A construção da relação creche-família no berçário: contribuição da pesquisa-formação

Celi Costa Bahia, Solange Mociutti

Resumo


Este estudo objetivou refletir sobre a relação creche-família em uma Unidade de Educação Infantil e analisar a contribuição da pesquisa-formação na construção de práticas que favoreçam tal relação. A metodologia utilizada foi a pesquisa-formação. A análise inicial apontou a presença de relações caracterizadas pelo distanciamento entre a creche e as famílias na turma do berçário, e a formação continuada, por meio da pesquisa-formação, possibilitou às docentes a compreensão do seu papel na promoção desta relação, bem como colaborou na construção de possibilidades para ressignificar as relações existentes. Revelou ainda que a pesquisa-formação contribui na produção do conhecimento sobre a educação de bebês e a formação de docentes que se dedicam a esta atividade. 


Palavras-chave


Berçário. Relação creche-família. Pesquisa-formação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21723/riaee.v12.n1.8646



Direitos autorais 2017 Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação

 

Rev. Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1982-5587

DOI Prefix: 10.21723/riaee

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.