Interdisciplinaridade e transdisciplinaridade: dos conhecimentos e suas histórias

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v13.n3.2018.11257

Palavras-chave:

Conhecimentos. Paradigmas, Prática social, Interdisciplinaridade, Transdisciplinaridade

Resumo

O presente texto tem por objetivo discutir teoricamente acerca da interdisciplinaridade e da transdisciplinaridade como alternativas para a efetivação de uma prática social no contexto educacional contemporâneo. O ensaio tem como foco o debate em torno da interdisciplinaridade e da transdisciplinaridade como potenciais de mudanças na atualidade, utilizando-se do recurso à história, para compreensão das concepções pedagógicas que permeiam a formação e a atuação num contexto marcado por intensas transformações. A apresentação do quadro conceitual é ancorada em autores de referência e, em especial, no filósofo e epistemólogo Hilton Japiassu para abordar as razões pelas quais a complexidade e a feição plural da escola caracterizam o seu dinamismo, expressando um certo hibridismo que é fundamental para romper com as formas hierárquicas de organização curricular, articulando os conhecimentos práticos aos conhecimentos acadêmicos, por meio de ações concretas numa situação real de ensino e numa perspectiva transdisciplinar.

Biografia do Autor

Adilson Xavier da Silva, Professor de Filosofia na Faculdade de Belas Artes/Escola Guinard – UEMG

Doutor em Filosofia, Professor de Filosofia na Faculdade de Belas Artes/Escola Guinard – UEMG, Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG).

Iracema Campos Cusati, Universidade de Pernambuco (UPE)

Doutora em Educação, Professora Permanente do Programa de Pós-graduação em Formação de Professores e Práticas Interdisciplinares – PPGFPPI/UPE e é Professora da Universidade de Pernambuco (UPE).

Maria das Graças Gonçalves Vieira Guerra, Universidade Federal da Paraíba

Atualmente é Pós-Doutoranda pela Universidade do Porto - Portugal, sob supervisão da Professora Catedrática Dra. Carlinda Leite (2018 - em andamento). Possui Doutorado em Educação (UFPB-2007), Mestrado em Administração (UFPB-2003), Especialização em EaD (UNIGRAN-EaD-2010), Bacharelado em Ciências Contábeis (UFPB-2000) e Licenciatura em Pedagogia (UNIGRAN-EaD-2012). Atualmente é Professora Associada I do Centro de Educação da Universidade Federal da Paraíba, Professora dos quadros permanentes dos Programas de Pós-Graduação em Educação (PPGE) e de Políticas Públicas, Gestão e Avaliação da Educação Superior (MPPGAV) da UFPB. Atualmente é a Representante dos Coordenadores do Centro de Educação na Comissão Própria de Avaliação - CPA da UFPB. É Avaliadora ad doc de Cursos Superiores na Área de Ciências Contábeis, Administração e Pedagogia (SINAES/INEP/MEC). Líder do Grupo de Pesquisa GAES, que abarca investigações do campo na área de avaliação da educação superior, perpassado pelas políticas públicas, gestão e práticas educativas. Foi Coordenadora Pró-tempore e Vice-Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas, Gestão e Avaliação da Educação Superior da UFPB. Foi Coordenadora Pró-tempore do curso de Pedagogia EaD da UAB-UFPB. Foi Professora da Universidade Federal de Pernambuco - UFPE (2009-2015). Prestou Consultoria para a UNESCO/MEC, na área de Alfabetização e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Tem experiência na área de Pedagogia, Educação a Distância, Avaliação do Ensino Superior, Administração e Contabilidade, atuando principalmente nos seguintes temas: avaliação do ensino superior, gestão, pedagogia e educação a distância

Referências

BARTHES, Roland. Crítica e verdade. Tradução Geraldo G.de Souza. São Paulo: Perspectiva, 1970.

FOGEL, Gilvan. Conhecer é criar: um ensaio a partir de F. Nietzsche. São Paulo: Editora Unijuí, 2003.

JAPIASSU, Hilton. Fórum Interdisciplinar Educação e Interdisciplinaridade: um convite ao diálogo. O sonho Transdisciplinar. Centro Universitário Salesiano de São Paulo - UNISAL. 25 de abril de 2013. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=ZGQdSyO77t0. Acessado em: 23 set. 2017.

JAPIASSU, Hilton. O espírito interdisciplinar. Cadernos EBAPE.BR. vol. IV, n.3, out. 2006, p. 1-9. Disponível em: https://www.ebape.fgv.br/cadernosebape. Acessado em: 21 jan. 2018.

JAPIASSU, Hilton. JAPIASSU, Hilton. Interdisciplinaridade e patologia do saber. Rio de Janeiro: Imago, 1976.

MERLEAU-PONTY, Maurice. O Visível e o invisível. Tradução J. A. Giannotti e A.M. D'Oliveira. São Paulo: Perspectiva, 1971.

MORAES, Maria Cândida; VALENTE, José Armando. Como pesquisar em educação a partir da complexidade e da transdisciplinaridade? São Paulo: Paulus, 2008.

MORIN, Edgar. O problema Epistemológico da Complexidade. 2ª ed. Portugal: Publicações Europa-América, 1996.

PIAGET, Jean. Études Sociologiques. Genève (Switzerland): Librairie DROZ, 1977.

Publicado

03/07/2018

Como Citar

SILVA, A. X. da; CUSATI, I. C.; GUERRA, M. das G. G. V. Interdisciplinaridade e transdisciplinaridade: dos conhecimentos e suas histórias. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 13, n. 4, p. 979–996, 2018. DOI: 10.21723/riaee.v13.n3.2018.11257. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/11257. Acesso em: 2 mar. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)