O cyberbullying em contexto universitário do Brasil e Portugal: vitimização, emoções associadas e estratégias de enfrentamento

Autores

  • Sidclay Bezerra de Souza Faculdade de Psicologia – Universidade de Lisboa
  • Ana Margarida Veiga Simão Faculdade de Psicologia - Universidade de Lisboa, Lisboa - Portugal
  • Paula da Costa Ferreira Faculdade de Psicologia - Universidade de Lisboa, Lisboa - Portugal http://orcid.org/0000-0003-3727-3793
  • Paula Paulino Faculdade de Psicologia - Universidade de Lisboa, Lisboa - Portugal
  • Sofia Mateus Francisco

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v11.n.esp3.9067

Palavras-chave:

Cyberbullying. Estudantes universitários. Vitimização. Emoções. Estratégias de enfrentamento.

Resumo

O presente artigo buscou, por um lado, descrever como os estudantes universitários do Brasil e de Portugal experienciaram situações de cyberbullying no papel de vítimas, considerando-se algumas variáveis sociodemográficas, bem como analisar se existiam diferenças significativas em função do contexto relativamente aos comportamentos de vitimização, as emoções e as estratégias utilizadas pelas vítimas do Brasil e de Portugal. Buscando atender aos objetivos da investigação, 1340 estudantes universitários (Brasil: n = 592; Portugal: n = 748) responderam ao Questionário do Cyberbullying para o Ensino Superior (QCES). As análises permitiram verificar que uma percentagem de 44.6% dos participantes brasileiros e 43.0% dos participantes portugueses foram vítimas de cyberbullying em algum momento da vida. Diferenças significativas foram verificadas no que diz respeito aos comportamentos de vitimização, as emoções das vítimas e as estratégias de enfrentamento utilizadas pelas vítimas de cada país. Os resultados são discutidos, algumas limitações são consideradas e são apresentadas algumas implicações que sugerem a importância do desenvolvimento sistêmico de programas de prevenção e intervenção nos contextos universitários.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sidclay Bezerra de Souza, Faculdade de Psicologia – Universidade de Lisboa

Doutor em Psicologia, Especialidade em Psicologia da Educação pela Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa, Portugal, com Bolsa da CAPES pelo Programa de Doutorado Pleno no Exterior (Proc. n.º BEX 1710/13-3). Mestre em Psicologia da Educação e Orientação pela Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa, Portugal. Possui graduação em Psicologia pela Faculdade de Ciências Humanas Esuda, Recife - PE, Brasil. 

Atualmente é Pesquisador do Grupo de Investigação em Psicologia da Educação e Orientação (PEO) no âmbito do Programa de Estudos sobre Cyberbullying (PEC) da Faculdade de Psicologia - Universidade de Lisboa (Portugal) e no Grupo de Pesquisa Aprendizagem em Rede (GRUPAR) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

Desenvolveu atividades como Coordenador Geral de Pós-graduação Latu Senso e Responsável Institucional do Programa Ciência sem Fronteiras da Faculdade Santa Maria, Recife - PE, Brasil; Atuou como Coordenador Geral de Pós-graduação Latu Senso do Núcleo de Pós-graduação e Educação Continuada (NUPEC/DH2); Desenvolveu atividade docente das disciplinas de Iniciação à Psicologia e Psicologia da Aprendizagem no Curso de Psicologia da Faculdade de Ciências Humanas ESUDA, Recife - PE. Ainda atuou como Professor da disciplina de Dinâmicas Educativas para Necessidades Especiais no Curso de Pós-Graduação em Psicopedagogia oferecido pelo Centro Educacional Madre Tereza - FUNESO, São Lourenço da Mata - PE, Brasil. Atuou ainda como Psicólogo Clínico e também possui experiência na área da Psicologia Educacional, atuando principalmente nos seguintes temas: Violência em Contexto Educativo, Fracasso Escolar, TIC, Ensino Superior e Educação.

Ana Margarida Veiga Simão, Faculdade de Psicologia - Universidade de Lisboa, Lisboa - Portugal

Professora Associada com Agregação e Investigadora Responsável do Grupo de Investigação em Psicologia da Educação e Orientação (PEO) da Faculdade de Psicologia - Universidade de Lisboa (Portugal).

Paula da Costa Ferreira, Faculdade de Psicologia - Universidade de Lisboa, Lisboa - Portugal

Pós-doutoranda com financiamento pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (SFRH/BPD/110695/2015) e Investigadora Responsável pelo Programa de Estudos sobre o Cyberbullying (PEC) no âmbito do Grupo de Investigação em Psicologia da Educação e Orientação (PEO) da Faculdade de Psicologia - Universidade de Lisboa (Portugal).

Paula Paulino, Faculdade de Psicologia - Universidade de Lisboa, Lisboa - Portugal

Investigadora do Grupo de Investigação em Psicologia da Educação e Orientação (PEO) da Faculdade de Psicologia - Universidade de Lisboa (Portugal).

Sofia Mateus Francisco

Doutoranda em Psicologia, Especialidade em Psicologia da Educação e Grupo de Investigação em Psicologia da Educação e Orientação (PEO) no âmbito do Programa de Estudos sobre Cyberbullying (PEC) da Faculdade de Psicologia - Universidade de Lisboa (Portugal).

Downloads

Publicado

30/11/2016

Como Citar

SOUZA, S. B. de; SIMÃO, A. M. V.; FERREIRA, P. da C.; PAULINO, P.; FRANCISCO, S. M. O cyberbullying em contexto universitário do Brasil e Portugal: vitimização, emoções associadas e estratégias de enfrentamento. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 11, n. esp.3, p. 1674–1691, 2016. DOI: 10.21723/riaee.v11.n.esp3.9067. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/9067. Acesso em: 20 jun. 2021.