Notas introdutórias para um método histórico-crítico de alfabetização

Autores

  • Izac Trindade Coelho
  • Francisco José Carvalho Mazzeu Universidade Estadual Paulista

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v11.n.esp4.9210

Palavras-chave:

Alfabetização. Pedagogia histórico-crítica. Métodos de alfabetização.

Resumo

Este artigo aborda a alfabetização na perspectiva da Pedagogia Histórico-Crítica e tem o propósito de indicar fundamentos teóricos que contribuam para elaborações metodológicas coerentes com os pressupostos dessa concepção pedagógica. Buscando referências em diferentes áreas do conhecimento procuramos apontar alguns dos elementos que poderiam fundamentar um método histórico-crítico de alfabetização, dentre eles: a necessidade de superar dialeticamente os métodos já existentes, a identificação dos conteúdos e objetivos do processo de alfabetização, a centralidade da palavra como instrumento-guia no processo de ensino-aprendizagem e a necessidade de resgatar o papel do professor como produtor das suas próprias atividades didáticas. Espera-se com esse trabalho fomentar um debate frutífero que resulte em avanços na direção de oferecer aos professores que alfabetizam um conjunto de orientações mais específicas sobre como podem inserir o seu trabalho no âmbito da Pedagogia Histórico-Crítica.

Biografia do Autor

Francisco José Carvalho Mazzeu, Universidade Estadual Paulista

Doutor em Educação, Professor do Departamento de Didática e do Programa de pós-Graduação em Educação da FCL/UNESP?Araraquara

Downloads

Publicado

30/12/2016

Como Citar

COELHO, I. T.; MAZZEU, F. J. C. Notas introdutórias para um método histórico-crítico de alfabetização. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, p. 2576–2593, 2016. DOI: 10.21723/riaee.v11.n.esp4.9210. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/9210. Acesso em: 28 fev. 2021.