Estudo comparativo sobre o uso de mídia social em escolas

Autores

  • Elias Estevão Goulart USCS - Universidade Municipal de São Caetano do Sul. São Caetano do Sul - SP/ Centro Universitário Fundação Santo André. Santo André - SP https://orcid.org/0000-0002-0687-6228
  • Päivi Aarreniemi-Jokipelto HAAGA-HELIA - University of Applied Sciences. Helsinki Area – Finlândia

DOI:

https://doi.org/10.21723/RIAEE.v11.n2.p575

Palavras-chave:

Mídia social. Facebook. Presença social. Ação pedagógica.

Resumo

A presença do Facebook, um canal de comunicação quase universal, está indubitavelmente transformando as escolas. Um acompanhamento de 12 escolas finlandesas e brasileiras foi realizado para entender como o Facebook tem sido empregado. A teoria da presença social foi selecionada como referencial teórico das análises. A similaridade mais importante encontrada foi a presença coesiva em ambas as comunidades. A despeito dos dados serem oriundos dos perfis públicos das instituições, certamente outros usos específicos da mídia social pelas escolas podem ser explorados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elias Estevão Goulart, USCS - Universidade Municipal de São Caetano do Sul. São Caetano do Sul - SP/ Centro Universitário Fundação Santo André. Santo André - SP

Programa de Mestrado em Comunicação.

Programa de Mestrado Profissional em Educação.

Downloads

Publicado

06/07/2016

Como Citar

GOULART, E. E.; AARRENIEMI-JOKIPELTO, P. Estudo comparativo sobre o uso de mídia social em escolas. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 11, n. 2, p. 575–588, 2016. DOI: 10.21723/RIAEE.v11.n2.p575. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/8378. Acesso em: 14 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos