Possibilidades da prática avaliativa no ensino superior: uma experiência colaborativa

Autores

  • Suênya Marley Mourão Batista Universidade Federal do Piauí - UFPI
  • Ivana Maria Lopes de Melo Ibiapina

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v11.n4.7392

Palavras-chave:

Prática avaliativa. Professor. Ensino superior. Colaboração.

Resumo

O presente artigo aponta algumas reflexões acerca da prática avaliativa de professores do Ensino Superior gerada a partir de pesquisa realizada no âmbito de uma instituição de ensino superior privada. O objetivo deste trabalho é caracterizar as práticas avaliativas dos professores que atuam no ensino superior e colaborar no sentido de propiciar a expansão de práticas avaliativas dinâmicas. Foram utilizados como suporte teórico-metodológico os estudos de Vigotski (2007), Liberali (2008), Ibiapina (2007, 2008), Meier (2007), Campione (2002) e Hoffmann (2011). Foi realizada pesquisa de campo, de abordagem qualitativa do tipo colaborativa com 3 (três) docentes do ensino superior utilizando-se a entrevista reflexiva como instrumento de coleta de dados a fim de promover a reflexão crítica acerca das práticas avaliativas que desenvolvem. Os resultados evidenciaram o predomínio da utilização de práticas avaliativas tradicionais pelos professores e a possibilidade de realização de práticas avaliativas dinâmicas a partir da compreensão destas oportunizada pelo processo de investigação e formação.

Downloads

Publicado

20/12/2016

Como Citar

BATISTA, S. M. M.; IBIAPINA, I. M. L. de M. Possibilidades da prática avaliativa no ensino superior: uma experiência colaborativa. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 11, n. 4, p. 1994–2011, 2016. DOI: 10.21723/riaee.v11.n4.7392. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/7392. Acesso em: 26 fev. 2021.

Edição

Seção

Artigos