Fenomenologia: um caminho para compreensão de processos inclusivos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v15iesp.1.13502

Palavras-chave:

Políticas públicas de educação, Método fenomenológico, Processos inclusivos.

Resumo

Esse artigo apresenta um recorte dos resultados de pesquisa financiada pela FAPESP (Processo Fapesp: no. 2012/50681-1), que compartilhada por um dos autores com os demais desse trabalho, desenvolveram trabalho sobre um estudo de caso com o objetivo de evidenciar possível contribuição do método fenomenológico para a compreensão dos processos inclusivos. Em realidades escolares pode-se evidenciar movimentos inclusivos de pessoas preocupadas e comprometidas com a causa, todavia, não dão conta do processo inclusivo em sua totalidade, por falta de adesão daqueles que compõem a estrutura e a cultura da escola e da própria pessoa que se quer incluir e que não fora consultada. Supõem-se que compreendendo o método fenomenológico, esse seja um possível caminho para a formação do sujeito inclusivo, por possibilitar a compreensão de processos inclusivos, mais especificamente, o ponto de partida: conhecimento gnosiológico, ontológico e psicológico das pessoas envolvidas.

Biografia do Autor

Edileine Vieira Machado, Centro Universitário Cesmac, Maceió – AL

Professora Titular no curso de Psicologia. Professora na PUC Minas, Programa de Doutorado Interinstitucional em Letras.

Fátima Elisabeth Denari, Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR), São Carlos - SP

Professora titular do Departamento de Psicologia.

Referências

ALES BELLO, Angela. A questão do sujeito humano na perspectiva fenomenológica. In: MOREIRA, Lúcia; CARVALHO, Ana M. A. Família, Subjetividade, Vínculos. São Paulo: Paulinas, 2007, p. 59-82.

ALES BELLO, Angela. Edith Stein o dell’ armonia: esistenza, pensiero, fede. Roma: Edizioni Studium, 2009.

ALES BELLO, Angela. Família e Intersubjetividade. In: MOREIRA, Lúcia; CARVALHO, Ana M. A. Família, Subjetividade, Vínculos. São Paulo: Paulinas, 2007, p. 83-105.

ALES BELLO, Angela. A formação da pessoa: reflexões do ponto de vista antropológico. In: BICUDO, Maria Aparecida Viggiani; BELLUZZO, Regina Célia Baptista. (Org). Formação Humana e Educação. Bauru, SP: EDUSC, 2002, p. 21-39.

ALES BELLO, Angela. A fenomenologia do ser humano: traços de uma filosofia no feminino. Trad. de Antonio Angonese. Bauru, SP: EDUSC, 2004.

ALES BELLO, Angela. Edith Stein: la passione per la verità. Padova: Edizioni Messagero di Sant’ Antonio, 2003.

DAMÁZIO, Mirlene Ferreira Macedo. Metodologia do serviço do atendimento educacional especializado em uma perspectiva inclusiva na escola regular. Revista on line de Política e Gestão Educacional, v. 22, n. esp. 2, p. 840-855, dez. 2018. ISSN 1519-9029. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/rpge/article/view/11916. Acesso em: 27 mar. 2020.

GARCIA, Aparecida Turolo. Edith Stein e a formação da pessoa humana. 2. ed. São Paulo: Edições Loyola, 1988.

GIROTO, Claudia Regina Mosca; POKER, Rosimar Bortolini; VITTA, Fabiana Cristina Frigieri. 10 anos da Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva em debate: trajetória, limites e desafios. Revista on line de Política e Gestão Educacional, v. 22, n. esp. 2, p. 711-715, dez. 2018. ISSN 1519-9029. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/rpge/article/view/11968. Acesso em: 27 mar. 2020.

MANTOAN, Maria Teresa Eglér; BAPTISTA, Maria Isabel Sampaio Dias. Inovar para fazer acontecer: como estamos fortalecendo redes de apoio à educação inclusiva. Revista on line de Política e Gestão Educacional, v. 22, n. esp. 2, p. 763-777, dez. 2018. ISSN 1519-9029. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/rpge/article/view/11911. Acesso em: 27 mar. 2020. doi:https://doi.org/10.22633/rpge.unesp.v22.nesp2.dez.2018.11911.

ONOHARA, Ariane Mieko Himeno; SANTOS CRUZ, José Anderson; MARIANO, Maria Luiza. Educação inclusiva: o trabalho pedagógico do professor para com o aluno autista no ensino fundamental I. DOXA: Revista Brasileira de Psicologia e Educação, v. 20, n. 2, p. 289-304, jul./dez. 2018. ISSN 2594-8385. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/doxa/article/view/12020. Acesso em: 27 mar. 2020.

SHAHID, Mobeen; ALFIERI, Francesco. Il percorso intelettuale di Edith Stein. Introduzione di Angela Ales Bello. Bari: Edizioni Giuseppe Laterza di Giuseppe Laterza, 2009.

STEIN, Edith. Il problema dell’ empatia. A cura di Elio Costantini e di Schulze Costantini. Prefazione di Angela Ales Bello. Roma: Edizioni Studium, 2012.

STEIN, Edith. La donna: questioni e riflessioni. A cura di Angela Ales Bello e Marco Paolinelli. Roma: Città Nuova, 2010.

STEIN, Edith. Psicologia e Scienze dello Spirito: contributti per una fondazione filosofica. Presentazione di Angela Ales Bello. Roma: Città Nuova, 1999.

STEIN, Edith. La Estructura de la Persona Humana. Trad. José Mardomingo. In: STEIN, Edith. Obras Completas. v. IV Escritos antropológicos y pedagógicos. Madrid: Editorial Monte Carmelo, 2003.

STEIN, Edith. La struttura della persona umana: corso di antropologia filosófica. A cura di Angela ales Bello. Roma: Città Nuova, 2013.

Publicado

04/03/2020

Como Citar

Machado, E. V., & Denari, F. E. (2020). Fenomenologia: um caminho para compreensão de processos inclusivos. Revista Ibero-Americana De Estudos Em Educação, 15(esp.1), 900–915. https://doi.org/10.21723/riaee.v15iesp.1.13502

Edição

Seção

Seção Temática - Educação especial e inclusão: diálogos sobre pesquisa, políticas e práticas