A formação docente no PNAIC: uma revisão bibliográfica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30715/doxa.v22i1.13293

Palavras-chave:

Alfabetização, Educação Básica, Formação, Professor.

Resumo

As duas últimas décadas têm sido marcadas por mudanças na educação brasileira que culminaram com a implementação de políticas públicas internacionais e nacionais direcionadas para a redução/erradicação do analfabetismo. Este artigo parte de uma revisão bibliográfica de abordagem quanti-qualitativa, com o objetivo de identificar as pesquisas desenvolvidas no Brasil voltadas à formação de professores alfabetizadores a partir dos cadernos de estudos do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa – PNAIC. Os resultados apontaram que as formações para professores alfabetizadores através do PNAIC permitiram mudanças nas práticas tradicionais nos processos de alfabetização/letramento, além de possibilitar que os profissionais trocassem experiências. Assim, conclui-se que, apesar dos diferentes vieses epistemológicos-teóricos-metodológicos inscritos nos cadernos do PNAIC, ora uma perspectiva de trabalho mais cognitivista, ora mais sociointeracionista, as formações contemplam a alfabetização/letramento em sua dimensão social e histórica e permitem fortalecer as práticas educativas e incentivar os docentes envolvidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sandra Pottmeier, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis – SC

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Linguística. Participa do Grupo de Estudos em Linguagem, Cognição e Educação (GELCE/UFSC). Integrante do Núcleo de Estudos em Linguística Aplicada (NELA/UFSC). Professora Titular concursada na SED/SC, lotada na Escola de Educação Básica Padre José Maurício (Blumenau/SC).

Lais Oliva Donida, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis – SC

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Linguística. Especializanda em Educação Inclusiva pela Universidade do estadode Santa Catarina (UDESC). Participa do Grupo de Estudos em Linguagem, Cognição e Educação (GELCE). É integrante do Núcleo de Estudos em Linguística plicada (NELA/UFSC).

Caique Fernando da Silva Fistarol, Secretaria Municipal de Educação de Blumenau (SEMED), Blumenau – SC

Possui graduação em Letras - Português/ Inglês e respectivas Literaturas e foi bolsista do Programa de Educação Tutorial (PET) pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC). Possui especializações em Metodologia do Ensino de Língua Portuguesa e Estrangeira pela UNINTER, Mídias da Educação pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG) e Coordenação Pedagógica pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Atualmente, está cursando a especialização em Metodologia para Educação Bilíngue no Centro Universitário OPET. Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação da Universidade Regional de Blumenau (FURB), na linha de pesquisa de Linguagens, Arte e Educação. Foi supervisor do Subprojeto Interdisciplinar de Linguagens do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) da FURB. Atua como Coordenador de Inglesa e Coordenador da organização curricular do Ensino Bilíngue pela Secretaria Municipal de Educação de Blumenau (SEMED). É coordenador e responsável pelo Grupo de Estudos de Professores e Licenciandos em Inglês (GEPELI) - que auxilia em processos formativos para os professores de Inglês das Redes Municipais, Estadual e Particulares do Vale do Itajaí. Foi bolsista Redator do Ministério da Educação (MEC) na produção do Currículo Base da Educação Infantil e do Ensino Fundamental do Território Catarinense, a partir do documento da Base Nacional Curricular Comum (BNCC). Atualmente é bolsista formador do Currículo Base da Educação Infantil e do Ensino Fundamental do Território Catarinense pelo MEC. Escreveu a proposta para Línguas Adicionais: Língua Alemã e Língua Inglesa para o Currículo da Educação Básica do Sistema Municipal de Ensino de Blumenau.

Referências

AGUIAR, Maria Aparecida Lapa de; BRICHI, Caren Cristina; ZAPATA, Soraia Irrigaray. Formação continuada para professores no Pacto Nacional pela Alfabetização: continuidades, rupturas e ressignificações. Cad. CEDES [online], v. 37, n. 102, p. 201-218, 2017. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0101-32622017000200201&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 23 abr. 2018.

AMARAL, Arlene de Paula Lopes. Formação continuada de professores: reflexões sobre a participação no Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. Cad. Cedes, Campinas, v. 35, n. 95, p. 127-133, jan./abr. 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ccedes/v35n95/0101-3262-ccedes-35-95-00127.pdf. Acesso em: 24 abr. 2018.

BARCELOS, Ana Paula Vieira. A abordagem da literatura na formação do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa – PNAIC. 2013. Monografia (Trabalho de Conclusão de Curso de Pedagogia) - Centro de Ciências da Educação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2013. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/163061. Acesso em: 23 abr. 2018.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. 4. ed. rev. e atual. Lisboa: Edições 70, 2010.

BRASIL. Programa Gestão da Aprendizagem Escolar - GESTAR I. 2004. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=446-apresentacao-geral-gestar-2-2009&category_slug=documentos-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 07 jul. 2016.

BRASIL. Programa Gestão da Aprendizagem Escolar - GESTAR II. 2006. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=446-apresentacao-geral-gestar-2-2009&category_slug=documentos-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 07 jul. 2016.

BRASIL. Pró-Letramento: Programa de Formação Continuada de Professores dos Anos/Séries Iniciais do Ensino Fundamental: alfabetização e linguagem. ed. rev. e ampl. incluindo SAEB/Prova Brasil matriz de referência. Secretaria de Educação Básica. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2008.

BRASIL. Plano nacional prevê erradicação do analfabetismo até 2020. Jornal do Senado, Edição de 29 de outubro de 2012, 2012a. Educação. Disponível em: http://www12.senado.gov.br/jornal/edicoes/2012/10/29/plano-nacional-preve-erradicacao-do-analfabetismo-ate-2020. Acesso em: 31 ago. 2015.

BRASIL. PNAIC. Avaliação no ciclo de alfabetização: reflexões e sugestões, 2012b. Disponível em: http://www.serdigital.com.br/gerenciador/clientes/ceel/material/107.pdf. Acesso em: 20 ago. 2018.

BRASIL. Pacto Nacional pelo Fortalecimento na Idade Certa – PNAIC. Alfabetização. 2013. Disponível em: http://pacto.mec.gov.br/o-pacto. Acesso em: 03 set. 2015.

BRASIL. Pacto Nacional pelo Fortalecimento na Idade Certa – PNAIC. Alfabetização. 2014. Disponível em: http://pacto.mec.gov.br/o-pacto. Acesso em: 07 jul. 2016.

BRASIL. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. Caderno de Apresentação. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. – Brasília: MEC, SEB, 2015. 76 p

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. 2017. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/abase/. Acesso em: 29 set. 2019.

BRASIL. Decreto n. 9.765, de 11 de abril de 2019. Institui a Política Nacional de Alfabetização. Diário Oficial da União, Brasília, DF, edição 70-A, seção 1 - Extra, p. 15, 11 abr. 2019. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2019/Decreto/D9765.htm. Acesso em: 29 set. 2019.

COUTO, Maria Elizabete Souza; GONÇALVES, Alba Lúcia. A formação dos formadores: um estudo sobre o PNAIC. Práxis Educativa, Ponta Grossa, v. 11, n. 1, p. 151-170, jan./abr. 2016. Disponível em: http://www.revistas2.uepg.br/index.php/praxiseducativa/article/view/7095/4761. Acesso em: 23 abr. 2018.

GOMES, Ana Valeska Amaral. Alfabetização na Idade Certa: garantir a aprendizagem no início do ensino fundamental. Consultoria Legislativa da Área XV Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia. Brasília-DF: Câmara dos Deputados, 2013. Disponível em: http://www2.camara.leg.br/documentos-e-pesquisa/publicacoes/estnottec/areas-da-conle/tema11/cp13004.pdf. Acesso em: 31 ago. 2015.

IBGE. Agência IBGE Notícias. Analfabetismo cai em 2017, mas segue acima da meta para 2015. 2017. Disponível em: https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-noticias/2012-agencia-de-noticias/noticias/21255-analfabetismo-cai-em-2017-mas-segue-acima-da-meta-para-2015. Acesso em: 06 out. 2019.

INAF. Indicador de alfabetismo funcional: resultados preliminares, 2018. Disponível em: http://acaoeducativa.org.br/wp-content/uploads/2018/08/Inaf2018_Relat%C3%B3rio-Resultados-Preliminares_v08Ago2018.pdf. Acesso em: 08 set. 2018.

INEP. Provinha Brasil. 2011. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/web/provinha-brasil/provinha-brasil. Acesso em: 31 ago. 2015.

INEP. PISA - Programa Internacional de Avaliação de Estudantes. Resultados: 2012. http://portal.inep.gov.br/internacional-novo-pisa-resultados. Acesso em: 31 ago. 2015.

INEP. PISA - Programa Internacional de Avaliação de Estudantes. Resultados: 2015. http://portal.inep.gov.br/internacional-novo-pisa-resultados. Acesso em: 14 dez. 2019.

INEP. Relatório Brasil no Pisa. Versão preliminar, 2018. Brasília-DF: Inep/MEC, 2019. Disponível em: http://download.inep.gov.br/acoes_internacionais/pisa/documentos/2019/relatorio_PISA_2018_preliminar.pdf. Acesso em: 14 dez. 2019.

JESUS, Deise Cristina Carvalho; TASSONI, Elvira Cristina Martins. Escritas de mim: narrativas e a autoformação docente. EccoS – Rev. Cient., São Paulo, n. 44, p. 225-240, set./dez. 2017. Disponível em: http://www4.uninove.br/ojs/index.php/eccos/article/viewFile/7381/3659. Acesso em: 24 abr. 2018.

KAUFMANN, Maira Bartira; LUCAS, Graziela Rodrigues; SILVEIRA, Maria Eduarda de Melo Silveira; OLIVEIRA, Cláudio José de Oliveira; GUSTSACK, Felipe Gustsack. Estudos de narrativas sobre memórias de alfabetização: algumas considerações sobre letramento e numeramento. Revista Jovens Pesquisadores, Santa Cruz do Sul, v. 5, n. 2, p. 88-97, 2015. Disponível em: https://online.unisc.br/seer/index.php/jovenspesquisadores/article/view/5763/4323. Acesso em: 23 abr. 2018.

KLEIN, Juliana Mottini; GUIZZO, Bianca Salazar. Problematizando representações docentes nos Cadernos de formação do Programa Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). Rev. Bras. Estud. Pedagog., v. 98, n. 249, p. 311-331, ago. 2017. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S2176-66812017000200311&lng=pt&nrm=i&tlng=pt. Acesso em: 23 abr. 2018.

LOVATO, Regilane Gava. A formação continuada do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) e a prática docente dos professores alfabetizadores. 2015. Disponível em: www.enforsupunb2015.com.br/congresso/files/artigo/1422879741.docx. Acesso em: 31 ago. 2015.

MACHADO, Maira Gledi Freitas Kelling; SPESSATTO, Marizete Bortolanza. Formação continuada de professores alfabetizadores: as (re)significações docentes com base nas ações do PNAIC em Santa Catarina. RIAPE - Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, v. 11, n. esp. 4, p. 2483-2498, 2016. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/9205. Acesso em: 24 abr. 2018.

MATTOS, Daniela Pedra. A escola pública e a formação de professores através do PNAIC: reflexões e inquietudes. 2014. Disponível em: http://editorarealize.com.br/revistas/fiped/trabalhos/Modalidade_1datahora_25_05_2014_23_35_19_idinscrito_1179_0a29abe51131202f51c369178d217086.pdf. Acesso em: 31 ago. 2015.

PEREIRA, Jair Joaquim. Pacto nacional pela alfabetização na idade certa: repercussão de uma política de formação docente. 2018. 213 f. Tese (Doutorado em Ciências da Linguagem) – Universidade do Sul de Santa Catarina, Tubarão, 2018. Disponível em: https://www.riuni.unisul.br/bitstream/handle/12345/5670/Jair_Pereira.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 30 dez. 2019.

RECH, Andréia Jaqueline Devalle; ANTUNES, Helenise Sangoi; ÁVILA, Cinthia Cardona de; OLIVEIRA, Glaucimara Pires; SILVA, Vanir Ferrão da Silva. Analisando as contribuições do Programa Nacional pela Alfabetização na Idade Certa frente à prática pedagógica inclusiva dos professores orientadores de estudos. Revista Educação Especial, Santa Maria, v. 28, n. 51, p. 225-240, jan./abr. 2015. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial/article/view/16465/pdf. Acesso em: 24 abr. 2018.

RIOS, Viviane Kwecko. Educação e Comunicação: a experiência de jovens no desenvolvimento de um programa de rádio. 2009. 124 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2009. Disponível em: http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=170557. Acesso em: 06 fev. 2020.

SÁ, Carolina Figueiredo de; PESSOA, Ana Cláudia Rodrigues Gonçalves. Práticas de alfabetização em turma multisseriada no contexto do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). Práxis Educativa, Ponta Grossa, v. 11, n. 1, p. 215-241, jan./abr. 2016. Disponível em: http://www.revistas2.uepg.br/index.php/praxiseducativa/article/viewFile/7114/4764. Acesso em: 23 abr. 2018.

SOUZA, Elaine Eliane Peres de Souza. A formação no Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). In: ANPED SUL - REUNIÃO CIENTÍFICA DA ANPED, 5., 2014, Florianópolis. Anais [...]. Florianópolis, out. 2014. Disponível em: http://xanpedsul.faed.udesc.br/arq_pdf/95-0.pdf. Acesso em: 31 ago. 2015.

TEDESCO, Sirlei. Formação continuada de professor: experiências integradoras de políticas educacionais – PNAIC e PROUCA – para alfabetização no ensino fundamental de uma escola pública. 2015. 96 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2014. Disponível em: http://repositorio.pucrs.br/dspace/bitstream/10923/7084/1/000466414-Texto%2bCompleto-0.pdf. Acesso em: 23 abr. 2018.

UNESCO. United Nations Educational Scientific And Cultural Organization (Org.). Declaração Universal dos Direitos Humanos. Paris: Unesco, 1948. 6 p. Disponível em: http://unesdoc.unesco.org/images/0013/001394/139423por.pdf. Acesso em: 10 maio 2017.

UNESCO. Coordenadoria Nacional para a Integração da Pessoa Portadora de Deficiência (CORDE). Declaração de Salamanca de princípios, política e prática para as necessidades educativas especiais. Brasília: CORDE, 1994. 17 p. Disponível em:

http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/salamanca.pdf. Acesso em: 11 maio. 2017.

UNESCO (França). United Nations Educational Scientific And Cultural Organization (Ed.). Education for All 2000-2015: achievements and challenges. 12. ed. Paris: Unesco, 2015. 58 p. (EFA Global Monitoring Report). Disponível em: http://unesdoc.unesco.org/images/0023/002325/232565por.pdf. Acesso em: 01 jun. 2017.

VELOSO, Geisa Magela; LÉLIS, Úrsula Adelaide de; ALMEIDA, Cecília Barreto. Leitura deleite como ancoragem para mudanças pedagógicas no âmbito do PNAIC. RIAEE – Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, v. 12, n. 1, p. 404-421, 2017. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/8914/6273. Acesso em: 24 abr. 2018.

VIECHENESKI, Juliana Pinto; COSTA, Anália Maria De Fátima; MARTINIAK, Vera Lúcia. Formação continuada de professores alfabetizadores: o PNAIC em foco. In: CONEX, 12., 2014, Ponta Grossa. Anais [...]. Ponta Grossa: UEPG, 2014. Disponível em: http://sites.uepg.br/conex/anais/artigos/228-1606-1-DR-mod.pdf. Acesso em: 31 ago. 2015.

Publicado

01/06/2020

Como Citar

POTTMEIER, S.; DONIDA, L. O.; FISTAROL, C. F. da S. A formação docente no PNAIC: uma revisão bibliográfica. DOXA: Revista Brasileira de Psicologia e Educação, Araraquara, v. 22, n. 1, p. 47–65, 2020. DOI: 10.30715/doxa.v22i1.13293. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/doxa/article/view/13293. Acesso em: 21 abr. 2021.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)