Avaliação da aprendizagem: concepções e olhares de docentes do curso de odontologia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v12.n2.8486

Palavras-chave:

Avaliação educacional. Docentes. Odontologia.

Resumo

 

Avaliação da aprendizagem consiste em um mecanismo educacional contínuo que direciona a prática pedagógica, com base nos objetivos de aprendizagem propostos nos programas educacionais. O objetivo da pesquisa foi analisar o conhecimento de docentes de um curso de odontologia sobre avaliação da aprendizagem, em Fortaleza - CE. Trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa, com coleta de dados realizada no período de setembro a outubro de 2014, por meio da análise documental e da técnica da entrevista semiestruturada. Adotou-se a modalidade Análise Temática, proposta por Minayo, para interpretação dos dados. Os resultados encontrados revelam que os docentes apresentam conhecimentos acerca da avaliação da aprendizagem, ao reconhecer a importância e as características dessa etapa no processo educativo. 

Biografia do Autor

Verydianna Frota Carneiro, UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARA -UECE

Graduação em Odontologia pela Universidade Federal do Ceará, Especialista em Saúde da Família pela Universidade Federal do Ceará e Mestre em Ensino na Saúde pela Universidade Estadual do Ceará

Alice Maria Correia Pequeno, Universidade Estadual do Ceara

Docente do Curso de Mestrado Ensino na Saúde da Universidade Estadual do Ceará;Doutora em Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública da USP

Maria de Fátima Antero Sousa Machado, Universidade Regional do Cariri

Professora da Universidade Regional do Cariri, Ceará, Brasil;Doutorado em Enfermagem pela Universidade Federal do Ceará.

Dulce Maria de Lucena Aguiar, Universidade de Fortaleza

Professora da Universidade de Fortaleza, Ceará, Brasil;Doutorado em Ciências pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo

Cleide Carneiro, Universidade Estadual do Ceara

Coordenadora do Curso de Mestrado Ensino na Saúde em Fortaleza, Ceará, Brasil;Doutorado em Serviço Social pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Rithianne Frota Carneiro, Faculdade Nordeste (FANOR)

Docente do curso de Enfermagem da Faculdade Nordeste (FANOR) em Fortaleza, Ceará, Brasil; Mestre em Saúde Coletiva pela Universidade de Fortaleza;

Referências

BRASIL. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da Educação Nacional. Brasília, 1996. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/seed/arquivos/pdf/tvescola/leis/lein9394.pdf>. Acesso em: 14 de mar. 2017.

BOTH, I. J. Avaliação planejada, aprendizagem consentida: a filosofia do conhecimento. 1. ed., Curitiba: IBPEX, 2007.

CAMARGO, C. C. O.; MENDES, O. M. A avaliação formativa como uma política includente para a educação escolar. Revista Educação e Políticas em Debate, Uberlândia, v. 2, n. 2, p. 372-390, 2013. Disponível em: <http://www.seer.ufu.br/index.php/revistaeducaopoliticas/article/view/24825/13797>. Acesso em 14 de mar. 2017.

CAPELLO, C. Avaliação e o novo cenário da educação. Revista FGV Online, Rio de Janeiro, v. 3, n. 1, p. 4-10, 2013. Disponível em: < http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/revfgvonline/article/view/19289/18559>. Acesso em 14 de mar. 2017.

CAVALCANTI, Y. W.; CARTAXO, R. O.; PADILHA, W. W. N. Educação odontológica e sistema de saúde brasileiro: práticas e percepções de estudantes de graduação. Arquivos em odontologia, Belo Horizonte, v. 46, n. 4, p. 224-231, 2010.

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO SUPERIOR. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de graduação em Odontologia. Resolução CNE/CES 3/2002, de 4 de março de 2002. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CES032002.pdf>. Acesso em 14 de mar. 2017.

CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE. Aprova as diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos. Resolução n° 466, de 12 de dezembro de 2012. Disponível em: <http://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2012/Reso466.pdf>. Acesso em: 14 de mar. 2017.

DEPRESBITERIS, L. Avaliação educacional em três atos. 4. ed. São Paulo: Editora Senac. 2009.

FERNANDES, S. B.; PEREIRA, S. M. Projeto político-pedagógico: ação estratégica para a gestão democrática. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 9, n. 4, p. 985-1006, 2014. Disponível em: < http://piwik.seer.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/6997/5327>. Acesso em: 14 de mar. 2017.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários a prática educativa. 43. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2011.

FURLAN, M. I. C. Avaliação da aprendizagem escolar: convergências e divergências. São Paulo: Annablume, 2007.

GARCIA, J. Avaliação e aprendizagem na educação superior. Estudos em Avaliação Educacional, São Paulo, v. 20, n. 43, p. 201-13, 2009. Disponível em: <http://www.fcc.org.br/pesquisa/publicacoes/eae/arquivos/1489/1489.pdf>. Acesso em 14 de mar. 2017.

GRILLO, M. C.; GESSINGER, R. M. (Org.) Por que falar ainda em avaliação? Porto Alegre: EDIPUCRS, 2010.

GUERRA, M. A. S. Uma flecha no alvo: a avaliação como aprendizagem. São Paulo: Edições Loyola, 2007.

HERNÁNDEZ, R. Does continuous assessment in higher education support student learning? Higher Education, v. 64, n.4, p. 489-502, 2012. Disponível em: http://uncw.edu/assessment/documents/hernandez2012.pdf>. Acesso em 14 de mar. 2017.

LUCKESI, C. C. Avaliação da aprendizagem escolar. 19. ed. São Paulo: Cortez, 2008.

MINAYO, M. C. S. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 13. ed. São Paulo: Hucitec, 2013.

MORETTI-PIRES, R. O.; BUENO, S. M. V. Freire e formação para o Sistema Único de Saúde: o enfermeiro, o médico e o odontólogo. Acta Paulista de Enfermagem, São Paulo, v. 22, n. 4, p. 439-44, 2009. Disponível em: <http://www.producao.usp.br/bitstream/handle/BDPI/3121/art_BUENO_Freire_e_formacao_para_o_Sistema_Unico_2009.pdf?sequence=1>. Acesso em 14 de mar. 2017.

OLIVEIRA, V. T. D.; BATISTA, N. A. Avaliação formativa em sessão tutorial: concepções e dificuldades. Revista Brasileira de Educação Médica, Rio de Janeiro, v. 36, n. 03, p. 374-80, 2012. Disponível em: <http://educa.fcc.org.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-52712012000500012&lng=es&nrm=iso>. Acesso em 13 de mar. 2017.

RIBEIRO, A. I. M. Formação Do Gestor Educacional. Presidente Prudente: Arte & Ciência, 2005.

SANTOS, L. P. et al. Estudo do perfil docente nos cursos de odontologia da região Sul. Revista de Iniciação Científica da ULBRA, Canoas, n. 8, p. 73-77, 2010. Disponível em: <http://www.periodicos.ulbra.br/index.php/ic/article/viewFile/365/288>. Acesso em 13 de mar. 2017.

SILVA, A. S.; ASSUMPÇÃO, E. Avaliação da aprendizagem. In: SUDBRACK, E. M., PIOVESAN, J. C. (orgs.) Trajetórias a serem construídas na docência: pesquisa PIBIC/EM no curso de Pedagogia [recurso eletrônico] – Frederico Westphalen: URI- Frederico Westph, 2012. 88p.

SOUZA, A. M. L.; MACEDO, M. C. S. R. Avaliação da aprendizagem e inclusão escolar: a singularidade a serviço da coletividade. Revista de Psicologia Escolar e Educacional, Maringá, v. 16, n. 2, p. 283-90, 2012. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-85572012000200011&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 13 de mar. 2017.

VILLAS BOAS, B. M. F. (org.) Avaliação formativa: práticas inovadoras. Campinas: Papirus, 2011.

WILIAM, D. What is assessment for learning? Studies in Educational Evaluation, Londres, v. 37, n. 1, p. 3-14, 2011. Disponível em: <http://eprints.ioe.ac.uk/6806/1/Wiliam2011What2.pdf>. Acesso em 14 de mar. 2017.

Downloads

Publicado

04/03/2017

Como Citar

Carneiro, V. F., Correia Pequeno, A. M., Antero Sousa Machado, M. de F., de Lucena Aguiar, D. M., Carneiro, C., & Carneiro, R. F. (2017). Avaliação da aprendizagem: concepções e olhares de docentes do curso de odontologia. Revista Ibero-Americana De Estudos Em Educação, 12(esp.), 900–915. https://doi.org/10.21723/riaee.v12.n2.8486

Edição

Seção

Artigos