Princípios orientadores da integração das tecnologias digitais ao projeto político-pedagógico

Autores

  • Dilmeire Sant'Anna Ramos Vosgerau Pontifícia Universidade Católica do Paraná
  • Marilusa Rossari Pontifícia Universidade católica do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v12.n2.9051

Palavras-chave:

Projeto político-pedagógico. Tecnologias digitais. Educação básica.

Resumo

O Projeto Político-Pedagógico (PPP) constitui-se como um documento resultante do diálogo entre os diversos segmentos da comunidade escolar, tendo por finalidade nortear as ações escolares. Espera-se, portanto, que a integração das tecnologias digitais seja antecipada nestas ações. Esta pesquisa tem como objetivo analisar as ações previstas sobre as tecnologias nos PPP, considerando os princípios para sua concepção elencados por Veiga (1991, 1998). Foram analisados PPP de cinco unidades educacionais de educação básica. Observou-se que as tecnologias digitais estão presentes na estrutura dos PPP, porém não apresentam uma organização que oriente para um posicionamento articulado aos princípios orientadores e o uso das tecnologias digitais.

Biografia do Autor

Dilmeire Sant'Anna Ramos Vosgerau, Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Phd em Educação pela Université de Montréal. Professora do Programa de Pós-Graduação da PUCPR

Marilusa Rossari, Pontifícia Universidade católica do Paraná

Mestre e Doutoranda em Educação - PUCPR na Linha de Pesquisa Teoria e Prática Pedagógica na formação de Professores.

Referências

ALMEIDA, M. E. B. VALENTE, J. A. Tecnologias e Currículo: trajetórias convergentes ou divergentes? São Paulo: Paulus, 2011.

ALMEIDA, M. E. B; PRADO, M. E. B. B. Apresentação da série integração de tecnologias com as mídias digitais. Boletim do Salto para o Futuro. Brasília: MEC, SEED, 2005.

ALMEIDA, M.E.; ALMEIDA, F.J. Aprender construindo: a informática se transforma com os professores. Coleção Informática para a mudança na Educação. Ministério da Educação e do Desporto - MEC, 1999.

BRASIL. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 dez. 1996.

FIGUEIREDO, L.K.de A.; MERCADO, L.P.L. Integração de mídias na escola: análise das interações nos materiais do curso Mídias na Educação. Eccos Revista Científica, núm. 25, enero-junio, 2011, pp. 195-234. Universidade Nove de Julho. São Paulo, Brasil.

GANDIN, D. A Prática do Planejamento Participativo. 7ª Edição. Petrópolis. RJ. Vozes, 1999.

GATTI, B. Os agentes escolares e o computador no ensino. São Paulo: FDE/SEE, 1993.

MERCADO, L. P. L. Formação Docente e novas tecnologias. Novas tecnologias na educação: reflexões sobre a prática. Maceió: EDUFAL, 2002. p. 11-28.

PADILHA, P. R. Planejamento dialógico: como construir o PPP da escola. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2005.

PIOVESAN, A.; TEMPORINI, E. R. Pesquisa Exploratória: procedimento metodológico para o estudo de fatores humanos no campo da saúde pública. Revista Da Saúde Pública, no. 29, ed. 4, 318-325, 1995.

ROSSARI, M. VOSGERAU, D. S. R. O projeto político-pedagógico e a integração das tecnologias. In: Antunes, R. S. (org.). Tecnologias e mídias digitais na escola contemporânea: questões teóricas e práticas. 1 ed. Curitiba, Appris, 2016. Pág. 37-68.

VASCONCELLOS, C. dos S. Planejamento: Plano de ensino-aprendizagem e Projeto Educativo. São Paulo: Libertad, 1995.

VEIGA, I. P.A. "Escola, currículo e ensino". In: Veiga, I.P.A; Cardoso. M. H. (org.) Escola fundamental: Currículo e ensino. Campinas, Papirus,1991.

VEIGA, I. P. A. Escola: espaço do projeto político-pedagógico. Campinas: Papirus, 1998.

VEIGA, I. P. da. Projeto político-pedagógico da escola: uma construção coletiva. In: VEIGA, I. P. da (org.). Projeto político-pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas: Papirus, 1998.

VOSGERAU, D. S. A. R. Reconception d’une formation à l’intégrationdes TIC à l’enseignementà partir de l’ analyse d’une pratique, de sés fonctionnalités et de sés dysfonctions. Thèse présentée à La Faculté dês études Supérieures envue de l’obtentiondu grade de Philosophie Docteur – Option Technologie Educationnelle. Université de Montréal, 2005.

Downloads

Publicado

04/03/2017

Como Citar

Vosgerau, D. S. R., & Rossari, M. (2017). Princípios orientadores da integração das tecnologias digitais ao projeto político-pedagógico. Revista Ibero-Americana De Estudos Em Educação, 12(esp.), 1020–1036. https://doi.org/10.21723/riaee.v12.n2.9051

Edição

Seção

Artigos