Orientação Profissional na interface entre Psicologia e Educação: uma revisão de literatura

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30715/doxa.v22i1.13214

Palavras-chave:

Orientação Profissional, Educação, Psicologia escolar e educacional.

Resumo

Este artigo expõe resultados de uma pesquisa sobre a prática de Orientação Profissional (OP) na interface entre Psicologia e Educação. Realizou-se uma revisão bibliográfica a partir do acesso às plataformas Scientific Electronic Library Online (SciELO) e Biblioteca Virtual em Saúde – Psicologia (BVS – Psi). A partir do emprego do descritor Orientação Vocacional, constatou-se um total de 83 artigos, dos quais nove foram selecionados após a aplicação de critérios de inclusão e de exclusão. Priorizaram-se relatos de OPs praticadas na interface entre psicologia e educação. A OP mostrou-se potente para apoiar estudantes em processo de escolha profissional. Além disso, despontou como dispositivo estratégico para aproximar psicologia e educação de modo ético e político.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ladislau Ribeiro Nascimento, Universidade Federal do Tocantins (UFT).

Doutor em Psicologia Social pela Universidade de São Paulo (USP). Professor do Programa de Pós-Graduação em Ensino e Ciência e do Curso de Psicologia da Universidade Federal do Tocantins (UFT).

Referências

ABADE, F. L. Orientação profissional no Brasil: uma revisão histórica da produção científica. Revista Brasileira de Orientação Profissional, v. 6, n. 1, p. 15-24, 2005. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-33902005000100003. Acesso em: 02 jul. 2019.

AGUIAR, K. F; ROCHA, M. L. Micropolítica e o exercício da pesquisa-intervenção: referenciais e dispositivos em análise. Psicologia ciência e profissão, v. 27, n. 4, p. 648-663, 2007. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-98932007000400007&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 12 jul. 2019.

BARBOSA, A. J. G; LAMAS, K. C. A. A orientação profissional como atividade transversal ao currículo escolar. Estudos de Psicologia, v. 17, n. 3, p. 461-468, 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2012000300015&lng=en&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em: 04 abr. 2019.

BECKER, A. P. S; BOBATO, S. T; SCHULZ, M. L. C. Meu lugar no mundo: Relato de experiência com jovens em orientação profissional. Revista Brasileira de Orientação Profissional, v. 13, n. 2, p. 253-263, 2012. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-33902012000200012&lng=pt&tlng=pt. Acesso em: 19 maio 2019.

BOCK, A. M.; AGUIAR, W. M. Por uma prática promotora de saúde em Orientação Vocacional. In: BOCK, A. M. et al., (Org.). A escolha profissional em questão. São Paulo: Casa do Psicólogo, 1995. p. 9-24.

BOCK, A. M. B. A adolescência como construção social: estudo sobre livros destinados a pais e educadores. Psicologia Escolar e Educacional, v. 11, n. 1, p. 63-76, 2007. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-85572007000100007. Acesso em: 12 jul. 2019.

BOCK, S. D. Orientação profissional: a abordagem sócio-histórica. São Paulo: Cortez, 2002.

BOHOSLAVSKY, R. Orientação vocacional: a estratégia clínica. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

BRASIL. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 dez. 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 27 jun. 2019.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular: Ensino Médio. Brasília: MEC/Secretaria de Educação Básica, 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/abase/. Acesso em: 05 jul. 2019.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria n. 971, de 09 de outubro de 2009. Institui o Programa Ensino Médio Inovador. Brasília, DF, 2009. Disponível em: http://educacaointegral.mec.gov.br/images/pdf/port_971_09102009.pdf. Acesso em: 02 ago. 2019.

CASTRO, A. C; BICALHO, P. P. G. Juventude, território, Psicologia e política: intervenções e práticas possíveis. Psicologia Ciência e Profissão, v. 33, n. esp., p. 112-123, 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-98932013000500012&lng=en&tlng=pt. Acesso em: 07 jul. 2019.

DELEUZE, G. Conversações. São Paulo, SP: 34, 1992.

HOLLAND, J. L. Making vocational choices: a theory of vocational personalities and work environments. 3. ed. Odessa: Psychological Assessment Resources, 1997.

LAMAS, K. C. A; PEREIRA, S. M; BARBOSA, A. J. G. Orientação Profissional na escola: Uma pesquisa com intervenção. Revista Psicologia em Pesquisa, v. 2, n. 1, 2008. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/psipesq/v2n1/v2n1a08.pdf. Acesso em: 04 jul. 2019.

LASSANCE, M. C. Reflexões em defesa da teoria na prática da OP. Revista da ABOP, v. 3, n. 1, p. 69-76, 1999. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-88891999000100006&lng=pt&tlng=pt. Acesso em: 06 set. 2019.

LUNA, S. V. Planejamento de pesquisa: uma introdução. São Paulo: EDUC, 1998.

MACHADO, A. M; ALMEIDA, I. E; SARAIVA, L. F. O. Rupturas necessárias para uma prática inclusiva. In: ANACHE, A. A.; SILVA, I. R. (Orgs.). Educação inclusiva. Brasília, SP: Conselho Federal de Psicologia, 2009. p. 21-35.

MARCONI, M. D. A; LAKATOS, E. M. Metodologia científica. São Paulo: Atlas, 2004. Volume 4.

NASCIMENTO, L. R; MACHADO, I. N. S. Orientação profissional no ensino público: relato de uma experiência. Humanidades & Inovação, v. 6, n. 18, p. 283-290, 2019. Disponível em: https://revista.unitins.br/index.php/humanidadeseinovacao/article/view/1806. Acesso em: 05 set. 2019.

NEIVA, K. M. C. Escala de maturidade para a escolha profissional (EMEP). São Paulo: Vetor, 1999.

OZELLA, S; AGUIAR, W. M. J. Desmistificando a concepção de adolescência. Cadernos de pesquisa, v. 38, n. 133, p. 97-125, 2008. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cp/v38n133/a05v38n133. Acesso em: 05 set. 2019.

RIBEIRO, M. A. Demandas em orientação profissional: um estudo exploratório em escolas públicas. Revista Brasileira de Orientação Profissional, v. 4, n. 1-2, p. 141-151, 2003. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-33902003000100012. Acesso em: 05 ago. 2019.

SANTOS, A. S. et al. Oficinas de sensibilização às questões profissionais realizadas com estudantes do ensino médio de escola pública. Psicologia Revista, v. 25, n. 1, p. 151-172, 2016. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/psicorevista/article/view/29615. Acesso em: 05 set. 2019.

SELIG, G. A; VALORE, L. A. Orientabilidade ao longo de um processo grupal com adolescentes: relato de uma experiência. Revista Brasileira de Orientação Profissional, v. 9, n. 2, p. 127-140, 2008. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-33902008000200011&lng=pt&tlng=pt. Acesso em: 29 maio 2019.

SILVA, M; FARIA, R DE; FOCHESATO, I. A. A orientação profissional (OP) como elo entre a universidade e a escola. Psicologia Argumento, v. 30, n. 68, 2012. Disponível em: https://periodicos.pucpr.br/index.php/psicologiaargumento/article/view/19757. Acesso em: 05 jul. 2019.

SOUZA, L. G. S, et al. Oficina de orientação profissional em uma escola pública: Uma abordagem psicossocial. Psicologia Ciência e Profissão, v. 29, n. 2, p. 416-427, 2009. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-98932009000200016&lng=pt&tlng=pt. Acesso em: 29 jul. 2019.

SUPER, D. E. Vocational development in adolescence and early adulthood: Tasks and behaviors. In: SUPER, D. E.; STARISHEVSKY, R.; MATLIN, N.; JORDAAN, J. P. (Eds.). Career development: Self-concept theory: Essays in vocational development. New York: Teachers College, Columbia University, 1963. p. 79-93.

SUPER, D. E. A life-span, life-space approach to career development. Journal of Vocational Behavior, v. 16, n. 3, p. 282-298, 1980.

VON HOHENDORFF, J; PRATI, L. E. Re-escolha profissional: relato de experiência de orientação profissional com estudantes do Ensino Normal. Contextos Clínicos, v. 3, n. 1, p. 51-61, 2010. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-34822010000100006&lng=pt&tlng=pt. Acesso em: 20 maio 2019.

Publicado

01/06/2020

Como Citar

NASCIMENTO, L. R. Orientação Profissional na interface entre Psicologia e Educação: uma revisão de literatura. DOXA: Revista Brasileira de Psicologia e Educação, Araraquara, v. 22, n. 1, p. 5–20, 2020. DOI: 10.30715/doxa.v22i1.13214. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/doxa/article/view/13214. Acesso em: 5 fev. 2023.