Curso de formação de professores (as) por meio do programa educação sexual em debate na Rádio UDESC FM 100.1 Florianópolis: algumas reflexões sobre os caminhos percorridos

Autores

  • Marcia de Freitas UDESC
  • Sonia Maria Martins de Melo
  • Aline Silva Zilli
  • Andréia Valéria de Souza Miranda

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v12.n2.8651

Palavras-chave:

Educação Sexual. Curso de extensão para formação de professores (as). Programa de rádio.

Resumo

Este artigo propõe reflexões sobre um processo de criação coletiva, que teve como resultado final a proposta de um projeto de curso de extensão, objetivando ser mais um meio de sensibilização e ampliação do conhecimento e das discussões acerca da temática educação sexual emancipatória. Por meio de programas de rádio, o curso ocupará o espaço correspondente a quatro programas na Rádio UDESC FM 100.1, dentro de um espaço semanal existente há 8 anos na programação, denominado Educação Sexual em Debate. A estrutura destes programas atende aos pressupostos do Programa de Extensão Formação de Educadores em Educação Sexual: interface com as tecnologias- do grupo EDUSEX -, e que tem o intuito de possibilitar aos ouvintes momentos de sensibilização para a possibilidade de vivências de uma educação sexual emancipatória. O curso tem a intenção de atingir pessoas interessadas na temática da educação sexual e compromete-se em discutir a diferenciação de sexo e sexualidade, a educação sexual na perspectiva emancipatória, a declaração do direitos sexuais como direitos universais e o direito à educação sexual compreensiva na infância e adolescência. Instigar e ampliar essas discussões são caminhos a serem percorridos neste projeto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

FIGUEIRÓ, Mary Neide Damico. Formação de Educadores Sexuais: adiar não é mais possível. 2. ed. Londrina: Eduel, 2014.

KENSKI, Vani Moreira. Educação e tecnologias: novo ritmo da informação. Campinas, SP: Papirus, 2007.

MELO, S. M. M. DE; POCOVI, R. M. DE S; UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA. Educação e sexualidade: caderno pedagógico I. Florianópolis: CEAD, 2002.

PACHECO, Raquel da Veiga. Escola de princesas: um estudo da compreensão de professoras sobre a influência de filme da boneca Barbie na educação sexual de crianças. 219 p. Dissertação (mestrado) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Centro de Ciências Humanas e da Educação, Mestrado em Educação, Florianópolis, 2014. Disponível em: <http://www.tede.udesc.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=3960>. Acesso em: 15 maio 2016.

Downloads

Publicado

04/03/2017

Como Citar

DE FREITAS, M.; MELO, S. M. M. de; ZILLI, A. S.; MIRANDA, A. V. de S. Curso de formação de professores (as) por meio do programa educação sexual em debate na Rádio UDESC FM 100.1 Florianópolis: algumas reflexões sobre os caminhos percorridos. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 12, n. esp., p. 1130–1141, 2017. DOI: 10.21723/riaee.v12.n2.8651. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/8651. Acesso em: 17 abr. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.