A percepção de coordenadores, professores e alunos sobre a formação inicial de professores de educação física em desenvolvimento integral da criança

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v16iEsp.1.13813

Palavras-chave:

Formação inicial de professores, Educação física, Desenvolvimento integral da criança, Perspectivas de atores

Resumo

A percepção de coordenadores, professores e alunos sobre a formação inicial de professores de educação física em desenvolvimento integral da criança, caracteriza-se como um estudo que buscou verificar as perspectivas destes atores sobre se a formação inicial proporciona a abordagem da educação física numa lógica de desenvolvimento integral da criança, nos cursos de formação inicial de professores de educação física de duas Universidades públicas do Estado do Ceará. Este estudo foi desenvolvido através de uma metodologia de investigação qualitativa, descritiva, interpretativa, concretizada pela coleta de dados realizada através de entrevista semiestruturada. Como resultado, verificamos que nas percepções da maioria dos participantes do estudo os dois cursos de formação inicial de professores de educação física abordam conhecimentos que formam e preparam para o trabalho com o desenvolvimento integral da criança. Contudo, alguns atores apontam as formações complementares e continuadas como elementos imprescindíveis para esse aperfeiçoamento profissional em desenvolvimento integral da criança.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Patrícia Cavalcante de Queiroz, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), Vila Real

Doutoranda em Ciências da Educação.

Carlos Alberto Ferreira, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), Vila Real

Professor Auxiliar, Diretor da Licenciatura em Educação Básica e Vogal da Direção do Doutoramento em Ciências da Educação. Doutorado em Educação: especialidade em Desenvolvimento Curricular (UTDA).

Heraldo Simões Ferreira, Universidade Estadual do Ceará (UECE), Fortaleza – CE

Professor no Programa de Pós-Graduação em Educação. Doutorado em Saúde Coletiva (UECE).

Referências

ARCÓN, V. A. B.; SÁNCHEZ, A. R. R. Salud mental como efecto del desarrollo psicoafectivo en la infância. Psicogente, v. 21, n. 39, p. 183-202, jan./jun. 2018. ISSN 0124-0137. DOI: http://doi.org/10.17081/psico.21.39.2830

BAGNARA, I. C.; FENSTERSEIFER, P. E. Relação entre formação inicial e ação docente: o desafio político da educação física escolar no centro do debate. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, v. 41, n. 3, p. 277-283, jul./set. 2019a. Disponível em: http://www.rbceonline.org.br/en-estadisticas-S0101328918300751. Acesso em: 11 jun. 2020.

BAGNARA, I. C.; FENSTERSEIFER, P. E. Responsabilidade da educação física escolar: concepções dos professores que atuam na formação inicial. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, jan. 2019b. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0101328918303196. Acesso em: 11 jun. 2020.

BAHIA, C. S. Formação continuada em exercício de professores de educação física escolar: contribuições para a prática-pedagógica. 2016. 194 f. Tese (Doutorado em Educação Física) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Brasil, 2016. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/174907. Acesso em: 11 jun. 2020.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Trad. Reto, L. A. e Pinheiro, A. São Paulo: Edições 70, 2016. (Obra original publicada 1977)

CORDERO, K. S. et al. Teste costa-riquenho: avaliação do desenvolvimento integral da menina e do menino de 0 meses a 6 anos (EDIN II). Revista Enfermería Actual, n. 37, jul./dez. 2019. Disponível em: https://revistas.ucr.ac.cr/index.php/enfermeria/article/view/34959/39163. Acesso em: 11 jun. 2020.

CRUZ, G. B. Ensino de didática e aprendizagem da docência na formação inicial de professores. Cadernos de Pesquisa, v. 47, n. 166, p. 1166-1195, 2017. DOI: https://dx.doi.org/10.1590/198053144323

CUNHA, A. C. Ser professor: bases de uma sistematização teórica. Chapecó: Argos, 2015.

FERREIRA, C. A. Os (des)arranjos curriculares na formação inicial portuguesa de educadores de infância e de professores dos 1º e 2º ciclos do ensino básico. E-Curriculum, v. 15, n. 2, p. 253-273, abr./jun. 2017. DOI: 10.23925/1809-3876.2017v15i2p253-273

FRANCO, P. L. J.; LONGAREZI, A. M.; MARCO, F. F. A unidade teórico-prática da intervenção didático-formativa no contexto da docência. Ciência & Educação, Bauru, v. 25, n. 3, p. 705-723, out. 2019. DOI: https://dx.doi.org/10.1590/1516-731320190030002

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. A. Metodologia científica. 8. ed. São Paulo: Atlas, 2017.

LUZ, C. M. N. et al. The evaluation of motor competence in typically developing children: an integrative review. Journal of Physical Education, v. 28, n. 2857, 2017. Disponível em: http://www.scielo.br/readcube/epdf.php?doi=10.4025/jphyseduc.v28i1.2857&pid=S2448-24552017000100205&pdf_path=jpe/v28/2448-2455-jpe-28-e2857.pdf&lang=en. Acesso em: 11 jun. 2020.

MACIEL, F. A. S.; QUEIROZ, A. P. C. Direitos e conquistas na prática docente: a formação de professores universitários no Brasil. Série Educar Formação e Prática Docente. Belo Horizonte, MG: Poisson, 2020. v. 18, p. 100.

MENDES, D. S. O estágio na licenciatura em educação física em perspectiva semiótica: (re)ver-se e (re)criar-se em imagens. 2016. 256 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade de São Paulo, Presidente Prudente, 2016. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/handle/11449/141476. Acesso em: 11 jun. 2020.

OLIVEIRA, A. C. et al. Habilidades auditivas, de linguagem, motoras e sociais no desenvolvimento infantil: uma proposta de triagem. Revista CEFAC, v. 20, n. 2, mar./abr. 2018. DOI: 10.1590/1982-0216201820216617

PESSOA, C. T. et al. Concepções de educadores infantis sobre aprendizagem e desenvolvimento: análise pela psicologia histórico-cultural. Psicologia Escolar e Educacional, v. 21, n. 2, 2017. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/2175-3539/2017/02121093

PINHO, M. J.; PEIXOTO, E. R. B. A educação integral diante do novo paradigma: perspectivas e desafios. Educação e linguagens, v. 6, n. 10, jan./jun. 2017. Disponível em: http://www.fecilcam.br/revista/index.php/educacaoelinguagens/article/viewFile/1293/990. Acesso em: 11 jun. 2020.

PONTES, J. A. F. (Org.). Conhecimentos do professor de educação física escolar. Fortaleza: EdUECE, 2017.

QUEIROZ, A. P. C. A Formação inicial de professores de educação física em desenvolvimento integral da criança: um olhar sobre as orientações curriculares formais. Revista de Estudos Curriculares, v. 10, p. 1, 2019. Disponível em: https://www.nonio.uminho.pt/rec/index.php/rec/issue/view/9/showToc. Acesso em: 11 jun. 2020.

QUEIROZ, A. P. C.; FERREIRA, C. A. A. S. A formação inicial de professores de educação física em desenvolvimento integral da criança: a perspectiva da legislação brasileira. In: CONGRESSO DE CIÊNCIAS DO DESPORTO E DE EDUCAÇÃO FÍSICA DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA, 17., 2018, Fortaleza. Anais [...]. Fortaleza, CE: Universidade Estadual do Ceará, 2018.

QUEIROZ, A. P. C.; FERREIRA, C. A. S. A formação de professores de educação física em desenvolvimento da criança em duas universidades do Estado do Ceará. In: CATUNDA, R.; SANTOS, A. L.; AGUIAR, I. B.; FRANCHI, K. M.; PONTES JR., J. A. (Org.). Atividade física e promoção de saúde na escola: coletânea de estudos. Fortaleza: EdUECE, 2017. v. 1, p. 94-109.

ROCHA, J. C. S.; NASCIMENTO, J. V. (Re)investimento na integralidade da formação do licenciado em educação física. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, v. 39, n. 1, p. 56-62, jan./mar. 2017. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0101328915001390?via%3Dihub. Acesso em: 11 jun. 2020.

SANTOS, J. V.; PRETTE, Z. A. P. D.; PRETTE, A. D. Habilidades sociais educativas: revisão sistemática da produção brasileira. Avances en Psicología Latinoamericana, v. 36, n. 1, p. 45-63, 2018. Disponível em: http://www.scielo.org.co/pdf/apl/v36n1/1794-4724-apl-36-01-00045.pdf. Acesso em: 11 jun. 2020.

SILVA, O. B. S.; CRUZ, F. C. P. Saberes docente e formação profissional: riscos da proletarização do trabalho docente. Iniciação & formação docente, v. 4, 2017. ISSN: 2359-1064.

TRIANI, F. S.; MAGALHÃES, C. A. O.; NOVIKOFF, C. As representações sociais de estudantes de educação física sobre a formação de professores. Movimento, v. 23, n. 2, p. 575-586, abr./jun. 2017. Disponível em: http://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/68898/42071. Acesso em: 11 jun. 2020.

ZANELLA, L. W.; SOUZA, M. S.; VALENTINI, N. C. Variables that may explain motor performance changes in children with development coordination disorder and typical development. Journal of Physical Education, v. 29, maio 2018. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2448-24552018000100104&lang=pt. doi: 10.4025/jphyseduc.v29i1.2905. Acesso em: 11 jun. 2020.

Publicado

01/03/2021

Como Citar

QUEIROZ, A. P. C. de; FERREIRA, C. A.; FERREIRA, H. S. A percepção de coordenadores, professores e alunos sobre a formação inicial de professores de educação física em desenvolvimento integral da criança. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 16, n. esp.1, p. 1014–1028, 2021. DOI: 10.21723/riaee.v16iEsp.1.13813. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/13813. Acesso em: 11 maio. 2021.