Design do curso online “pesquisa como arte” como um meio de melhorar o potencial criativo dos estudantes

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22633/rpge.v25iesp.1.14977

Palavras-chave:

Curso on-line, Abordagem, Estudante, Design, Aprendizado baseado em pesquisa

Resumo

O artigo introduz as possibilidades do ambiente de aprendizagem on-line para manter a motivação e o estímulo dos estudantes em seu trabalho ativo de pesquisa. A comparação do trabalho de pesquisa com a arte permite sugerir as principais tendências para a ativação do potencial criativo dos estudantes no processo de educação na universidade. Foi estabelecido que o ambiente online permite coletar diversas experiências e criar condições para o processo criativo. A estrutura do curso online foi criada pela implementação da tecnologia do MOOR (Massive Open Online Research). Ela incluiu informações (palestras, livros, artigos), recursos para a interação (fórum, bate-papo), coleta de trabalhos dos estudantes para troca de experiências e trabalho colaborativo na área de pesquisa. A seção especial inclui conselhos para o gerenciamento do processo de auto-aprendizado para a ativação do potencial criativo. A abordagem de pesquisa baseada na coleta de dados da área de pesquisa dos estudantes, tais como artigos, trabalhos de curso e teses de mestrado. A análise qualitativa inclui áreas temáticas, área profissional dos estudantes e desenvolvimentos inovadores de herdeiros. O Design do ambiente online baseado na abordagem de pesquisa permitiu oferecer a cada um dos estudantes uma área temática individual de acordo com os interesses profissionais, o que teve um impacto positivo em manter a atenção dos estudantes, a motivação para a aprendizagem ativa e as habilidades para tomar decisões criativas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Svetlana Vladimirovna Karkina, Kazan Federal University (KPFU), Kazan

Associate Professor of Department of Tatar and cultural studies, Institute of Philology and Intercultural Communication. Candidate of Pedagogy.

Manuel Carlos Felgueiras, Polytechnic Institute of Porto (IPP), Porto

Professor of the School of Engineering. Doctor of Philosophy.

Referências

AKHMETSHINA, E. G.; KADYJROVA, L. H. Pedagogical approaches to the development system of artistic culture of individual. Revista San Gregorio, n. 20, n. esp., p. 188-193, dec. 2017.

APARICIO, M.; BACAO, F.; OLIVEIRA, T. An e-learning theoretical framework. Journal of Educational Technology & Society, v. 19, n. 1, p. 292-307, 2016.

GIBSON, D.; IFENTHALER, D.; ORLIC OPEN, D. Assessment resources for deeper learning. Open education. Open Book Publishers, p. 257-279, 2016.

KAYUMOVA, R. R.; DYGANOVA, E. A.; BATYRSHINA, G. I. Formation of visual culture in teenagers by teaching them photographic art. International Journal of Innovative Technology and Exploring Engineering, v. 9, n. 1, p. 5130-5133, 2019.

MATTHIJS, S. B.; TONE, K. B. Teaching originality? Common habits behind creative production in science and arts. Resilience Alliance Inc. Ecology and Society, v. 22, n. 2, 2017.

NAERT MOOCs, F. SPOCs, DOCCs and other bugs. European cooperation on MOOCs EADTU, 2015. p. 64-74.

NURGAYANOVA, N. K.; BATYRSHINA, G. I.; AHMETOVA, L.A. Intercultural Interaction of the Volga Region Nations in the Context of Ethnomusical Traditions. Biosciences, Biotechnology Research Asia, v. 12, n. 3, p. 2795-2801, dec. 2015.

PERLA, L.; AGRATI, L.S.; VINCI THE, V. Sophisticated’ knowledge of e-teacher. re-shape digital resources for online courses. Communications in Computer and Information Science, p. 3-17, 2019.

RAMIREZ-MONTOYA, M.S.; MENA, J.; RODRIGUEZ-ARROYO, J. A. In-service teachers` self-perceptions of digital competence and OER use as determined by a xMOOC training course. Computers in Human Behavior, v. 77, p. 356-364, 2017.

RIBÉREAU-GAYON, A.; D’AVRAY, D. Interdisciplinary research-based teaching: Advocacy for a change in the higher education paradigm. Shaping Higher Education with Students. UCL Press, p. 139-149, 2018.

ROSENBERG, M. E-learning strategies for delivering knowledge in the digital age. Columbus: McGraw-Hill, 2001.

SCHEFFER, M. The forgotten half of scientific thinking. Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America, v. 111, n. 17, p. 6119, 2014. DOI: https://doi.org/10.1073/pnas.1404649111

SMITH, P. H. Personalizing education: a student-centred approach for children with special educational needs. British Journal of Special Education, v. 46, n. 2, p. 254-255, 2019.

SMYSLOVA, E. V.; KHABIBULLINA, L. F. The problem of free will in “the clockwork testament or: enderby's end” by a. burgess. The Turkish Online Journal of Design, Art and Communication, Turkey, р. 2630, 2016.

Publicado

01/03/2021

Como Citar

KARKINA, S. V.; FELGUEIRAS, M. C. Design do curso online “pesquisa como arte” como um meio de melhorar o potencial criativo dos estudantes. Revista on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, v. 25, n. esp.1, p. 408–418, 2021. DOI: 10.22633/rpge.v25iesp.1.14977. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/rpge/article/view/14977. Acesso em: 6 maio. 2021.