Levantamento das produções sobre as contribuições do uso das tecnologias de informação e comunicação nas práticas pedagógicas da educação de jovens e adultos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v17i3.15915

Palavras-chave:

Educação de Jovens e Adultos, Prática pedagógica, Tecnologias digitais da informação e comunicação

Resumo

O presente artigo tem como objetivo levantar as produções acadêmicas produzidas sobre as práticas pedagógicas realizadas na Educação de Jovens e Adultos (EJA), a partir do uso das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDICs). Para tanto se utilizou a pesquisa qualitativa, pois esta preocupa-se com a realidade social do ser humano, se dedica a investigar significados, motivos, valores e atitudes. Para a busca e seleção dos estudos teve-se como aporte a Biblioteca Digital de Teses e Dissertações (BDTD), do repositório do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), o Catálogo de Teses e Dissertações da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e, por fim, a plataforma da Universidade do Planalto Catarinense (UNIPLAC). Contemplaram-se as produções realizadas entre os anos de 2010 até 2020. Em um primeiro levantamento, encontrou-se 4.082 trabalhos, mas, a partir dos refinamentos realizados nos descritores: “Educação de Jovens e Adultos” AND “TDICs”, restaram apenas 06 dissertações. Destaca-se o baixo número de pesquisas relacionadas a essa temática e, sobretudo, a necessidade de produzir investigações acerca dessa modalidade de ensino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Grasielle Batista Branco, Universidade do Planalto Catarinense (UNIPLAC), Lages – SC – Brasil

Professora Mestranda do Programa de Pós-graduação em Mestrado da Educação.

Marialva Moog Pinto , Universidade do Planalto Catarinense (UNIPLAC), Lages – SC – Brasil

Docente do Programa de Pós-graduação em Educação. Doutorado em Educação (UNISINOS).

Referências

BRASIL. Constituição a República Federativa do Brasil de 1988. Brasília, DF: Presidência da República, 1988. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em: 15 abr. 2021.

BRASIL. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, DF: Presidência da República, 1996. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 14 abr. 2021.

CASTRO, W. D. Políticas de inclusão digital: Desdobramentos na educação básica e na formação de professores. 2017. Dissertação (Mestrado) – Universidade do Estado da Bahia, 2017.

CRUZ, K. N. Os reflexos na vida de estudantes jovens, adultos e idosos a partir de uma prática de inclusão digital coletiva. 2017. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de Brasília, Brasília, 2017. Disponível em: https://repositorio.unb.br/handle/10482/31691. Acesso em: 30 abr. 2021.

FIGUEIREDO, V. A evasão escolar na EJA: Educação de jovens e adultos, sob o olhar foucaultiano. 2017. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade do Planalto Catarinense, Lages, Santa Catarina, 2017. Disponível em: https://data.uniplaclages.edu.br/mestrado_educacao/dissertacoes/199182addcc9fa6d03547a9f51d26885.pdf. Acesso em: 10 maio 2021.

FLICK, U. Parte II: planejamento e concepção. In: FLICK, U. Introdução à Metodologia de Pesquisa: Um guia para iniciantes. Tradução: Magana Lopes. Porto Alegre: Penso, 2013.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 17. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

FREIRE, P. Essa escola Chamada Vida, depoimentos ao repórter Ricardo Kotscho. 7. ed. São Paulo: Ática, 1991.

FREIRE, P. Pedagogia da Esperança. São Paulo: Paz e Terra, 1997.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: Saberes necessários à prática educativa. 13. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1996/2000.

FREIRE, P. Educação como prática de liberdade. 26. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2002.

GADOTTI, M. Por uma política nacional de educação de jovens e adultos. São Paulo: Moderna: Fundação Santillana, 2014.

GIROUX, H. Professores como Intelectuais Transformadores. In: GIROUX, H. A. Os professores como intelectuais: Rumo a uma pedagogia crítica da aprendizagem. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.

JOAQUIM, B. S. As TDICs Na Educação de Jovens e Adultos: Estudo de Caso da Formação Continuada em Serviço de Professores da EJA para o Uso Educacional das Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de São Paulo, Guarulhos, São Paulo, 2016. Disponível em: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46698. Acesso em: 04 maio 2021.

MARQUES, D. T. Formação de educadores: Uma perspectiva de educação de idosos em programas de EJA. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 36, n. 2, p. 475-490, ago. 2010. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ep/a/89tV66dfsnkKzSvxbXcncTH/abstract/?lang=pt. Acesso em: 16 jun. 2021.

MÉSZAROS, I. A Educação para além do capital. São Paulo: Boitempo, 2005.

MOTA, K. L. A. Estudo sobre o uso das atuais tecnologias pelos sujeitos da EJA no trabalho e na formação escolar. 2018. Dissertação (Mestrado em Educação Tecnológica e Sociedade) – Faculdade de Educação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2018. Disponível em: http://hdl.handle.net/1843/BUOS-B2XN3T. Acesso em: 30 abr. 2021.

PALFREY, J.; GASSER, U. Nascidos na era digita: Entendendo a primeira geração de nativos digitais. Tradução Magda França Lopes. Porto Alegre: Grupo A, 2011.

PASSERINI, G. A. O estágio supervisionado na formação inicial de professores de matemática na ótica de estudantes do curso de licenciatura em matemática da UEL. 2007. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Educação Matemática) – Universidade Estadual de Londrina, Londrina, Paraná, 2007. Disponível em: https://pos.uel.br/pecem/wp-content/uploads/2021/08/PASSERINI-Gislaine-Alexandre.pdf. Acesso em: 18 maio 2021.

RICHARDSON, R. J. Como fazer pesquisa-ação? In: RICHARDSON, R. J. Pesquisa Social: Métodos e Técnicas. Editora Atlas. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

TEIXEIRA, P. F. S. L. Abrindo gaiolas: Estudo de uma experiência invisibilidade da EJA. 2017. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2017. Disponível em: https://repositorio.ufmg.br/handle/1843/BUOS-ARKGMC. Acesso em: 22 abr. 2021.

Publicado

01/07/2022

Como Citar

BRANCO, G. B.; PINTO , M. M. Levantamento das produções sobre as contribuições do uso das tecnologias de informação e comunicação nas práticas pedagógicas da educação de jovens e adultos. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 17, n. 3, p. 1417–1433, 2022. DOI: 10.21723/riaee.v17i3.15915. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/15915. Acesso em: 4 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos