A formação de professores na região norte Araguaia

O PNAIC e suas contribuições para a práxis pedagógica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22633/rpge.v26i00.16456

Palavras-chave:

Formação de Professores, PNAIC, Trabalho docente

Resumo

O texto trata da formação de professores alfabetizadores na Microrregião Norte Araguaia com foco no Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC), recorte de uma produção cientifica cujo desdobramento se deu no Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da Universidade Federal de Goiás (UFG)/Regional Jataí. A pesquisa se desenvolve na perspectiva da Pedagogia Histórico-Crítica. Por meio de entrevista, apostamos na possibilidade de alcançar o objetivo proposto e de mergulhar nas percepções e modos como cada um concebe a realidade. O PNAIC foi considerado pelas professoras como uma boa opção metodológica para cursos de formação continuada e, apesar do aligeiramento da formação, as 187 etapas presenciais foram importantes, uma vez que as instrumentalizaram com sugestões práticas e materiais pedagógicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Veronete Dias Gomes, Universidade Federal de Jataí (UFJ), Jataí – GO – Brasil

Docente da Educação Básica da rede estadual de ensino de Mato Grosso/gestora de formação no Centro de Formação dos Profissionais da Educação (CEFAPRO).

Lúcia Helena Moreira de Medeiros Oliveira, Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Uberlândia – MG – Brasil

Docente FACIP/ Ituiutaba/MG.

Ari Raimann, Universidade Federal de Jataí (UFJ), Jataí – GO – Brasil

Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação.

Referências

BRASIL. Governo Federal. Decreto n. 6094/2007, que dispõe sobre a implementação do Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação, pela União Federal e estados e a participação 189 das famílias e da comunidade. Brasília: FNDE/2007. Disponível em: http://www.planalto.gov.br. Acesso em: abr. 2017.

BRASIL. Governo Federal. Portaria 867 de 04 de julho de 2012. Institui o Pacto Nacional Pela Alfabetização na Idade Certa. Brasília: MEC, 2012.

BRASIL. Governo Federal. Portaria n. 90 de 6 de fevereiro de 2013. Define o valor máximo das bolsas para os profissionais da educação participantes da formação continuada de professores alfabetizadores no âmbito do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior. Brasília: MEC, 2013.

DUARTE, N. O debate contemporâneo das teorias pedagógicas. In. MARTINS, L. M.; DUARTE, N. (org.). Formação de professores: limites contemporâneos e alternativas necessárias [online]. São Paulo: Editora UNESP; p. 191.São Paulo: Cultura Acadêmica, 2010.

GOMES, OLIVEIRA, 2019. O PNAIC: política e concepções de ensino na formação de professores. In: MARIN, V.; RIBEIRO, B. O. L. Formação de professores em tempos neoliberais. 1. ed. Rio de Janeiro: Autografia, 2019. ISBN: 978- 85-518-2490-0.

KOSIK, K. Dialética do Concreto. Tradução Célia Neves e Alderico Toribio. 2. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1976.

RAIMANN, A; SILVA FARIAS, R. Plano Municipal de Educação e o trabalho docente sob tensões. RIAEE–Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 15, n. esp. 1, p. 780-795, maio 2020.

SAVIANI, D. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. 11. Ed. Rev. Campinas, SP: Autores Associados, 2011. (Coleção educação contemporânea).

VASQUEZ, A. S. FilosBofia da Práxis. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1997.

VASQUEZ, A. S. Filosofia da Práxis. 2. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1968.

Publicado

31/03/2022

Como Citar

DIAS GOMES, V.; OLIVEIRA, L. H. M. de M.; RAIMANN, A. A formação de professores na região norte Araguaia: O PNAIC e suas contribuições para a práxis pedagógica. Revista on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, v. 26, n. 00, p. e022006, 2022. DOI: 10.22633/rpge.v26i00.16456. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/rpge/article/view/16456. Acesso em: 29 set. 2022.