Inovar para fazer acontecer: como estamos fortalecendo redes de apoio à educação inclusiva

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22633/rpge.unesp.v22.nesp2.dez.2018.11911

Palavras-chave:

Formação de professores, Inclusão escolar, Ensino autônomo.

Resumo

Diante dos desafios da implementação da Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva (PNEEPEI/MEC, 2018) propusemos e estamos desenvolvendo nestes 10 anos propostas inovadoras de formação de professores do ensino regular e especial. O caráter aberto e autônomo das iniciativas a serem apresentadas neste artigo traz inovações que condizem com o intuito da PNEEPEI no que diz respeito à autonomia do aprendiz/professor. Tais iniciativas têm demonstrado resultados animadores e consistentes, quando se trata de atingir um grande número de profissionais e interessados no assunto e podem ser uma alternativa para atender às necessidades de levar os conceitos e práticas que sustentam o ensino inclusivo aos mais distantes pontos deste país.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Teresa Eglér Mantoan, Universidade Estadual de Campinas – (UNICAMP), Faculdade de Educação

Pedagoga, mestre e doutora em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas, Professora colaboradora da Universidade Estadual de Campinas. Dedica-se, nas áreas de pesquisa, docência e extensão, ao direito incondicional de todos os alunos à educação escolar de nível básico e superior de ensino. Oficial da Ordem Nacional do Mérito Educacional - reconhecimento a contribuição à Educação brasileira. 

Maria Isabel Sampaio Dias Baptista, Universidade Estadual de Campinas – (UNICAMP), Faculdade de Educação

Pedagoga formada pela Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas/UNICAMP - Administração Escolar (1989) e Educação Especial (1990). Mestre e doutora em Educação na área de Ensino e Práticas Culturais, Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas. Como pesquisadora, está vinculada ao Laboratório de Estudos e Pesquisas em Ensino e Diferenças - LEPED (desde 2006). Pertence, ainda, ao grupo Todos Nós em Rede (TNR); uma rede inédita para a formação continuada de professores em educação inclusiva https://tnr.nied.unicamp.br/. Tem experiência profissional nas áreas de Educação com ênfase em Educação inclusiva (direito de todos alunos à educação), Educação Infantil e Alfabetização. No campo da pesquisa estuda Filosofia da Diferença; Educação Inclusiva; Atendimento Educacional Especializado (AEE) e Acessibilidade.

Referências

BAPTISTA, M. I. S. D. Danças no TNR: movimentos de professores em formação continuada. 236f. Tese Doutorado (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2018.

BARANAUSKAS, M. C. B.; MANTOAN, M. T. E. Redes Sociais e Autonomia Profissional: novos rumos para formação continuada a distância de professores de AEE. PROESP/CAPES, 2009.

BRASIL, Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial. Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Brasília: MEC/SEESP, 2008.

CAVALCANTE, B. M. A importância de uma rede social para o aperfeiçoamento continuado dos profissionais do atendimento educacional especializado. 179f. Dissertação (Mestradoem Educação), Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas, 2010.

COUTO, M. Cronicando. 7 ed. Editorial Lisboa, 1991.

MANTOAN, M.T.E. (Org.). As escolas e suas transformações, a partir da educação especial, na perspectiva da educação inclusiva. Campinas, SP: Librum, 2014.

MANTOAN, M. T. E.; BARANAUSKAS, M. C. B. Relatório final PROESP/CAPES, 2014. Disponível em: http://erytheia.nied.unicamp.br:8081/interhad/publicacoes/reports/relatorio-final-projeto-proespcapes.pdf. Acesso em: 20 set. 2018.

NASCIMENTO, D. R. B. O discurso de todos nós: um estudo sobre a rede social de formação continuada de professores todos nós em rede. 196f. Dissertação (Mestrado em Educação), Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2017.

PEREIRA, R. Rede de Autoridades e Apoio às Interações Sociais na Web: uma Abordagem Culturalmente Informada. Tese (Doutorado em Computação), Instituto de Computação Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2012.

ROCHA, H.; BARANAUSKAS, C. Design e avaliação de interfaces humano-computador. Campinas, SP: NIED/UNICAMP, 2003.

Downloads

Publicado

01/12/2018

Como Citar

MANTOAN, M. T. E.; BAPTISTA, M. I. S. D. Inovar para fazer acontecer: como estamos fortalecendo redes de apoio à educação inclusiva. Revista on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, v. 22, n. 2, p. 763–777, 2018. DOI: 10.22633/rpge.unesp.v22.nesp2.dez.2018.11911. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/rpge/article/view/11911. Acesso em: 5 ago. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.