Doutor do Departamento de Educação, Ciências Sociais e Políticas Públicas. UNESP – Universidade Estadual Paulista, campus Franca. Franca – SP – Brasil.

[1] Professor Doutor do Departamento de Educação, Ciências Sociais e Políticas Públicas da FCHS-Unesp-Franca e do Centro Universitário de Franca Uni-FACEF.

Downloads

Publicado

07/07/2015

Como Citar

SILVA, H. M. G. da; DAVID, C. M.; MANTOVANI, A. A tecnologia como aliada no ensino de história e a sua adesão nas escolas de educação básica. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 10, n. 2, p. 390–399, 2015. DOI: 10.21723/riaee.v10i2.7707. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/7707. Acesso em: 15 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos teóricos