Implementação da educação remota em tempos de pandemia: análise da experiência do Estado de Minas Gerais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v16i1.13928

Palavras-chave:

Educação remota, Implementação de políticas educacionais, Desigualdade educacional, Tecnologias, COVID-19 e pandemia

Resumo

O artigo analisa a implementação da educação remota na Rede Estadual de Minas Gerais por meio do “Regime de Estudo não Presencial” (REANP) em tempos de pandemia. A pesquisa se deu em três fases: levantamento dos marcos institucionais do programa; análise dos eixos de ação e dos comentários nos canais de comunicação disponibilizados pela Secretaria de Educação (SEE). Os dados foram organizados em sete dimensões: (1) o acesso ao programa; (2) a receptividade ao REANP; (3) percepções sobre o aplicativo e suas funcionalidades (4) questões associadas à tecnologia; (5) conteúdo; (6) adesão à educação remota e (7) conexão entre os eixos do REANP. Os dados mostram a dificuldade que a SEE tem enfrentado para criar vínculos e estratégias de adesão multinível entre os atores institucionais, os instrumentos, os processos, as tecnologias, os territórios e seus profissionais. Os dados indicam que a educação pública remota vincula e potencializa questões sociais e econômicas e que a SEE as minimizou em seu desenho, linearizando a oferta. Não foram encontradas ações ou estratégias destinadas aos alunos da educação especial, quilombola, indígena e de jovens e adultos. As percepções dos usuários apontam para duas questões: os riscos de a educação remota aprofundar as desigualdades sociais e educacionais e a adoção de estratégias de formação virtual, apoiadas pelas tecnologias, pós pandemia.

Biografia do Autor

Breynner Ricardo de Oliveira, Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), Ouro Preto – MG

Professor no Programa de Pós-Graduação em Educação. Doutorado em Educação (UFMG).

Ana Cristina Prado de Oliveira, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Rio de Janeiro – RJ

Professora no Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu). Doutorado em Educação (PUC-Rio).

Gláucia Maria dos Santos Jorge, Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), Ouro Preto – MG

Professora Associada no Departamento de Educação e Tecnologias (DEETE). Doutorado em Educação (UFMG).

Jianne Ines Fialho Coelho, Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), Ouro Preto – MG

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Educação.

Referências

ALVES, M. T. G.; SOARES, J. F.; XAVIER, F. P. Índice Socioeconômico das Escolas de Educação Básica Brasileiras. Ensaio: aval. pol. públ. Educ., Rio de Janeiro, v. 22, n. 84, p. 671-704, jul./set. 2014.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Sinopse Estatística da Educação Básica 2019. Brasília: INEP, 2020. Disponível em: http://inep.gov.br/web/guest/sinopses-estatisticas-da-educacao-basica. Acesso em: 2 jun. 2020.

BRASIL. Parecer CNE/CP nº 5/2020, aprovado em 28 de abril de 2020. Brasília: Conselho Nacional de Educação, 28 abr. 2020. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=145011-pcp005-20&category_slug=marco-2020-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 2 jun. 2020.

GESTRADO. Grupo de Estudos Sobre Política Educacional e Trabalho Docente. O piso salarial profissional nacional em Minas Gerais: implicações sobre a carreira, a remuneração e representação sindical docente (Fapemig). 2017.

GOMES, R. L. Aspectos da Educação brasileira em meio aos dilemas de um momento dramático. In: LOLE, A.; STAMPA, I.; GOMES, R. L. Para além da quarentena: reflexões sobre crise e pandemia. Rio de Janeiro: MV Serviços e Editora, 2020.

KAMPEN, M. Remote learning: 6 best ways to engage your students (from Teachers!). Disponível em: https://www.prodigygame.com/blog/remote-learning-engagement/. Acesso em: 1 jul. 2020.

LÉVY, P. O que é o virtual? 2. ed. Trad. Paulo Neves. São Paulo: Editora 34, 2011.

MADEIRA, L. et al. Os estudos de políticas públicas em tempos de pandemia. Blog DADOS, 2020. Disponível em: http://dados.iesp.uerj.br/os-estudos-de-politicas-publicas-em-tempos-de-pandemia/. Acesso em: 2 jun. 2020.

MARTIN, F.; RITZHAUPT, A. D. Standards and competencies: for instructional design and technology professionals. In: MCDONALD, J. K.; WEST, R. E. (Eds.). Design for learning: principles, processes and praxis. 1. ed. EdTech Books, 2020.

MINAS GERAIS. Secretaria de Estado de Educação. Série Histórica da Educação de Minas Gerais 2008/2017. Belo Horizonte: SEE/MG, 2017.

OLIVEIRA, B. R. A implementação de políticas educacionais no nível micro: uma análise a partir dos profissionais da escola no contexto da prática. Revista de Estudios Teóricos y Epistemológicos en Politica Educativa, v. 4, p. 1-17, 2019.

OLIVEIRA, B. R.; DAROIT, D. Public policy networks and the implementations of the Bolsa-Família Program: an analysis based on the monitoring of school attendance. Archivos Analíticos de Políticas Educativas, v. 28, 2020.

OLIVEIRA, M.; PAES CARVALHO, C. Enfrentando o fracasso escolar no nível local: a atuação discricionária de professores e diretores escolares na implementação de uma política educacional. In: PIRES, R. R. C. Implementando desigualdades: reprodução de desigualdades na implementação de políticas públicas. Rio de Janeiro: Ipea, 2019.

PEREIRA, M. S. F.; SILVA, M. S. P. Educação Básica em Minas Gerais no Contexto da Pandemia e na Trilha do Partido “Novo”. Revista Educação Básica em Foco, v. 1, n. 1, abr./jun. 2020.

PIRES, R. R. C. Implementando desigualdades: reprodução de desigualdades na implementação de políticas públicas. Rio de Janeiro: Ipea, 2019.

QUEIROZ, B. L. Diferenciais regionais de salários nas microrregiões mineiras. 2001. 191 f. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Ciências Econômicas, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2001.

SOUZA, C. “Estado do campo” da pesquisa em políticas públicas no Brasil. Revista Brasileira de Ciências Sociais, v. 18, n. 51, 2003. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/%0D/rbcsoc/v18n51/15983.pdf. Acesso em: 3 jun. 2020.

UNESCO. Suspensão das aulas e resposta à COVID-19. Disponível em: https://pt.unesco.org/covid19/educationresponse. Acesso em: 5 jun. 2020.

Publicado

02/01/2021

Como Citar

OLIVEIRA, B. R. de; OLIVEIRA, A. C. P. de; JORGE, G. M. dos S.; COELHO, J. I. F. Implementação da educação remota em tempos de pandemia: análise da experiência do Estado de Minas Gerais. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 16, n. 1, p. 84–106, 2021. DOI: 10.21723/riaee.v16i1.13928. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/13928. Acesso em: 27 fev. 2021.

Edição

Seção

Artigos