Possibilidades e desafios das avaliações em larga escala da educação básica na gestão escolar

Valdecir Soligo

Resumo


As avaliações em larga escala da educação adquiriram grande importância nas últimas décadas. Governos de todas as esferas passaram a utilizar mais seus resultados e investir mais recursos neste modelo de avaliação, com o objetivo de melhorar os investimentos e obter melhores resultados de rendimento escolar. No entanto, professores de educação básica e secretarias municipais, e por vezes estaduais, se distanciaram do processo de avaliação, passando ao papel de logística dos testes. Como resultado do distanciamento destes agentes ocorre o desinteresse da comunidade escolar pelas avaliações externas. Este artigo tem por objetivo problematizar o uso dos resultados das avaliações externas por professores, gestores e técnicos, a partir de propostas que consideram o processo das avaliações e os resultados dos testes como ferramentas de trabalho que podem contribuir na superação de deficiências de aprendizagem do conhecimento. O trabalho sistemático de entendimento e utilização dos resultados das avaliações em larga escala possibilitam um acompanhamento e melhoramento das práticas pedagógicas em sala de aula contribuindo com a melhoria da qualidade da educação.


Palavras-chave


Avaliação em larga escala; Saeb; Prova Brasil; Gestão Escolar

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22633/rpge.v0i9.9275



Rev. on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1519-9029

DOI prefix: 10.22633/rpge

Licença Creative Commons 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.