Estudo comparativo sobre o uso de mídia social em escolas

Autores

  • Elias Estevão Goulart USCS - Universidade Municipal de São Caetano do Sul. São Caetano do Sul - SP/ Centro Universitário Fundação Santo André. Santo André - SP http://orcid.org/0000-0002-0687-6228
  • Päivi Aarreniemi-Jokipelto HAAGA-HELIA - University of Applied Sciences. Helsinki Area – Finlândia

DOI:

https://doi.org/10.21723/RIAEE.v11.n2.p575

Palavras-chave:

Mídia social. Facebook. Presença social. Ação pedagógica.

Resumo

A presença do Facebook, um canal de comunicação quase universal, está indubitavelmente transformando as escolas. Um acompanhamento de 12 escolas finlandesas e brasileiras foi realizado para entender como o Facebook tem sido empregado. A teoria da presença social foi selecionada como referencial teórico das análises. A similaridade mais importante encontrada foi a presença coesiva em ambas as comunidades. A despeito dos dados serem oriundos dos perfis públicos das instituições, certamente outros usos específicos da mídia social pelas escolas podem ser explorados.

Biografia do Autor

Elias Estevão Goulart, USCS - Universidade Municipal de São Caetano do Sul. São Caetano do Sul - SP/ Centro Universitário Fundação Santo André. Santo André - SP

Programa de Mestrado em Comunicação.

Programa de Mestrado Profissional em Educação.

Downloads

Publicado

06/07/2016

Como Citar

GOULART, E. E.; AARRENIEMI-JOKIPELTO, P. Estudo comparativo sobre o uso de mídia social em escolas. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 11, n. 2, p. 575–588, 2016. DOI: 10.21723/RIAEE.v11.n2.p575. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/8378. Acesso em: 7 mar. 2021.

Edição

Seção

Artigos