10 anos da Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva em debate: trajetória, limites e desafios

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22633/rpge.unesp.v22.nesp2.dez.2018.11968

Palavras-chave:

Política e educação especial, Educação inclusiva.

Resumo

Após uma década da promulgação da Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva (PNEEPEI), em 2008, e considerando que, nesse  final de 2018, esse documento, a partir da atualização proposta pelo Ministério da Educação (MEC)/Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (SECADI), se encontra disponibilizado para consulta pública sob a denominação “Política Nacional de Educação Especial: Equitativa, Inclusiva e ao Longo da Vida”, o dossiê “10 anos da Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva em debate: trajetória, limites e desafios” objetiva apresentar e problematizar aspectos relacionados à trajetória, limites e desafios engendrados pela PNEEPEI, no que diz respeito aos referenciais históricos e políticos, à constituição de redes de apoio para a efetivação da educação inclusiva no Brasil, à formação de professores na perspectiva da educação inclusiva, ao mapeamento e avaliação das formas de organização e operacionalização de sistemas educacionais inclusivos e às práticas pedagógicas inclusivas constituídas nos diferentes contextos educacionais.

Biografia do Autor

Claudia Regina Mosca Giroto, Universidade Estadual Paulista, Marília

Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar, Faculdade de Ciências e Letras (FCLAr), UNESP, Campus de Araraquara/SP; do Departamento de Educação Especial e do Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC), UNESP, Campus de Marília/SP. Possui formação em fonoaudiologia, mestrado e doutorado em Educação, FFC/UNESP/Marília/SP.

Rosimar Bortolini Poker, Universidade Estadual Paulista, Marília

Docente do Departamento de Educação Especial, da Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC), UNESP, Campus de Marília/SP. Possui formação em pedagogia, mestrado e doutorado em Educação, FFC/UNESP/ Marília/SP.

Fabiana Cristina Frigieri Vitta, Universidade Estadual Paulista, Marília

Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar, Faculdade de Ciências e Letras (FCLAr), UNESP, Campus de Araraquara/SP e do Departamento de Educação Especial, da Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC), UNESP, Campus de Marília/SP. Possui formação em terapia ocupacional, mestrado e doutorado em Educação Especial, Universidade Federal de São Carlos (UFSCar/SP).

Publicado

01/12/2018

Como Citar

Giroto, C. R. M., Poker, R. B., & Vitta, F. C. F. (2018). 10 anos da Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva em debate: trajetória, limites e desafios. Revista on Line De Política E Gestão Educacional, 22(2), 711–715. https://doi.org/10.22633/rpge.unesp.v22.nesp2.dez.2018.11968

Edição

Seção

Apresentação/Prefácio