Processos avaliativos na educação superior: os planos de ensino em análise

Taíze dos Santos Batistti, Valdete Moser Preto, Marcia Regina Selpa Heinzle

Resumo


Analisar os processos avaliativos presentes no plano de ensino de um Curso de Licenciatura em Artes Visuais foi o objetivo geral deste estudo. Para esse fim, realizou-se a recolha de dados por meio da leitura dos planos de ensino de um curso de uma Instituição de Ensino Superior, situada no município de Blumenau, Santa Catarina. Optou-se pela análise documental com base em André e Ludke. Com relação à análise dos dados, dialogamos com o aporte teórico dos seguintes autores: Barbosa, Hernandez, Luckesi, Hoffmann e Zabala. Dentre o principal resultado encontrado, identificamos um número diversificado de instrumentos, que estão em conformidade com os conteúdos procedimentais. Entre os critérios predomina a avaliação de conteúdos procedimentais e atitudinais. Nos objetivos específicos, a ênfase está nos conteúdos conceituais. Os processos avaliativos contidos nos planos de ensino do curso de Artes Visuais permitiram-nos refletir sobre a autonomia dos professores e a avaliação na Educação Superior, que revela aproximações com a perspectiva de avaliação mediadora e a sua função formativa. Compreendemos ainda que os diversos instrumentos avaliativos enfatizam em sua maioria uma relação com as práticas artísticas desenvolvidas no processo de ensino aprendizagem.


Palavras-chave


Processos Avaliativos. Planos de ensino. Artes Visuais. Educação superior.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRÉ, Marli; LUDKE, Menga. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: E.P.U., 2012.

BARBOSA, Ana Mae. Tópicos utópicos. Belo Horizonte. Ed. C/Arte, 1998.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. 4.ed. Lisboa: Edições 70, 2011.

BRASIL. Ministério da Educação, Conselho Nacional de Educação. Resolução CNE/CP 1, de 16 de janeiro de 2009. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Artes Visuais. Brasília, 2009.

GIL, Antônio Carlos. Metodologia do ensino superior. 3 ed. São Paulo: Atlas, 1997.

HERNANDEZ, Fernando. Transgressão e mudança na educação: os projetos de trabalho. Porto Alegre: Artes Médica, 1998.

HERNANDEZ, Fernando. Cultura visual, mudança educativa e projeto de trabalho. Porto Alegre: Ed Artmed, 2000.

HERNANDEZ, Fernando. A Formação do professor e o ensino das artes visuais. Santa Maria: Ed, UFSM, 2005.

HOFFMANN, Jussara. Avaliar para promover: as setas do caminho. 7ª ed. Porto Alegre: Mediação, 2005.

LUCKESI, Cipriano. Avaliação da aprendizagem escolar. 4. ed. São Paulo: Cortez, 1995.

UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU. Projeto pedagógico do curso de artes visuais, 2015.

VASCONCELLOS, Celso dos S. Planejamento projeto de ensino-aprendizagem e projeto político-pedagógico. Ladermos Libertad-1. 7º ed. São Paulo, 2000.

ZABALA, Antoni. A prática educativa: como ensinar. Porto Alegre: ARTMED, 1998.




DOI: https://doi.org/10.21723/riaee.v12.n.3.2017.8577



Direitos autorais 2017 Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação

 

Rev. Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1982-5587

DOI Prefix: 10.21723/riaee

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.