A formação de professores de educação infantil para ensinar matemática em livros didáticos do PNLD 2019

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22633/rpge.v26i00.15749

Palavras-chave:

Educação infantil, Livro, PNLD, Matemática

Resumo

Nos últimos anos o contexto educacional vem sofrendo várias transformações, principalmente, quanto à produção dos novos materiais destinados à Educação Infantil. Assim, este artigo tem por objetivo dissertar como os autores didáticos e editores dos livros do Programa Nacional do Livro e do Material Didático (PNLD) de 2019 apresentam o ensino de matemática aos docentes. Para tanto, esta é uma pesquisa qualitativa de cunho documental. Sendo que, com base no estudo realizado, foi possível inferir que o Conhecimento Especializado do Professor de Matemática (MTSK) encontra-se presente em um dos livros do PNLD produzidos para os professores da Educação Infantil. No entanto, ainda apresenta uma fragilidade quanto ao domínio MK, algo que precisa ser questionado e refletido.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Paula Bolsan Sagrilo , Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Dourados – MS – Brasil

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática (PPGECMat).

Edvonete Souza de Alencar, Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Dourados – MS – Brasil

Professora Adjunta do Magistério Superior. Doutorado em Educação Matemática (PUC/SP).

Aldrin Cleyde da Cunha, Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Dourados – MS – Brasil

Professor. Doutorado em Educação Matemática (UNIAN).

Referências

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, DF: MEC, 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf. Acesso em: 20 ago. 2021.

CABANHA, D. S. C. Conhecimento especializado de um formador de professores de matemática em início de carreira: O ensino a distância de derivada. 2018. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Rio Claro, 2018. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/handle/11449/180262. Acesso em: 21 jan. 2022.

CORDI, A. Pé de brincadeira: Pré-escola 4 a 5 anos e 11 meses. 1. ed. Curitiba: Aprende Brasil, 2018.

CARRILLO-YAÑEZ, J. et al. The mathematics teacher’s specialised knowledge (MTSK) model. Research in Mathematics Education, v. 20, n. 3, p. 236-253, abr./jun. 2018. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/14794802.2018.1479981. Acesso em: 11 jan. 2022.

FONSECA, J. J. S. Metodologia da pesquisa científica. Fortaleza: UEC, 2002.

FLORES-MEDRANO, E.; ESCUDERO, D. I.; AGUILAR, A. Oportunidades que brindan algunos escenarios para mostrar evidencias del MTSKxxi. In: BERCIANO, A.; GUTIÉRREZ, G. Investigación en Educación Matemática XVII Bilbao. Espanha: SEIEM, 2013.

FLORES-MEDRANO, E. et al. El Papel del MTSK como Modelo de Conocimiento del Profesor en las Interrelaciones entre los Espacios de Trabajo Matemático. Bolema, v. 30, n. 54, p. 204-221, jan./abr. 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/j/bolema/a/6SyKkvkDmvg8TgSfDpBRQQk/abstract/?lang=es. Acesso em: 10 nov. 2021.

FLORES-MEDRANO, E. et al. Nuestra modelación del conocimiento especializado del professor de matemáticas. el MTSK. 2014.

GERHARDT, T. E.; SILVEIRA, D. T. Métodos de Pesquisa. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009.

MONTES, M. A.; CONTRERAS, L. C.; CARRILLO, J. Conocimiento del profesor de matemáticas: Enfoques del MKT y del MTSK. In: BERCIANO, A.; GUTIÉRREZ, G. Investigación en Educación Matemática XVII Bilbao. Espanha: SEIEM, 2013.

RIBEIRO, M. Brincar com intencionalidade Matemática. 1. ed. Curitiba: Appris, 2021.

ZABALA, A. A Prática Educativa: Como ensinar. 1. ed. Porto Alegre: Artmed, 1998.

Publicado

30/09/2022

Como Citar

SAGRILO , A. P. B.; ALENCAR, E. S. de; CUNHA, A. C. da. A formação de professores de educação infantil para ensinar matemática em livros didáticos do PNLD 2019. Revista on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, v. 26, n. 00, p. e022123, 2022. DOI: 10.22633/rpge.v26i00.15749. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/rpge/article/view/15749. Acesso em: 4 dez. 2022.