A comunicação via WhatsApp na interação escola e família na educação infantil durante a pandemia de COVID-19

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21723/riaee.v18i00.17218

Palavras-chave:

Pandemia, Comunicação, Educação infantil, WhatsApp, Cultura escolar

Resumo

A pandemia modificou os processos comunicativos na educação infantil. Partindo das experiências das autoras, este estudo objetiva refletir sobre a adoção do WhatsApp como suporte de comunicação entre escola e famílias durante a suspensão das aulas presenciais e as mudanças das práticas decorrentes. Trata-se de uma análise qualitativa com base em investigação documental da legislação estadual e municipal seguida da observação participante em duas escolas públicas. A análise dos resultados tem como aporte teórico a cultura escolar, fundamentada em autores como Dominique Julia e Faria Filho. A incorporação do aplicativo WhatsApp como suporte de comunicação desde a suspensão até o restabelecimento presencial das aulas ocasionou maior eficiência na troca de mensagens e na interação entre as culturas da família e da escola. Nesta imediata inserção do WhatsApp, destaca-se um estreitamento nos processos subjetivos desses grupos sociais em torno das práticas pedagógicas realizadas a serviço da promoção da cultura da infância.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Silvana Leoncio, Universidade Ibirapuera

Mestranda no Programa de Pós-graduação em Educação.

Zilda Mesquita, Universidade Ibirapuera

Mestranda no Programa de Pós-graduação em Educação.

Rafaela Silva Rabelo, Universidade Federal de Uberlândia

Professora da Faculdade de Educação (FACED). Pós-doutorado em História da Educação (USP).

Referências

ANJOS, C. I.; FRANCISCO, D. J. Educação infantil e tecnologias digitais: Reflexões em tempos de pandemia. Revista Zero a Seis, v. 23, n. esp., p. 125-146, 2021. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/zeroseis/article/view/79007. Acesso em: 25 mar. 2022.

BORGES, L. et al. Atividades acadêmicas e relação família-escola durante o isolamento social da pandemia de covid – 19. Revista Olhares e Trilhas, v. 23, n. 2, p. 773-795, 2021. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/olharesetrilhas/article/view/60014. Acesso em: 04 fev. 2023.

BRASIL. Lei 23.987, de 7 de abril de 2020. Altera a Lei nº 11.947, de 16 de junho de 2009, para autorizar, em caráter excepcional, durante o período de suspensão [...]. Brasília, DF: Presidência da República, 2020. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2020/lei/l13987.htm#view. Acesso em: 22 fev. 2022.

DIADEMA. Portaria n. 03, de 06 de abril de 2020. Aprovado a deliberação CME nº 04/2020. Diadema, SP: Secretário Municipal de Educação, 2020. Disponível em: http://educacao.diadema.sp.gov.br/educacao/attachments/article/2329/PORTARIA%2003_2020%20-%20Aprovacao%20Deliberacao%20CME%2004_2020.pdf. Acesso em: 8 fev. 2022.

DUSSEL, I.; CARDONA; M. G. F. Los grupos de WhatsApp y lá construccion de nuevas ciudadanías em las escuelas. Revista Educação e Sociedade Unicamp, v. 42, n. 251, p. 642, 2021. Disponível em: https://www.scielo.br/j/es/a/bsZ9HWKbyQPyxM9ZT8byQvk/?format=pdf. Acesso em: 12 fev. 2022.

FARIA FILHO, L. M. et al. A cultura escolar como categoria de análise e como campo de investigação na história da educação brasileira. Revista Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 20, n. 1, p. 139-159, 2004, Disponível em: https://www.revistas.usp.br/ep/article/view/27928. Acesso em: 20 mar. 2022.

FRANCO, Y. S. et al. Comunicação escolar em tempos de pandemia. Revista Com Senso: Estudos Educacionais do Distrito Federal, v. 7, n. 4, p. 49-59, 2020. Disponível em: https://repositorio.unb.br/handle/10482/40013. Acesso em: 04 fev. 2023.

FREIRE, P. Pedagogia do Oprimido. 74. ed. Rio de Janeiro/São Paulo: Paz e Terra, 2020.

JULIA, D. A cultura escolar como objeto histórico. Revista Brasileira de História da Educação, n. 1, p. 9-43, 2001. Disponível em: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/39195. Acesso em: 02 jan. 2022.

NERI, J. F. O. (org.). Documento Orientador para o Trabalho Remoto e Gradual Retorno às Atividades Presenciais. Diadema, SP: Prefeitura de Diadema, 2021. Disponível em: http://educacao.diadema.sp.gov.br/educacao/attachments/article/4666/Ato%20Normativo%2001_2021%20-SE%20-%20DOCUMENTO%20ORIENTADOR%20COMPLETO%2022%20JUN%20COM%20ISBN%20(1).pdf. Acesso em: 08 fev.2022.

NÓVOA, A.; ALVIM, Y. C. Os professores depois da Pandemia. Revista Educação e Sociedade, v. 42. n. 249236, 2021. Disponível em: https://www.scielo.br/j/es/a/mvX3xShv5C7dsMtLKTS75PB/?format=pdf. Acesso em: 10 mar. 2022.

PEREIRA, A. J.; NARDUCHI, F.; MIRANDA, M. G. Biopolítica e Educação: Os impactos da Pandemia do Covid-19 nas Escolas Públicas. Revista Augustus, v. 25, n. 51, p. 219-236, 2020. Disponível em: https://revistas.unisuam.edu.br/index.php/revistaaugustus/article/view/554. Acesso em: 04 abr. 2022.

SÃO PAULO. Aulas em tempo de quarentena. São Paulo: Portal Institucional/SME, 2020a. Disponível em: https://educacao.sme.prefeitura.sp.gov.br/coronavirus/perguntas-e-respostas-covid-19/aulas-em-tempo-de-quarentena. Acesso em: 12 jan. 2022.

SÃO PAULO. Decreto n. 59.283, de 16 de março de 2020. Declara situação de emergência no Município de São Paulo e define outras medidas para o enfrentamento da pandemia decorrente do coronavírus. São Paulo: Prefeito Municipal, 2020b. Disponível em: https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/subprefeituras/servico_funerario/normais_legais/?p=297546. Acesso em: 24 fev. 2022.

SÃO PAULO. Decreto n. 65.384, de 17 de dezembro de 2020. Dispõe sobre a retomada das aulas e atividades presenciais no contexto da pandemia de COVID-19, institui o Sistema de Informação e Monitoramento da Educação para COVID-19 e dá providências correlatas. São Paulo: Governo do Estado, 2020c. Disponível em: https://www.al.sp.gov.br/repositorio/legislacao/decreto/2020/decreto-65384-17.12.2020.html. Acesso em: 22 fev. 2022.

SÃO PAULO. Resolução deliberação CEE 177-2020, de 15 de abril de 2020. Normas para as Escolas de Educação Infantil do Sistema de Ensino do Estado de São Paulo devido ao Surto Global da Covid-19. São Paulo: Conselho Estadual de Educação, 2020d. Disponível em: https://dejundiai.educacao.sp.gov.br/legislacao290420. Acesso em: 27 fev. 2022.

SÃO PAULO. Instrução normativa Secretaria Municipal de Educação - SME n. 13, de 19 de março de 2020. Estabelece medidas transitórias e antecipa o período de recesso das unidades educacionais [...]. São Paulo: SME, 2020e. Disponível em: https://legislacao.prefeitura.sp.gov.br/leis/instrucao-normativa-secretaria-municipal-de-educacao-sme-13-de-19-de-marco-de-2020. Acesso em: 19 fev. 2022.

SÃO PAULO. Mensagem aos Servidores da Secretaria Municipal da Educação. São Paulo: Portal Institucional/SME, 2021. Disponível em: https://educacao.sme.prefeitura.sp.gov.br/noticias/mensagem-aos-servidores-da-secretaria-municipal-da-educacao. Acesso em: 10 out. 2021.

SÃO PAULO. Competências definidas na Lei e legislação pertinente ao órgão. São Paulo: Portal Institucional/SME, 2022a. Disponível em: https://educacao.sme.prefeitura.sp.gov.br/secretaria. Acesso em: 12 fev. 2022.

SÃO PAULO. Diretorias Regionais de Ensino (DREs). São Paulo: Portal Institucional/SME, 2022b. Disponível em: https://educacao.sme.prefeitura.sp.gov.br/dres/. Acesso em: 15 abr. 2022.

Publicado

16/08/2023

Como Citar

LEONCIO, S.; MESQUITA, Z.; RABELO, R. S. A comunicação via WhatsApp na interação escola e família na educação infantil durante a pandemia de COVID-19. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 18, n. 00, p. e023055, 2023. DOI: 10.21723/riaee.v18i00.17218. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/17218. Acesso em: 15 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos teóricos