10 anos da Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva em debate: trajetória, limites e desafios

Claudia Regina Mosca Giroto, Rosimar Bortolini Poker, Fabiana Cristina Frigieri Vitta

Resumo


Após uma década da promulgação da Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva (PNEEPEI), em 2008, e considerando que, nesse  final de 2018, esse documento, a partir da atualização proposta pelo Ministério da Educação (MEC)/Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (SECADI), se encontra disponibilizado para consulta pública sob a denominação “Política Nacional de Educação Especial: Equitativa, Inclusiva e ao Longo da Vida”, o dossiê “10 anos da Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva em debate: trajetória, limites e desafios” objetiva apresentar e problematizar aspectos relacionados à trajetória, limites e desafios engendrados pela PNEEPEI, no que diz respeito aos referenciais históricos e políticos, à constituição de redes de apoio para a efetivação da educação inclusiva no Brasil, à formação de professores na perspectiva da educação inclusiva, ao mapeamento e avaliação das formas de organização e operacionalização de sistemas educacionais inclusivos e às práticas pedagógicas inclusivas constituídas nos diferentes contextos educacionais.


Palavras-chave


Política e educação especial; Educação inclusiva.



DOI: https://doi.org/10.22633/rpge.unesp.v22.nesp2.dez.2018.11968



Rev. on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1519-9029

DOI prefix: 10.22633/rpge

Licença Creative Commons 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.