Narrativas de sujeitos com deficiência e isolamento social em tempos de pandemia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v15iesp3.14452

Palavras-chave:

Sujeitos com deficiência, Isolamento social, Pandemia

Resumo

A história no século XXI vem passando pelas mais diversas transformações sociais, culturais e religiosas, principalmente, no que concerne o comportamento humano. A presente reflexão elucida narrativas de Pessoas com Deficiência em tempos de pandemia e isolamento social causado por um fenômeno mundial caracterizado como Corona Vírus. A questão que suleou essa investigação foi: como está sendo o isolamento social das pessoas com deficiência em tempos de pandemia? Os objetivos foram: entender  por meio das narrativas  como está sendo o cotidiano  das Pessoas com Deficiência em tempos de pandemia; identificar nas narrativas desses sujeitos, momentos de ansiedade, tenção e desconforto emocional  que estão vivendo em seu isolamento social; analisar as narrativas  de quatro sujeitos  que estão vivendo o isolamento social  em tempos de pandemia, provocado pela proliferação do Covid-19 (Corona Virus Disease / Doença do Corona Vírus 2019). A metodologia escolhida foi por meio de depoimento escrito, narrado por esses sujeitos em seu isolamento social.  Os referenciais utilizados versaram sobre narrativas, memorias e (auto)biografia que narra o comportamento social desses em tempos de pandemia. As notas finais, claro, não conclusivas nos fizeram perceber que os sujeitos narram em seus depoimentos forte estágio emocional, tensões e medo desse fenômeno que está assustando o planeta.

Biografia do Autor

Vanderlei Balbino da Costa, Universidade Federal de Jatai (UFJ), Jataí - GO

Professor da Faculdade de Educação. Doutor em Educação Especial (UFSCar).

Claudenilson Pereira Batista, Secretaria Municipal de Educação, Manaus – AM

Professor da Educação. Doutor em Educação (UFAM).

Euler Rui Barbosa Tavares, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologias do Tocantins (IFTO), Palmas – TO

Professor do IFTO. Mestre em Educação (UFT).

Referências

AMADO, Janaína. O Grande Mentiroso: tradição, veracidade e imaginação em História oral. História. São Paulo, n. 14, 1995.

AMARAL, Ligia A. Integração Social e Suas Barreiras: representações culturais do corpo mutilado. Revista de Terapia Ocupacional, São Paulo, v. 2, n. 4, p. 188-195, 1991.

BENJAMIN, Walter. O narrador: considerações sobre a obra de Nikolai Leskov. In: BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo: Brasiliense, 1994.

BIANCHETTI, Lucídio. Um olhar sobre a diferença: as múltiplas maneiras de olhar e ser olhado e suas decorrências. Revista brasileira de educação especial, Marília, v. 8, n.1, p.1-8, 1995. Disponível em: https://www.abpee.net/homepageabpee04_06/artigos_em_pdf/revista8numero1pdf/1bianchetti.pdf . Recuperado em: jun. 2020.

BRASIL. Conselho Nacional de Saúde. Recomendação nº 31, de 30 de abril de 2020. Recomenda medidas emergenciais complementares que visam a garantia dos direitos e da proteção social das Pessoas com Deficiência no contexto da Covid-19. Brasília, Distrito Federal, 2020. Disponível em: https://conselho.saude.gov.br/recomendacoes-cns/1146-recomendacao-n-031-de-30-de-abril-de-2020. Acesso em: 01 ago. 2020.

BUENO, Belmira de Oliveira. O método autobiográfico e os estudos com histórias de vida de professores: a questão da subjetividade. Educação e Pesquisa, São Paulo, v.28, n.1, p. 11-30, jan./jun. 2002. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ep/v28n1/11653.pdf. Acesso em: maio de 2020.

CATROGA, Fernando. Memória e História. In: PESAVENTO, Sandra Jatahy (Org.). Fronteiras do Milênio. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 2001.

CERTEAU, Michel de. A Invenção do Cotidiano. Editora Vozes: Petrópolis 1994.

CLANDININ, D. Jean; CONNELLY, F. Michael. Pesquisa Narrativa: experiências e história na pesquisa qualitativa. Tradução: Grupo de Pesquisa Narrativa e Educação de Professores ILEEL/UFU. Uberlândia: EDUFU, 2011.

CORREIA, Luis Miranda. Alunos com necessidades educativas especiais nas classes regulares. Porto: Porto Editora, 1999.

HALL, Stuart. Identidade cultural na pós-modernidade. 3. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 1999.

MARQUESIN, Denise Filomena Bagne; FERRAGUT, Laurizete Ferragut. Narrativa como objeto de estudo: aportes teóricos. Revista Múltiplas Leituras, v.2, n.2, p. 219-237, jul./dez. 2009. Disponível em: https://www.metodista.br/revistas/revistas-metodista/index.php/ML/article/viewFile/1450/1475. Acesso em: maio de 2020.

MISÉS, Roger. A criança deficiente mental: uma abordagem dinâmica. Rio de Janeiro: Zahar, 1977

MOITA, Maria da Conceição. Percursos de Formação e de Trans-Formação. In: NÓVOA, Antônio. A Vida de Professores. Porto: Porto Editora, 1995.

QUEIROZ, Maria Isaura Pereira de. Variações sobre a técnica de gravador no registro da informação viva. São Paulo: Ed. T A Queiroz, 1991.

RADABAUGH, Mary Paty. Director IBM National Support Center for Persons with Disabilities. 1988.

ROCHA, Leonor Paniago; REIS, Marlene Barbosa Freitas. A pesquisa narrativa em educação especial. Revista IberoAmericana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 15, n. esp. 1, p. 884-899, maio 2020.

SENA, Filadelfia de Carvalho; ALBUQUERQUE, Jônia Tírcia Parente Jardim. Processos identitários de docentes universitários: espaço e tempo da formação. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 15, n. esp. 2, p. 1585-1599, ago. 2020.

SOUZA, Elizeu Clementino de. Pesquisa narrativa e escrita (auto) biográfica: interfaces metodológicas e formativas. In: SOUZA, Elizeu Clementino de; ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto (Orgs). Tempos, narrativas e ficções: a invenção de si. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2006.

SOUZA, Eliseu Clementino de. (Auto)biografia, histórias de vida e práticas de formação. In: NASCIMENTO, Antônio Dias; HETKOWSKI, Tânia Maria (Orgs). Memória e formação de professores [online]. Salvador: EDUFBA, 2007.

VILARONGA, Iracema. “Olhares Cegos”: A Audiodescrição e a Formação de Pessoas com Deficiência Visual. In: MOTTA, Lívia Maria V.M e ROMEU FILHO, Paulo (Orgs). Audiodescrição transformando Imagens em palavras. São Paulo: Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado de São Paulo, 2010.

Downloads

Publicado

30/10/2020

Como Citar

Costa, V. B. da, Batista, C. P., & Tavares, E. R. B. (2020). Narrativas de sujeitos com deficiência e isolamento social em tempos de pandemia. Revista Ibero-Americana De Estudos Em Educação, 15(esp3), 2471–2489. https://doi.org/10.21723/riaee.v15iesp3.14452