A produção científica sobre educação indígena no Brasil: uma revisão narrativa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v13.n3.2018.10211

Palavras-chave:

Educação indígena, Produção científica, Revisão narrativa

Resumo

A educação indígena no Brasil tem o seu marco fundador com as primeiras ações catequéticas dos jesuítas na segunda metade do século XVI. Nessa longa trajetória até os dias atuais a educação dos povos indígenas que habitam o território brasileiro tem sido alvo de controvérsias e discussões, tanto no nível governamental quanto acadêmico, e gerado inúmeros estudos. O objetivo desse trabalho foi identificar e descrever por meio de uma revisão narrativa a produção científica produzida pelos pesquisadores que se dedicam a estudar o tema e publicaram seus estudos em diferentes canais de publicação: teses e dissertações, livros, coletâneas e artigos. Ao final do trabalho foi possível identificar uma produção científica composta de várias tipologias documentais acerca da temática educação indígena oriunda de diversas áreas do conhecimento.

Biografia do Autor

Alexandre Masson Maroldi, Universidade Federal de Rondônia

Professor Dr. Departamento de Ciência da Informação.

Luis Fernando Maia Lima, Universidade Federal de Rondônia

Professor Dr. Departamento de Economia

Maria Cristina Piumbato Innocentini Hayashi, Universidade Federal de São Carlos

Professora Dra. Departamento de Ciência da Informação e Programa de Pós Graduação em Educação

Referências

ALVES, M. F.; OLIVEIRA, J. F. de. Pós-graduação no Brasil: do regime militar aos dias atuais. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, Goiânia-GO, v. 30, n. 2, p. 351-376, maio/ago. 2014.

BITTAR, M.; FERREIRA JUNIOR, A. Pluralidade lingüística, escola de bê-á-bá e teatro jesuítico no Brasil do século XVI. Educação e Sociedade, v. 25, p. 171-195, 2004.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. O governo brasileiro e a educação escolar indígena: 1995-2002. Brasília: MEC/SEF, 2002

CAPACLA, M. V. (Org.). O debate sobre a educação indígena no brasil (1975-1995): resenhas de teses e livros. Brasília: MEC, 1995

COHN, C. Educação escolar indígena: para uma discussão de cultura, criança e cidadania ativa. Revista Perspectiva, Florianópolis, v. 23, n. 2, p. 485-515, jul./dez. 2005.

COHN, C. Culturas em transformação: os índios e a civilização. São Paulo em Perspectiva, v. 15, n. 2, p. 36-42, 2001.

D'ANGELIS, W. da R. Educação escolar indígena? A gente precisa ver. Ciência e Cultura, v. 60, n. 4, p. 28-31, 2008.

FREIRE, J. R. B. Trajetória de muitas perdas e poucos ganhos. In: BRASIL. Educação escolar indígena em Terra Brasilis: tempo de novo descobrimento Rio de Janeiro: IBASE, 2004.

GRUPIONI, L. D. B. Experiências e Desafios na Formação de Professores Indígenas no Brasil. Em Aberto, Brasília, v. 20, n. 76, p. 13-18, fev. 2003a.

GRUPIONI, L. D. B. A Educação Indígena na Academia: inventário comentado de dissertações e teses sobre educação escolar indígena no Brasil (1978-2002). Em Aberto, Brasília, v. 20, n. 76, p. 197-238, fev. 2003b.

GRUPIONI, L. D. B. Olhar longe, porque o futuro é longe: cultura, escola e professores indígenas no Brasil. 2008, 240f. Tese (Doutorado em Antropologia Social) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008.

LUCIANO, G. J. dos S. Educação para manejo e domesticação do mundo entre a escola real e a escola ideal: os dilemas da educação escolar indígena no Alto Rio Negro. Brasília, 2011. 368 f. Tese (Doutorado em Antropologia) – Universidade de Brasília, Brasília, 2011.

MELIÀ, B. Educação indígena e alfabetização. São Paulo: Loyola, 1979.

OLIVEIRA, L. A. de; NASCIMENTO, R. G. do. Roteiro para uma história da educação escolar indígena: notas sobre a relação entre política indigenista e educacional. Educação e Sociedade, Campinas, v. 33, n. 120, Jul./Set. 2012.

ROTHER, E. T. Revisão narrativa X revisão sistemática. Acta Paulista de Enfermagem, v. 20, n. 2, p. 5-6, 2007.

SANTOS, L. A. O. O percurso da indianidade na literatura brasileira: matizes da figuração. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2009.

SILVA, A. R. da. Concepções e práticas de educação escolar indígena: institucionalidade, estado da arte e escolarização dos Tikuna no Alto Solimões-AM. 270 f. Tese. (Doutorado Sociedade e Cultura da Amazônia). Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2016.

VOSGERAU, D. S. R.; ROMANOWSKI, J. P. Estudos de revisão: implicações conceituais e metodológicas. Diálogo Educacional, Curitiba, v.14, n.21, p. 165-189, jan./abr. 2014.

Publicado

03/07/2018

Como Citar

MAROLDI, A. M.; LIMA, L. F. M.; HAYASHI, M. C. P. I. A produção científica sobre educação indígena no Brasil: uma revisão narrativa. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 13, n. 4, p. 931–952, 2018. DOI: 10.21723/riaee.v13.n3.2018.10211. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/10211. Acesso em: 6 mar. 2021.

Edição

Seção

Artigos