Transposição didática em alfabetização: Uma aproximação a partir de cadernos escolares

Autores

  • Gladys Rocha Professora de Didática. Departamento de Métodos e Técnicas de Ensino – Faculdade de Educação, FAE/UFMG, Belo Horizonte, Brasil
  • Alicia Bonamino
  • Erisson Viana Correa

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v11.n.esp4.9199

Palavras-chave:

Alfabetização. Cadernos escolares. Transposição didática.

Resumo

Este texto apresenta algumas reflexões sobre ênfases de práticas de ensino da palavra escrita no processo de alfabetização, apreendidas a partir de cadernos escolares de alunos do primeiro ano do Ensino Fundamental. Orienta o trabalho a compreensão de que os cadernos escolares podem se constituir em instrumento privilegiado na identificação de aspectos que indiciam dimensões da prática docente. Trata-se, portanto, de um estudo que concebe os cadernos como documentos que, apesar de não abrangerem toda a escrita organizada na sala de aula, traduzida a partir da interação com outros suportes que vão desde a folha solta até a tela do computador, informam sobre uma parcela do que nela ocorre e remetem, ainda que parcialmente, a interpretações de práticas de ensino de alfabetização em língua portuguesa, nos primeiros anos do Ensino Fundamental. 

Downloads

Publicado

30/12/2016

Como Citar

Rocha, G., Bonamino, A., & Correa, E. V. (2016). Transposição didática em alfabetização: Uma aproximação a partir de cadernos escolares. Revista Ibero-Americana De Estudos Em Educação, 2379–2394. https://doi.org/10.21723/riaee.v11.n.esp4.9199