O ensino de música e o desafio da democratização no “chão da escola”

Wenderson Silva Oliveira, Eduardo Henrique Narciso Borges

Resumo


A entrada em vigor da lei 13.278/2016 (BRASIL, 2016) tornou o ensino de Artes visuais, Dança, Música e Teatro obrigatórias no currículo da educação básica em todo o país. Entretanto, especificamente no que diz respeito ao ensino de Música, há uma série de fatores e problemas que dificultam a plena inserção da disciplina nas escolas brasileiras, que vão da falta de recursos materiais até a legitimidade social da disciplina e a valorização desse conhecimento como algo significante para a formação das/dos estudantes. Nesse sentido, este artigo propõe analisar as dinâmicas sociais e políticas que permeiam o ensinar/aprender música, bem como as experiências em ensino coletivo de instrumentos musicais na tentativa de democratização do ensino de Música visando a inclusão social por meio dela. Do mesmo modo, abre-se a possibilidade de promoção de uma mudança de paradigmas e ampliação dos horizontes discentes em relação a conhecimentos artísticos e culturais, incentivando a criatividade e a capacidade de interpretações e leituras diversas do mundo que os cerca. 


Palavras-chave


Educação. Ensino de música. Democratização.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Nilda. Decifrando o pergaminho - o cotidiano das escolas nas lógicas das redes cotidianas. In: OLIVEIRA, Inês Barbosa.; ALVES, Nilda. Pesquisa no/do cotidiano das escolas: sobre as redes de saberes. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

ANDRADE, Nivea Maria da Silva. Práticas escolares como táticas criadoras: os praticantes nas tessituras de currículos. 2011. 156 f. Tese (Doutorado em Educação). Faculdade de Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro/Uerj, Rio de Janeiro, 2011.

BOURDIEU, Pierre.; PASSERON, Jean Claude. A reprodução: elementos para uma teoria do sistema de ensino. Livraria Francisco Alves Editora, 1975.

BOURDIEU, Pierre.; PASSERON, Jean Claude As regras da arte: gênese e estrutura do campo literário. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.

BOURDIEU, Pierre.; PASSERON, Jean Claude. O poder simbólico. 3 ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2000.

BOURDIEU, Pierre.; DARBEL, Alain. O amor pela arte: os museus da Europa e seu público. Tradução de Guilherme João de Freitas Teixeira. 2. ed. Porto Alegre: Zouk, 2007.

BOURDIEU, Pierre. A distinção: Crítica social do julgamento. 2ª ed. Porto Alegre: Zouk, 2013.

ELIAS, Norbert. Mozart, a sociologia de um gênio. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed, 1995.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 59ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2015.

FREIRE, Vanda Bellard. Música e sociedade: Uma perspectiva histórica e uma reflexão aplicada ao Ensino Superior de Música. 2ª ed. Florianópolis: Associação Brasileira de Educação Musical, 2010.

GALLO, Silvio. Transversalidade e educação: pensando uma educação não-disciplinar. In: ALVES, Nilda.; GARCIA, Regina Leite. O sentido da escola. Rio de Janeiro: DP&A, 2002.

GOFFMAN, Erving. Estigma: notas sobre a manipulação da identidade deteriorada. Rio de Janeiro: LTC, 2012.

HOLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

LORENZON, Rodrigo Rosado. ReciclaMusicando: Práticas musicais através de instrumentos construídos de material reciclado. Monografia (Especialização). Curso de Especialização em Pedagogia da Arte da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul/UFRGS, Porto Alegre, 2013.

MARGULIS, Mario.; URRESTI, Marcelo. La Juventud es más que una Palabra. In: ARIOVICH, Laura.; MARGULIS, Mario (orgs.). La juventud es más que una palabra. Buenos Aires: Biblos, 1996.

ROSA, Chaiane de Medeiros.; LOPES, Nataliza Francisca Mezzari.; CARBELLO, Sandra Regina Cassol. Expansão, democratização e a qualidade da educação básica no Brasil. Poíesis Pedagógica, Catalão, v.13, n.1, p.162-179, jan./jul., 2015.

VICTORIO FILHO, Aldo. Pesquisar o cotidiano é criar metodologias. Educação e Sociedade. Campinas, v.28, n.98, p-97-110, jan./abr., 2007.




DOI: https://doi.org/10.22633/rpge.v21.n3.2017.10196



Rev. on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1519-9029

DOI prefix: 10.22633/rpge

Licença Creative Commons 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.