Políticas públicas para a leitura e materialismo histórico dialético: levantamento sobre as produções acadêmicas (2013-2016)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22633/rpge.v22i3.11322

Palavras-chave:

Materialismo histórico dialético, Políticas públicas de leitura, Mercantilização da educação.

Resumo

O texto apresenta resultado parcial de estudo realizado no Grupo de Pesquisa Estado, Política e gestão da educação, no Projeto: Contribuições do Materialismo Histórico para as Pesquisas em Políticas Educacionais. Reconhece o Materialismo Histórico como fundamento teórico metodológico que oferece elementos epistemológicos e ontológicos para o pesquisador compreender a totalidade de seu objeto de estudo na sociedade capitalista. O objetivo geral é identificar as contribuições do Materialismo Histórico Dialético para as pesquisas que discutem políticas de democratização do livro e da leitura entre os anos de 2013 e 2016. O estudo foi realizado por meio de pesquisa bibliográfica sobre o MHD e levantamento de teses e dissertações nas bibliotecas digitais. Conclui que apenas uma pequena parcela se apoia neste método e muitas destes estudos não anunciam de forma clara a perspectiva metodológica na qual embasam suas discussões.

Biografia do Autor

Katia Silva Bufalo, Universidade Estadual de Londrina

Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Londrina. Professora Pedagoga no Colégio de Aplicação Pedagógica da Universidade Estadual de Londrina Professor José Aloísio Aragão Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio e Educação Profissional. Integrante do Grupo de Pesquisa Estado, Políticas Públicas e Gestão da Educação - UEL.

Maria José Ferreira Ruiz, Universidade Estadual de Londrina

Pós doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Doutora em Educação pela UNESP-Marília. Docente da Universidade Estadual de Londrina, no curso de Pedagogia e no Programa de pós-graduação em Educação.

Referências

CURY, C.R. J. Educação e contradição: elementos teóricos metodológicos para uma teoria crítica do fenômeno educativo. São Paulo: Cortez, 1989.

FRIGOTTO, G. O enfoque da dialética materialista histórica na pesquisa educacional. IN: FAZENDA, I. (Org.). Metodologia da pesquisa educacional. São Paulo: Cortez, 2010.

KOSIK, K. Dialética do concreto. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995.

MARX, K.; ENGELS, F. A ideologia alemã: crítica da mais recente filosofia em seus representantes Feuerbach, B.Bauer e Stirner, e do socialismo alemão em seus diferentes profetas (1845-1846). São Paulo: Boitempo, 2016.

MASSON, G. Orientações para o desenvolvimento de investigação em políticas educativas a partir da teoria marxista. In: TELLO, C.; ALMEIDA, M.L.P. Estudos epistemológicos no campo da pesquisa em política educacional. Campinas: Mercado de Letras, 2013.

NETTO, J. P. Introdução ao estudo do método de Marx. São Paulo: Expressão Popular, 2011.

PERONI, V. Implicações da relação público-privada para a democratização da educação. In: Reunião Científica Regional da ANPED, 2016, Curitiba. Anais...Curitiba: 2016, p. 1-21.

PINHEIRO, D. C. F. A educação sob controle do capital financeiro: O caso do Programa Nacional do Livro Didático. Dissertação. (Mestrado em Educação). Faculdade de Educação. Universidade Federal do Rio de Janeiro. RJ, 2014.

SAVIANI, D; DUARTE, N. (Orgs). Pedagogia histórico-crítica e luta de classes na educação escolar. Campinas: Autores Associados, 2012.

SILVA, A. M. O. C. O discurso da democratização do acesso à leitura nas políticas públicas do Estado brasileiro: condições de produção e efeitos de sentido da mercantilização. Dissertação. (Mestrado em Educação). Centro de Educação. Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2014.

SILVA, I. A. O Programa Nacional do Livro Didático para o Ensino Médio (PNLD/EM) e o mercado editorial: 2003-2011. Tese (Doutorado em Educação). Centro de Ciências Humanas e Sociais. Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Campo Grande, 2013.

SILVA, M. A. A Fetichização do Livro Didático no Brasil. Educação Real, Porto Alegre, v. 37, n. 3, p, 803-821, set – dez 2012.

TONET, I. Método Científico: uma abordagem ontológica. São Paulo, Instituto Lukács, 2013.

Downloads

Publicado

01/12/2018

Como Citar

Bufalo, K. S., & Ruiz, M. J. F. (2018). Políticas públicas para a leitura e materialismo histórico dialético: levantamento sobre as produções acadêmicas (2013-2016). Revista on Line De Política E Gestão Educacional, 22(3), 978–991. https://doi.org/10.22633/rpge.v22i3.11322

Edição

Seção

Artigos