Leitura deleite como ancoragem para mudanças pedagógicas no âmbito do PNAIC

Autores

  • Geisa Magela Veloso Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES
  • Úrsula Adelaide de Lélis Universidade Estadual de Montes Claros
  • Cecídia Barreto Almeida Unimontes

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v12.n1.8914

Palavras-chave:

Alfabetização. Letramento. Leitura de deleite. Cultura escolar. PNAIC.

Resumo

Trata-se de um estudo quali-quantitativo, que tem por objetivo analisar representações de professoras sobre conteúdos e estratégias formativas propostas pelo Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa/PNAIC, captando o seu enraizamento na cultura escolar por meio dos processos de objetivação e ancoragem. A análise da realidade indica uma prevalência da leitura deleite como prática voltada para o prazer de ler e a dinamização das atividades na sala de aula, em contraposição ao obscurecimento da alfabetização nas representações das professoras participantes do estudo.

Biografia do Autor

Geisa Magela Veloso, Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Profa da Unimontes, doutora em Educação pela UFMG

Úrsula Adelaide de Lélis, Universidade Estadual de Montes Claros

Profa da Unimontes, Doutora em Educação pela Universidade Federal de Uberlândia

Cecídia Barreto Almeida, Unimontes

Profa da Unimontes, Mestre em Educação pela Universidade de São Marcos

Downloads

Publicado

13/01/2017

Como Citar

VELOSO, G. M.; LÉLIS, Úrsula A. de; ALMEIDA, C. B. Leitura deleite como ancoragem para mudanças pedagógicas no âmbito do PNAIC. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, p. 404–421, 2017. DOI: 10.21723/riaee.v12.n1.8914. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/8914. Acesso em: 4 mar. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.