O sistema de acreditação de cursos superiores do Mercosul e a construção de um conceito de qualidade

Leonardo Kazuo dos Santos Serikawa, Leides Barroso Azevedo Moura

Resumo


Criado em 2006, o Sistema de Acreditação de Cursos Superiores do MERCOSUL (ARCU-SUL) é o principal mecanismo de integração regional dos sistemas de educação superior deste Bloco. Dada sua importância, o objetivo principal deste artigo é avaliar qualitativamente se o ARCU-SUL alcança sua meta principal. A pesquisa foi realizada a partir da análise de documentos oficiais e narrativas de representantes da Rede de Agências Nacionais de Acreditação (RANA) – responsável pela administração desse sistema –, focalizando a interação entre instrumentos de avaliação e os avaliadores, assim como os impactos dessa relação na construção de um conceito de qualidade ARCU-SUL. Frente a isso, a presente pesquisa buscou levantar questionamentos sobre possíveis resultados dessa interação com base em conceitos da Teoria Ator-Rede.

Palavras-chave


MERCOSUL; ARCU-SUL; Educação superior; Acreditação.

Texto completo:

PDF PDF (Español (España)) XML

Referências


AGUILLAR, F. H. Controle Social de Serviços Públicos. São Paulo: Max Limonad, 1999.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BAUER, M.; GASKELL, G. (Eds.). Qualitative researching with text, image, and sound. London: Sage, 2008.

BIJKER, W. E; LAW, J. Postscript: Technology, Stability, and Socialy Theory. In: Bijker, W. E. & Law, J. (Eds.). Shaping Technology/Building Society. Studies in Sociotechnical Change. Cambridge: The MIT Press, pp. 290-308, 1992.

CALLON, M. Some elements of a sociology of translation: demystifications of the scallops and the fishermen of St. Brieuc Bay. In: LAW, John. (Ed.). Power, action and belief: a new sociology of knowledge? London: Routledge & Kegan Paul, 1986. Disponível em: http://journals.sagepub.com/doi/pdf/10.1111/j.1467-954X.1984.tb00113.x. Acesso em: 13 abr. 2017.

CASTELLS, M. A Sociedade em Rede. v. 1. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

DIAS SOBRINHO, J. Avaliação da educação superior. Petrópolis: Vozes, 2000.

FLECHA, R.; TORTAJADA, I. Desafios e saídas educativas na entrada do século. In: IMBERNON, F. A Educação no século XXI: os desafios do futuro imediato. Porto Alegre: Artmed, 2000, p. 21-36.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

KNIGHT, J. An Internationalization Model: Responding to New Realities and Challenges. In: WIT, H.; JARAMILLO, I. C.; GACEL-AVILA, J.; KNIGHT, J. (Eds). Higher Education in Latin America: The International Dimension. Washington: World Bank, p. 1-38, 2005.

LAMARRA, N. F. Hacia la convergência de los sistemas de educación superior en América Latina. In: Revista Ibero-Americana de Educación, Madri, n. 35, maio/ago, 2004. Disponível em: http://rieoei.org/rie35a02.htm. Acesso em: 28 jun. 2017.

LATOUR, B. Technology is Society Made Durable. In: Law, John (Ed.). A Sociology of Monsters: Essays on Power, Technology and Domination. London: Routledge, 1991. Disponível em: http://www.bruno-latour.fr/sites/default/files/46-TECHNOLOGY-DURABLE-GBpdf.pdf. Acesso em: 15 mar. 2017.

LATOUR, B. Reagregando o social: uma introdução à Teoria Ator-Rede. Salvador: EDUFBA, 2012.

LATOUR, B.; CALLON, M. Unscrewing the big Leviathan: how actors macro-structure reality and how sociologists help them to do so. In: KNORR-CETINA, K.; CICOUREL, A.V. (Eds.). Advances in social theory and methodology: toward and integration of micro- and macro-Sociologies. Boston: Routledge, pp. 277-303, 1981. Disponível em: http://www.bruno-latour.fr/sites/default/files/09-LEVIATHAN-GB.pdf. Acesso em: 1 abr. 2017.

LAW, J. Notas sobre a Teoria do Ator-Rede: ordenamento, estratégia e heterogeneidade. Tradução de Fernando Manso. Rio de Janeiro: NECSO, 1992. Disponível em: http://www.necso.ufrj.br/Trads/Notas%20sobre%20a%20teoria%20Ator-Rede.htm. Acesso em: 4 abr. 2017.

LAW, J. After ANT: Complexity, Naming and Topology. In: Law, J.; Hassard, J. (Eds). Actor Network Theory and After. Oxford: Blackwell, p. 1-14, 1999.

MERCOSUL. Acordo sobre a criação e a implementação de um sistema de credenciamento de cursos de graduação para o reconhecimento regional da qualidade acadêmica dos respectivos diplomas no MERCOSUL e nos Estados Associados. Decisão n. 17/08 do CMC, 2008. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/dec_017_conae.pdf. Acesso em: 26 fev. 2017.

MERCOSUL. Taller Regional de Auto-evaluación del Sistema ARCU-SUR. Montevidéu, 22-23 out., 2012. Disponível em: http://arcusul.mec.gov.br/images/pdf/rana/Taller_Evaluacin_ARCU-SUR.pdf. Acesso em: 17 mar. 2017.

NOBRE, J. C. A.; Pedro, R. M. L. R. Reflexões sobre possibilidades metodológicas da Teoria Ator-Rede. In: Cadernos UniFOA/Centro Universitário de Volta Redonda. Volta Redonda: FOA. Ano V, n. 14, dez. 2010.

SANTOS, M. R.; DONINI, A. M. Políticas de integração e internacionalização da educação Superior no MERCOSUR educativo. In: Anais do X Colóquio Internacional sobre Gestión Universitaria em América del Sur. Mar del Plata, 8 a 10 dez. 2010. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/97024/POL%CDTICAS%20DE%20INTEGRA%C7%C3O%20E%20INTERNACIONALIZA%C7%C3O%20DA%20EDUCA%C7%C3O%20SU.pdf?sequence=1. Acesso em: 3 mar. 2017.

STALDER, F. Actor-Network-Theory and Communication Networks: Toward Convergence. Toronto: University of Toronto, 1997. Disponível em: http://felix.openflows.com/html/Network_Theory.html. Acesso em: 13 mar. 2017.

THEILER, J. C. Internationalization of higher education in Argentina. In: WIT, H.; JARAMILLO, I. C.; GACEL-AVILA, J.; KNIGHT, J. (Eds). Higher Education in Latin America: The International Dimension. Washington. World Bank, p. 71-110, 2005.

TIDD, J.; BESSANT, J.; PAVITT, K. Gestão da inovação. Tradução de Elizamari Rodrigues Becke (et al.). 3.ed. Porto Alegre: Bookman, 2008.

VELHO, L. Redes Regionais de cooperação em C&T e o Mercosul. In: Parcerias Estratégicas. CGEE/MCT, n. 10, mar., p. 58-74, 2001.

WAARDEN, F. V. Dimensions and types of policy networks. In: European Journal of Political Research. n. 21, p. 29-52, 1992.




DOI: https://doi.org/10.21723/riaee.v14i4.10634



Direitos autorais 2018 Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação

 

Rev. Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN: 1982-5587

DOI Prefix: 10.21723/riaee

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.